Polícia

Carga suspeita com cartões do Bolsa Família é preso no Jordão

A Policia Civil investiga desde a tarde de ontem (10) no município de Jordão, localizado na Bacia do Juruá

Publicados

Polícia

A Policia Civil investiga desde a tarde de ontem (10) no município de Jordão, localizado na Bacia do Juruá

Uma carga com grande quantidade de cartões do Programa Bolsa Família, do governo federal. Um suspeito cujo nome não foi revelado para não atrapalhar as investigações, encontra-se preso na Delegacia de Policia Civil (PC) da cidade. Ele vinha com a posse dos cartões dentro de um voo comercial.

O chefe de Posto da PC no município de Jordão, José Nonaire da Silva, confirmou a apreensão. Há suspeitas as de que a remessa de cartões seria entregue para um comerciante da cidade e que esse tipo de transporte era feito com rotina.

Ainda segundo informações, a Policia foi acionada para fiscalizar a carga do avião com suspeitas do transporte de drogas. O investigador não afirmou a quantidade de cartões apreendidos.

Detalhes da investigação são mantidos em sigilo e como a cidade não tem um delegado, o caso deve ser encaminhado para a Delegacia de Policia Civil do município de Tarauacá.

Leia Também:  Criminosos invadem supermercado de Rio Branco e levam dinheiro de cofre

Em todo o Brasil, embora seja proibido é comum a prática de transferência dos cartões de beneficiários do programa Bolsa Família para comerciantes e agiotas. O crime é cometido tanto para quem entrega o cartão, tanto para quem recebe.

A reportagem tentou sem sucesso falar com a secretária de ação social do município ou alguém responsável pelo Programa do governo federal.

O ac24horas continua acompanhando o desdobramento da investigação.

O ac24horas continua acompanhando o desdobramento da investigação. Foto da Internet

 

Fonte: ac24horas

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Homem é morto e mulher ferida por dupla encapuzada na região do Caquetá, em Porto Acre

Publicados

em

Antônio André de Araújo, de 41 anos, foi morto ao ser alvejado com vários disparos de arma de fogo. O crime ocorreu no Ramal Santa Bárbara, região do Caquetá, em Porto Acre. Uma mulher ficou ferida no braço, mas sem gravidade.

A Polícia Militar foi acionada no sábado (30) para atender a ocorrência e, ao chegar no local, encontraram duas mulheres, que disseram ter passado a noite com Araújo e de outro homem e que eles estavam armados e teriam agredindo-as fisicamente.

Já na manhã de sábado, apareceram duas pessoas encapuzadas e armadas com pistolas e começaram a atirar contra elas e os dois homens.

Foi quando a vítima foi alvejada com vários tiros e não resistiu. O outro homem conseguiu fugir e não foi localizado. Uma das mulheres chegou a ser ferida no braço, foi encaminhada ao Pronto Socorro de Rio Branco, recebeu atendimento e liberada depois, segundo informações da polícia.

As mulheres escaparam com vida porque fugiram e se esconderam em outra propriedade. Ainda segundo informaram à polícia, a dupla encapuzada levou as armas e celulares de todos que estavam na casa.

Leia Também:  Polícia apreende dois jovens com armamento de fabricação caseira em Cruzeiro do Sul

A Perícia e Instituo Médico Legal (IML) estiveram no local e fizeram os procedimentos de praxe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA