Polícia

Dona de casa é presa com cocaína nas partes íntimas em Sena

Dona de casa é presa na BR 364, em Sena, transportando cocaína nas partes íntimas

Publicados

Polícia

Dona de casa é presa na BR 364, em Sena, transportando cocaína nas partes íntimas

Da Redação Da Agência ContilNet 

no hospital da cidade, foram encontradas mais 92 gramas da mesma substância

A dona de casa Maria Antônia Campos da Silva, 34 anos, foi presa em Sena Madureira, quando estava a bordo de um táxi, na BR 364, rumo a Rio Branco, transportando 63 gramas de cocaína.

Mais tarde, no hospital da cidade, foram encontradas mais 92 gramas da mesma substância na sua vagina, acondicionadas em um preservativo masculino, mais conhecido como camisinha. A informação é do Jornal A Tribuna.

A prisão da acusada aconteceu na última quinta-feira (3), no km 7 da rodovia, e foi feita por policiais da cidade, durante uma abordagem de rotina.

Durante a abordagem, ela passava as mãos entre as pernas, demonstrando certo nervosismo, o que fez com que as autoridades a levassem ao Hospital João Câncio Fernandes, onde se descobriu o entorpecente escondido na vagina. Após ser autuada, ela foi levada para o presídio local.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Militar de Sena Madureira afirma que nenhuma viatura foi roubada, como foi noticiado

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Polícia

Mais um é preso escondido em uma casa, suspeito de torturar jovem em cemitério, em Cruzeiro do Sul

Publicados

em

Valdenis Marinho morreu em um hospital da cidade no dia seguinte ao crime. No dia 28 de abril, Polícia Civil prendeu dois suspeitos de participação no homicídio – Foto: Polícia Civil

Um terceiro suspeito de sequestrar, torturar e matar Valdenis do Nascimento Marinho, de 18 anos, foi preso nesta sexta-feira (13) em Cruzeiro do Sul. Marinho morreu no início do mês de abril em um hospital da cidade após ser encontrado ferido dentro do Cemitério São João Batista.

No dia 28 do mesmo mês, a Polícia Civil prendeu os primeiros suspeitos de praticar o crime. O motivo das agressões seria porque Marinho, que era usuário de drogas, teria furtado entorpecentes de membros de uma facção criminosa.

As investigações continuaram após a prisão da dupla e, nesta sexta, a Polícia Civil prendeu um rapaz, de 27 anos, escondido em uma casa no bairro Várzea.

Logo após o crime, a Polícia Civil chegou a divulgar que Marinho não era de facção, mas era usuário de drogas. Os pais dele que procuraram a polícia para denunciar o caso após a morte. As informações é do portal G1 Acre

Leia Também:  Quase 270 quilos de maconha são apreendidos em casa com foragido do MS

Suspeito foi preso nesta sexta-feira (13) no bairro Várzea, em Cruzeiro do Sul – Foto: Polícia Civil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA