Polícia

Detento morre e três agentes ficam feridos durante confronto em rebelião

Durante confronto entre detentos, Marcos Martins de Carvalho, 27, acabou morto. Segundo informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), cinco detentos e três agentes foram feridos e encaminhados para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio

Publicados

Polícia

Durante confronto entre detentos, Marcos Martins de Carvalho, 27, acabou morto. Segundo informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), cinco detentos e três agentes foram feridos e encaminhados para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio

Rebelião iniciou no bloco C do Ipat por volta das 16 horas (reprodução)

Rebelião iniciou no bloco C do Ipat por volta das 16 horas (reprodução)

Internos do pavilhão C do  Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), localizado no quilômetro 8 da BR-174 (Manaus-Boa Vista), iniciaram uma rebelião por volta das 16h deste sábado (24).De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejus), inicialmente, foram tomados como reféns 16 agentes de disciplina. Com relação a fugas, a princípio não há confirmação de foragidos.

Parentes de presos informaram a reportagem que um dos motivos que levaram ao tumulto, foram as más condições do presídio e o mal tratamento que recebem, e que na visita deste sábado familiares foram impedidos de levar mantimentos para os presos. A tropa de choque chegou ao local logo no inicio da rebelião.

”Somos tratados como cachorros, chegamos ás 5h da manhã e ficamos até as 8h debaixo do sol quente, idosos, crianças e pra piorar os agentes não deixam nem a gente levar comida a eles”, disse uma esposa que não quis se identificar com receio de represárias.

O Diretor de Despartamento Prisional- Desipe/Sejus, Tenente Allan Rolim está a frente das negociações.  Ainda de acordo com a assessoria da Sejus, verificou-se  que somente os detentos do pavilhão C, iniciaram a rebelião.

Os demais dos Pavilhões A e B, não concordavam com a rebelião e entraram em confronto com os integrantes do PCC, tomaram o controle da situação. Dois  agentes de ainda são mantidos reféns.

Durante confronto entre detentos, Marcos Martins de Carvalho, 27, acabou morto. Segundo informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), cinco detentos e três agentes foram feridos e encaminhados para o Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio.

Até o fim da noite deste sábado a rebelião ainda ocorria no instituto. Acompanhe mais informações no decorrer deste domingo (25).

Fuga em massa                                                              

No dia 9 de julho deste ano, 172 detentos conseguiram fugir durante uma rebelião no Ipat. Após saírem pelo buraco feito na grade de proteção, diversos presos fugiram  para o matagal que cerca o instituto.  

Rebelião iniciou no bloco C do Ipat por volta das 16 horas (reprodução)

Rebelião iniciou no bloco C do Ipat por volta das 16 horas (reprodução)

*Com informações da repórter Olívia de Almeida 

Fonte-ACRITICA.COM

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Jovem é encontrado morto na Boca do Iaco, em Sena Madureira

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Polícia

Criança de 1 ano morre afogada enquanto brincava dentro de caixa d’água em Acrelândia

Publicados

em

Uma criança de 1 ano e 4 meses morreu afogada após cair em uma caixa d’água na manhã dessa quinta-feira (26), na cidade de Acrelândia, no interior do Acre.

O menino, identificado como Moisés Marcos dos Santos Silva, brincava na caixa, quando caiu dentro dela e acabou morrendo afogado, segundo a polícia.

“Até agora, a informação que temos é que a criança caiu na caixa d’água, quando estava brincando. Foi levado ao hospital e fomos acionados”, informou o delegado Dione dos Anjos.

O menino ainda chegou a ser levado para o hospital da cidade, mas não resistiu. Por não ser uma morte natural, o médico da unidade acionou a polícia.

O corpo do menino foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), em Rio Branco, onde passou pelos exames cadavéricos. O delegado disse que aguarda o resultado do laudo e só deve ouvir a família, caso o documento aponte uma causa diferente para a morte. Com informações do G1 Ac.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Policiais prendem 13 suspeitos de envolvimento em atentados, na capital
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA