RIO BRANCO

Polícia

Doze pessoas foram mortas de forma violenta no Acre no mês de julho, são três feminicídios e nove homicídios dolosos

Publicados

Polícia

Dados oficiais repassados pela Segurança Pública do Acre mostram que 12 pessoas morreram de forma violenta no estado. O levantamento computou o número de homicídios dolosos e feminicídios registrados durante o mês nas cidades acreanas.

Em julho, não houve mortes por latrocínio, roubo seguido de morte, nem por ação policial e nem lesão corporal seguida de morte. Os registros são de três feminicídios e nove homicídios dolosos.

Entre os feminicídios está o caso de Adriana Paulichen, conhecida como Anna, de 23 anos, que foi morta a golpes de faca e por estrangulamento, no dia 9 de julho, no bairro Estação Experimental, em Rio Branco.

O marido dela, Hitalo Marinho Gouveia, de 33 anos, foi preso e o confessou ter matado a esposa. Continua preso e o juiz Alesson Braz, da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco e Auditoria Militar, aceitou a denúncia do Ministério Público do Acre (MP-AC) por crime torpe contra mulher por razões do sexo feminino (feminicídio), com recurso que dificultou a defesa da vítima.

No dia 18 de julho, Eduarda da Cruz Silva, de 27 anos, estava cozinhando quando foi esfaqueada pelo marido na frente de uma mulher e da filha de dois anos. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. O caso ocorreu no bairro Cruzeirinho Novo e o suspeito fugiu após cometer o crime.

Leia Também:  Homem acusado de invadir casa de delegado no Acre é preso pela polícia

A Polícia Civil já ouviu formalmente duas testemunhas sobre o crime e não descarta a possibilidade de ele ter sido morto após fugir do local do crime.

No mês passado, o estado acreano confirmou 21 mortes violentas durante todo o mês. Do total desse casos, 19 foram de vítimas de homicídio doloso. Não houve registro de feminicídio ou latrocínio. Uma pessoa morreu durante ação policial no estado e uma foi vítima de lesão corporal seguida de morte. Por Aline Nascimento, G1 Acre

Dados de 2021

Até o mês de julho, o Acre já registrou 132 duas mortes violentas. O ano começou com 17 mortes em janeiro, seguiu com o mesmo número em fevereiro e subiu para 28 em março.

No mês seguinte, em abril, foram atendidos 18 casos de homicídios dolosos no estado acreano. O levantamento mostrou que em maio e junho houve alta nos registros de mortes violentas, sendo 19 e 21, respectivamente.

Em julho foi registrada uma queda de mais de 42% nos casos de mortes violentas e o número fechou em 12.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O município de Bujari se Limita ao norte com o Amazonas, ao sul com o município de Rio Branco, a leste com o município de Porto Acre e a oeste com o município de Sena Madureira. Sua área é de 3.467,681 km², com uma densidade demográfica (hab/km²) de 3,00 , sendo que em 2010 possuía um IDHM de 0,589.

Leia Também:  Dupla é presa pela Polícia Militar com arma de fogo, em Rio Branco

O município de Bujari originou-se no início de 1968/1969, por remanescentes indígenas que se integraram a sociedade ali instalada, com a construção da BR 364, trecho Rio Branco/Sena Madureira. Povoado elevado à categoria de Vila, em 1986. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Bujari, pela Lei Estadual nº 1031, de 28 de abril de 1992, alterado pela Lei Estadual nº 1066, de 9 de dezembro de 1992, que o desmembrou de Rio Branco, assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Detento de 40 anos é encontrado morto dentro do presídio FOC em Rio Branco

Publicados

em

Detento Raimundo Morais de Souza, de 40 anos, foi encontrado morto em presídio de Rio Branco — Foto: Arquivo/Iapen-AC

O detento Raimundo Morais de Souza, de 40 anos, foi encontrado morto na noite desse domingo (6) na cela 27 do Pavilhão A do Complexo Penitenciário de Rio Branco.

O Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) informou que o preso estava em isolamento preventivo com outros quatro detentos quando foi achado morto por volta das 21h30.

Os policiais penais questionaram os demais presos sobre o que tinha acontecido e, segundo o Iapen, eles confessaram o crime e disseram que foi porque Souza cometeu crime contra uma menor. Além disso, os detentos afirmaram que a vítima tinha enganado eles dizendo que tinha tabaco para trocar por alimentos.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas apenas pôde constatar a morte de Souza. Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) também foi acionada para perícia e demais procedimentos.

O Iapen-AC tenta contato com a família do preso que morreu para informar sobre o ocorrido e afirmou que vai prestar assistência estabelecida em lei.

A autarquia informou ainda que, de acordo com o Observatório de Análise Criminal do Núcleo de Apoio Técnico do Ministério Público do Acre, há 179 dias não se registrava morte no sistema prisional do Acre. E que vai acompanhar toda a investigação.

Protesto de policiais e redução de efetivo

Pelo sexto dia seguido, os policiais penais mantêm o acampamento em frente à Assembleia Legislativa do Acre. Os policiais se negam a tirar banco de horas, cumprindo apenas o plano operacional padrão (POP), o que afetou as visitas nas unidades prisionais, que estavam suspensas desde o dia 17 de novembro.

Leia Também:  Bandidos furtam R$ 200 mil de distribuidora na capital

A categoria tem pressionado o governo do Acre a incluir no projeto da Lei Orgânica a equiparação de salários com as outras forças de Segurança, a incorporação da gratificação aos salários e mudança do contrato de nível médio para superior.

Complexo Penitenciário de Rio Branco:

Domingo (5):

Pavilhão P (manhã)

Pavilhão O (tarde)

Sábado (11)

Pavilhão C (manhã)

Posto Médico (tarde)

Domingo (12)

Pavilhão L (manhã)

Pavilhão A (tarde)

Pavilhão dos reeducandos do trabalho externo (antiga UP-4):

Sábado (11) – Visitas apenas no período da manhã

Unidade de Regime Fechado nº 2 de Rio Branco (Antonio Amaro Alves)

Sábado (11) – alojamentos 2 e 4 – Visitas apenas no período da manhã

Domingo (12) – alojamentos 5, 6 e 7 – Visitas apenas no período da manhã

Unidade de Regime Fechado Feminina de Rio Branco

Sábado (11) – pavilhão Alamanda e Berçário – Visitas apenas no período da manhã:

Sábado (18) – Pavilhão Carmélia – Visitas apenas no período da manhã:

Unidade Penitenciária Moacir Prado (Tarauacá)

Domingo (5) – ala 4 (manhã) e ala 3 (tarde);

Sábado (11) – pavilhão B (manhã) e ala 1 (tarde)

Domingo (12) – pavilhão D e alojamento C (manhã) e ala 2 (tarde)

Unidade Penitenciária Evaristo de Morais (Sena Madureira):

Domingo (5) – bloco 7 (manhã) e bloco 9 (tarde)

Sábado (11) – bloco 8 (manhã) e bloco 10 (tarde)

Domingo (12) – bloco 5 (manhã) e bloco 6 (tarde)

Unidade Penitenciária Manoel Neri da Silva (Cruzeiro do Sul):

Domingo (5) – bloco 5 (manhã) e bloco 6 (tarde)

Unidade Penitenciária Antonio Sergio Silveira de Lima (Senador Guiomard)

Sábado (11) – ala 23 e posto médico – visitas apenas no período da manhã

Domingo (12) – ala dos trabalhadores, ala 21 e alojamento 1 – visitas apenas no período da manhã

Leia Também:  Homem morre ao colidir contra uma lanchonete em Brasileia

Com relação aos procedimentos, o Iapen informou que os visitantes devem seguir as seguintes orientações:

Apenas uma pessoa por preso poderá visitar;

O visitante somente poderá adentrar à unidade portando a carteira de visitante e documento oficial com foto. Outro tipo de protocolo não será autorizado;

Carteiras vencidas só serão aceitas caso estejam com até 30 dias de vencimento;

Não será permitido entrada com alimentação;

A utilização de máscaras será obrigatória;

Em cumprimento a decreto governamental, será exigida a apresentação de comprovante de vacinação no ato da entrada nos estabelecimentos prisionais. Por G1 Acre.

Iapen retoma visitas nos presídios do Acre e divulga cronograma de cada unidade — Foto: Murilo Lima/Rede Amazônica Acre

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O Gefron apreendeu dentro de Van do município de Brasileia aproximadamente 150 kg de entorpecente, seria esta a maior apreensão daquela regional. De acordo com informações preliminares, o veículo da prefeitura iria realizar mais um transporte de pacientes que estão fazendo tratamento em Rio Branco quando foi surpreendido pelo policiais, após revistarem os pacientes e o veículo encontraram em uma sacola preta com todo o entorpecente.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA