Polícia

Crime de moeda falsa: Mulher é presa em flagrante ao receber correspondência com R$ 2 mil em notas falsas

Publicados

Polícia

Mulher é presa em flagrante ao receber correspondência com R$ 2 mil em notas falsas no Acre — Foto: Polícia Federal

Uma mulher foi presa em flagrante, quando recebia uma correspondência com cédulas falsas. A ação foi realizada pela Polícia Federal, em Rio Branco, em conjunto com a Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios, que, durante fiscalização de rotina, suspeitou que a encomenda tinha algum conteúdo ilícito. Do G1 Acre

A PF, então, foi acionada e os agentes acompanharam a entrega. No momento em que a suspeita recebia o pacote, ela foi presa em flagrante. A correspondência continha 20 notas falsas de R$ 100, totalizando R$ 2 mil reais.

A mulher foi levada para a Superintendência da Polícia Federal no Acre. Ela foi indiciada por crime de moeda falsa, com pena máxima um anos de prisão.

E veja também no Plantão 3 de julho noticias:

Veja o Vídeo Abaixo: Alagação, coronavírus e dengue: Prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, vai a Brasília em busca de recursos. O prefeito Zequinha leva em mãos um planejamento, com indicações de emendas para cada parlamentar, com toda organização, baseado nas principais necessidades do município, mostrando os graves desafios enfrentados pela gestão e a solução que podem ser dadas com a ajuda da emenda de cada deputado federal e senador.

Leia Também:  Vídeo mostra briga de casal que acabou com um homem morto em casa noturna, em Rio Branco

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Mais um é preso escondido em uma casa, suspeito de torturar jovem em cemitério, em Cruzeiro do Sul

Publicados

em

Valdenis Marinho morreu em um hospital da cidade no dia seguinte ao crime. No dia 28 de abril, Polícia Civil prendeu dois suspeitos de participação no homicídio – Foto: Polícia Civil

Um terceiro suspeito de sequestrar, torturar e matar Valdenis do Nascimento Marinho, de 18 anos, foi preso nesta sexta-feira (13) em Cruzeiro do Sul. Marinho morreu no início do mês de abril em um hospital da cidade após ser encontrado ferido dentro do Cemitério São João Batista.

No dia 28 do mesmo mês, a Polícia Civil prendeu os primeiros suspeitos de praticar o crime. O motivo das agressões seria porque Marinho, que era usuário de drogas, teria furtado entorpecentes de membros de uma facção criminosa.

As investigações continuaram após a prisão da dupla e, nesta sexta, a Polícia Civil prendeu um rapaz, de 27 anos, escondido em uma casa no bairro Várzea.

Logo após o crime, a Polícia Civil chegou a divulgar que Marinho não era de facção, mas era usuário de drogas. Os pais dele que procuraram a polícia para denunciar o caso após a morte. As informações é do portal G1 Acre

Leia Também:  Tripla tentativa de homicídio é registrada em Brasiléia em uma mesma ação, as vítimas seriam de Xapuri

Suspeito foi preso nesta sexta-feira (13) no bairro Várzea, em Cruzeiro do Sul – Foto: Polícia Civil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA