Polícia

Cinco são presos suspeitos de tráfico de drogas e assalto no Acre

Polícia Civil apresentou os suspeitos na manhã desta terça-feira (29). Weverto Freitas, de 22 anos, tinha mandado de prisão em Sena Madureira.

Publicados

Polícia

Polícia Civil apresentou os suspeitos na manhã desta terça-feira (29). Weverto Freitas, de 22 anos, tinha mandado de prisão em Sena Madureira.

Cinco homens foram apresentados pela Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (29), suspeitos de terem cometido roubos, assaltos e tentativa de homicídio. Além deles, mais dois foram presos e encaminhados para o presídio. Duas motocicletas roubadas foram recuperadas.

Os apresentados foram Jharfa Almeida da Silva, de 29 anos, Mateus Ferreira de Paiva, 21, Jamerson Rodrigo Ripardo da Silva, 20, Weverton Chaves Freitas, 22, e Severiano Ripardo de Lima, de 32 anos.

Weverton Freitas já tinha um mandado de prisão pela Justiça de Sena Madureira, além de ser suspeito de roubar veículos em Rio Branco.

“Foi um bom trabalho da polícia em uma abordagem de rotina. Viram que ele estava sem documento e na averiguação constatamos a verdadeira identidade e seu mandado de prisão. Agora vamos continuar as investigações sobre os crimes na capital”, explica o delegado responsável pelas investigações, Karlesso Nespoli.

Leia Também:  Ciclista fica em estado grave após ser atropelado na BR-364

O delegado reforça que os presos são traficantes e assaltantes que realizaram roubos em comércios, residências e vias públicas, roubando desde pequenos pertences até caminhonetes e caminhões. “Conseguimos comprovar ao Judiciário que eles teriam cometido os crimes e conseguimos os mandados de prisão. Que fiquem o maior tempo possível presos”, diz Nespoli.

Cinco homens foram apresentados na manhã desta terça-feira(29) pela polícia civil (Foto: Iryá Rodrigues/G1)

Cinco homens foram apresentados na manhã desta terça-feira(29) pela polícia civil (Foto: Iryá Rodrigues)

Do G1 AC

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Mais um é preso escondido em uma casa, suspeito de torturar jovem em cemitério, em Cruzeiro do Sul

Publicados

em

Valdenis Marinho morreu em um hospital da cidade no dia seguinte ao crime. No dia 28 de abril, Polícia Civil prendeu dois suspeitos de participação no homicídio – Foto: Polícia Civil

Um terceiro suspeito de sequestrar, torturar e matar Valdenis do Nascimento Marinho, de 18 anos, foi preso nesta sexta-feira (13) em Cruzeiro do Sul. Marinho morreu no início do mês de abril em um hospital da cidade após ser encontrado ferido dentro do Cemitério São João Batista.

No dia 28 do mesmo mês, a Polícia Civil prendeu os primeiros suspeitos de praticar o crime. O motivo das agressões seria porque Marinho, que era usuário de drogas, teria furtado entorpecentes de membros de uma facção criminosa.

As investigações continuaram após a prisão da dupla e, nesta sexta, a Polícia Civil prendeu um rapaz, de 27 anos, escondido em uma casa no bairro Várzea.

Logo após o crime, a Polícia Civil chegou a divulgar que Marinho não era de facção, mas era usuário de drogas. Os pais dele que procuraram a polícia para denunciar o caso após a morte. As informações é do portal G1 Acre

Leia Também:  Estudante universitária de Psicologia comete suicídio na capital

Suspeito foi preso nesta sexta-feira (13) no bairro Várzea, em Cruzeiro do Sul – Foto: Polícia Civil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA