RIO BRANCO

Polícia

Adolescente é preso com arma e moto roubada em Rio Branco

Adolescente é apreendido com arma e moto roubada. O fato ocorreu no bairro Habitasa na capital acreana.

Publicados

Polícia

Adolescente é apreendido com arma e moto roubada. O fato ocorreu no bairro Habitasa na capital acreana.

 Wellington Mota – Assessoria da PMAC 

Moto Rolbada

Homens do Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva (GIRO) do 4° Batalhão de Polícia Militar (4° BPM) apreenderam na noite desta quinta-feira, 25, um adolescente de 14 anos com uma arma de fogo e uma moto roubada. O fato ocorreu no bairro Habitasa.

A guarnição do Giro realizava patrulhamento de rotina, quando avistaram uma dupla transitando em uma motocicleta Bros de cor preta. Os dois ao notarem que seriam abordados empreenderam fuga, sendo acompanhados pelos militares.

Com a habilidade em cima das duas rodas, a guarnição começou o acompanhamento próximo a FAAO e conseguiu abordar um dos suspeitos na 4° ponte. Na busca pessoal foi encontrado em posse do adolescente uma arma de fogo, que ele tentou se desfazer jogando em via pública e na consulta veicular foi constatado a restrição de roubo da motocicleta.

O adolescente e o material aprendidos foram encaminhados e apresentados na Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA).

Leia Também:  Membro do Comando Vermelho é condenado a mais de 14 anos de prisão

Resultados positivos

O policiamento do Giro tem um caráter diferenciado, a mobilidade em meio ao trânsito corrido da cidade. Resultado disto, é que a guarnição do 4° BPM nos últimos 30 dias já apreendeu três armas de fogo e recuperou cinco veículos roubados.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Homem conhecido por Sombra é preso enquanto carregava corpo com pernas decepadas em barco pelo Rio Môa

Publicados

em

Homem é flagrado enquanto carregava corpo de vítima torturada em barco na zona rural do AC – Foto: Arquivo

Claudinei Sombra dos Santos, de 19 anos, foi flagrado enquanto carregava o corpo de um homem dentro de um barco pelo Rio Môa, na zona rural do município de Mâncio Lima. A vítima, que ainda não foi identificada, foi morta com tiros e teve as pernas decepadas. O corpo segue no Instituto Médico Legal (IML) em Cruzeiro do Sul.

Segundo o portal G1 Acre, o suspeito descia de barco pelo rio saindo da comunidade Timbaúba em direção a Mâncio Lima, quando passou pela base do Exército na comunidade São Salvador. Foi então que os militares fizeram uma abordagem e perceberam que ele estava muito nervoso e, ao verificarem o barco, encontraram o corpo da vítima.

A polícia foi acionada e foram enviadas duas equipes – uma da Polícia Civil e outra da Polícia Militar – para fazer o translado do corpo e a condução do preso. O local onde o suspeito foi flagrado fica a cerca de 10 horas de barco da cidade de Mâncio Lima e ele foi preso nesse domingo (16).

Leia Também:  Polícia prende dois suspeitos de amarrar e assassinar presidiário no semi aberto em Tarauacá

Conforme o delegado responsável pelas investigações, José Obetaneo do Santos, a motivação do crime ainda está sendo apurada.

“Vamos concluir o flagrante e verificar qual foi a verdadeira motivação desse crime. Na conversa preliminar com o acusado, ele apenas disse que se desentendeu com esse homem e que não o conhecia e que por conta desse desentendimento veio o dolo de matar e ele matou. O médico legista disse que ele foi alvejado por disparo arma de fogo e teve as pernas decepadas. A vítima foi torturada”, disse o delegado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA