Polícia

Com sinais de tortura, adolescente de 17 anos, é achado morto a tiros e com as mãos amarradas em Rio Branco

Publicados

Polícia

Marcelo Bezerra foi achado morto a tiros e com mãos amarradas em bairro de Rio Branco – Foto: Arquivo pessoal

O adolescente, identificado como Marcelo Bezerra, de 17 anos, foi encontrado morto nesta quinta-feira (28) às margens do Igarapé Judia, no conjunto habitacional Cidade do Povo, região do Segundo Distrito de Rio Branco.

Populares que passavam pelo local, que liga o bairro a comunidades rurais no Ramal do Castanheira, avistaram o corpo do rapaz caído e bastante ensanguentado e acionaram a polícia.

Conforme a Polícia Militar do Acre, o adolescente estava em um bar na Cidade do Povo, quando um grupo chegou em um carro, o colocou dentro do veículo e levou para o local onde ocorreu o crime.

Quando a polícia chegou, o rapaz já estava sem vida. O corpo tinha marcas de, pelo menos, três tiros e estava com sinais de tortura, com as mãos amarradas para trás. A informação é que ele seria integrante de uma facção criminosa rival àquela que predomina no bairro onde foi assassinado.

Leia Também:  Policiais militares prendem homem com arma de fogo, drogas e dinheiro em Cruzeiro do Sul

O local foi isolado pelos militares do 2° Batalhão para o trabalho da perícia e o corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para os devidos procedimentos. Nenhum suspeito foi preso. Do G1 Acre

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Homem é morto e mulher ferida por dupla encapuzada na região do Caquetá, em Porto Acre

Publicados

em

Antônio André de Araújo, de 41 anos, foi morto ao ser alvejado com vários disparos de arma de fogo. O crime ocorreu no Ramal Santa Bárbara, região do Caquetá, em Porto Acre. Uma mulher ficou ferida no braço, mas sem gravidade.

A Polícia Militar foi acionada no sábado (30) para atender a ocorrência e, ao chegar no local, encontraram duas mulheres, que disseram ter passado a noite com Araújo e de outro homem e que eles estavam armados e teriam agredindo-as fisicamente.

Já na manhã de sábado, apareceram duas pessoas encapuzadas e armadas com pistolas e começaram a atirar contra elas e os dois homens.

Foi quando a vítima foi alvejada com vários tiros e não resistiu. O outro homem conseguiu fugir e não foi localizado. Uma das mulheres chegou a ser ferida no braço, foi encaminhada ao Pronto Socorro de Rio Branco, recebeu atendimento e liberada depois, segundo informações da polícia.

As mulheres escaparam com vida porque fugiram e se esconderam em outra propriedade. Ainda segundo informaram à polícia, a dupla encapuzada levou as armas e celulares de todos que estavam na casa.

Leia Também:  Homem armado faz esposa e duas filhas reféns em Rio Branco

A Perícia e Instituo Médico Legal (IML) estiveram no local e fizeram os procedimentos de praxe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA