RIO BRANCO

Polícia

Boliviano é preso com 16 kg de cloridrato de cocaína em livros e obras de arte na BR-364, em Rio Branco

Homem foi flagrado dentro de ônibus, nesta terça-feira (12), na BR-364, em Rio Branco. Droga estava sendo levada da Bolívia para Porto Velho.

Publicados

Polícia

Homem foi flagrado dentro de ônibus, nesta terça-feira (12), na BR-364, em Rio Branco. Droga estava sendo levada da Bolívia para Porto Velho.

Um boliviano foi preso em flagrante transportando 16 quilos de cloridrato de cocaína, nesta terça-feira (12), no quilômetro 115 da BR-364, em Rio Branco. O homem estava em um ônibus que seguia de Rio Branco para Porto Velho (RO), quando foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal do Acre (PRF-AC).

Conforme a polícia, o homem apresentou nervosismo durante a revista e a droga acabou sendo encontrada camuflada em livros de culinária, apostilas de geografia e em quadros de arte. Ele foi levado para a delegacia.

O assessor de comunicação da PRF-AC, Wilse Filho, contou que a droga estava sendo levada da Bolívia para Porto Velho e que de lá, provavelmente, iria para outros estados.

“Ontem por volta de 23h, os colegas estavam em fiscalização de rotina abordando ônibus em frente ao posto da PRF na saída para Porto Velho. Foi quando entre os passageiros, esse boliviano foi abordado. Ele ficou bastante nervoso e os policiais resolveram averiguar a bagagem dele. Em um teste preliminar, foi constato que se tratava de cloridrato e foi dado voz de prisão”, disse o assessor.

Leia Também:  Policiais civis do Alto Acre fecham ‘bocada’ no bairro do Laranjal, em Xapuri e detém suspeitos

Ainda segundo a polícia, a droga estava inserida nas páginas dos livros, apostilas e nos quadros. “Agora, esse material vai passar pela perícia e só lá é que vão conseguir retirar a droga desses objetos”, concluiu Filho.

Por G1 Ac

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Homem conhecido por Sombra é preso enquanto carregava corpo com pernas decepadas em barco pelo Rio Môa

Publicados

em

Homem é flagrado enquanto carregava corpo de vítima torturada em barco na zona rural do AC – Foto: Arquivo

Claudinei Sombra dos Santos, de 19 anos, foi flagrado enquanto carregava o corpo de um homem dentro de um barco pelo Rio Môa, na zona rural do município de Mâncio Lima. A vítima, que ainda não foi identificada, foi morta com tiros e teve as pernas decepadas. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul.

Segundo o portal G1 Acre, o suspeito descia de barco pelo rio saindo da comunidade Timbaúba em direção a Mâncio Lima, quando passou pela base do Exército na comunidade São Salvador. Foi então que os militares fizeram uma abordagem e perceberam que ele estava muito nervoso e, ao verificarem o barco, encontraram o corpo da vítima.

A polícia foi acionada e foram enviadas duas equipes – uma da Polícia Civil e outra da Polícia Militar – para fazer o translado do corpo e a condução do preso. O local onde o suspeito foi flagrado fica a cerca de 10 horas de barco da cidade de Mâncio Lima e ele foi preso nesse domingo (16).

Leia Também:  Professora e filha de 9 anos são agredidas e abusadas durante piquenique no Horto Florestal

Conforme o delegado responsável pelas investigações, José Obetaneo do Santos, a motivação do crime ainda está sendo apurada.

“Vamos concluir o flagrante e verificar qual foi a verdadeira motivação desse crime. Na conversa preliminar com o acusado, ele apenas disse que se desentendeu com esse homem e que não o conhecia e que por conta desse desentendimento veio o dolo de matar e ele matou. O médico legista disse que ele foi alvejado por disparo arma de fogo e teve as pernas decepadas. A vítima foi torturada”, disse o delegado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA