RIO BRANCO

Polícia

Corpo de adolescente é encontrado dentro de cova rasa e com marca de tiro no rosto. Polícia faz buscas por mais vítimas em Rio Branco

Publicados

Polícia

Adolescente foi achada morta com um tiro no rosto enterrada em área de invasão em Rio Branco — Foto: Arquivo/Bope

O corpo de uma adolescente de aproximadamente 14 anos foi achado na tarde deste domingo (31) em uma área de invasão depois do Ramal do Pica Pau, em Rio Branco. O corpo foi achado pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope) que fez buscas no local e informou que há indícios de mais covas no local. com informações de G1 Acre.

A jovem, identificada como Raquel Melo de Lima, seria de uma facção criminosa, havia pedido para sair e foi arrastada de dentro de uma igreja para ser morta com um tiro no rosto.

A polícia diz que a irmã da vítima também foi morta há cerca de um mês. Sargento Frota, do Bope, disse que a família com medo de represálias não registrou o desaparecimento e morte da primeira adolescente e agora a facção teria matado a irmã.

“Há 30 dias mataram a irmã da vítima que foi achada hoje [domingo,31]. A família com medo não registrou o desaparecimento e nem a morte da primeira. Quando foi antes de ontem, [sexta, 29], a facção tirou ela da igreja e matou a irmã no mesmo modus operandi”, disse.

Leia Também:  Polícia prende homem e apreende adolescente por tráfico de drogas em Rio Branco e Bujari

O sargento completa ainda que há indícios de mais quatro covas rasas na área de mata. “Deve ter outros corpos, segundo informações, tem pelo menos quatro corpos lá que são de pessoas desaparecidas.”

Na ação, dois foram presos suspeitos de matar a adolescente. No local, o grupo de buscas dos bombeiros, o Bope e uma equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Proteção de Pessoas (DHPP) estão em busca de mais corpos.

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Apesar do decreto do governo do estado com relação ao toque de recolher, as pessoas estão se adaptando às mudanças. Só devemos ter cuidado com as fake news para não tomarmos atitudes desnecessárias, devemos sempre nos cuidar contra a covid-19. A covid-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves.

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Homem conhecido por Sombra é preso enquanto carregava corpo com pernas decepadas em barco pelo Rio Môa

Publicados

em

Homem é flagrado enquanto carregava corpo de vítima torturada em barco na zona rural do AC – Foto: Arquivo

Claudinei Sombra dos Santos, de 19 anos, foi flagrado enquanto carregava o corpo de um homem dentro de um barco pelo Rio Môa, na zona rural do município de Mâncio Lima. A vítima, que ainda não foi identificada, foi morta com tiros e teve as pernas decepadas. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul.

Segundo o portal G1 Acre, o suspeito descia de barco pelo rio saindo da comunidade Timbaúba em direção a Mâncio Lima, quando passou pela base do Exército na comunidade São Salvador. Foi então que os militares fizeram uma abordagem e perceberam que ele estava muito nervoso e, ao verificarem o barco, encontraram o corpo da vítima.

A polícia foi acionada e foram enviadas duas equipes – uma da Polícia Civil e outra da Polícia Militar – para fazer o translado do corpo e a condução do preso. O local onde o suspeito foi flagrado fica a cerca de 10 horas de barco da cidade de Mâncio Lima e ele foi preso nesse domingo (16).

Leia Também:  Dupla de Brasileia pega mais de 50 anos de prisão por morte de peruanos

Conforme o delegado responsável pelas investigações, José Obetaneo do Santos, a motivação do crime ainda está sendo apurada.

“Vamos concluir o flagrante e verificar qual foi a verdadeira motivação desse crime. Na conversa preliminar com o acusado, ele apenas disse que se desentendeu com esse homem e que não o conhecia e que por conta desse desentendimento veio o dolo de matar e ele matou. O médico legista disse que ele foi alvejado por disparo arma de fogo e teve as pernas decepadas. A vítima foi torturada”, disse o delegado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA