Polícia

Adolescente de 15 anos que estava grávida é executada com três tiros, em Senador Guiomard

Uma jovem identificada como Vanessa dos Santos Nascimento, de 15 anos, foi encontrada morta na noite desta quinta-feira (14), na BR-317, em um ramal ao lado do presídio do município de Senador Guiomard.

Publicados

Polícia

Uma jovem identificada como Vanessa dos Santos Nascimento, de 15 anos, foi encontrada morta na noite desta quinta-feira (14), na BR-317, em um ramal ao lado do presídio do município de Senador Guiomard.

Populares acionaram a Polícia Militar via Ciosp para atender uma ocorrência de homicídio. Ao chegarem no local os militares se depararam com um corpo de uma adolescente que apresentava sinais de perfurações a tiros.

O cadáver foi encontrado dentro de uma área de mata próximo ao presídio. Familiares afirmaram que a sogra da menor teria recebido uma ligação de uma pessoa falado que ao lado da unidade prisional estaria o corpo da adolescente.

De acordo com a família, a garota estava desaparecida desde terça-feira (12), era casada e o marido está preso no presídio em Rio Branco.

Na noite desta quinta-feira, um vídeo foi publicado na redes sociais pelos próprios membros de uma facção, mostrando a adolescente sendo executada com três tiros, sendo dois na região da cabeça.

Leia Também:  Polícia conclui inquérito sobre morte de crianças carbonizadas e indicia mãe por abandono de incapaz

Nas imagens, os criminosos mandam a vítima se ajoelhar e perguntam a vítima o que ela teria repassado a um homem identificado como “Coringa”.

“Bora, fala aí. O que tu passou pro Coringa?” ela responde que não teria passado nada, e antes mesmo de terminar o interrogatório, Vanessa recebe o primeiro o tiro, grita caindo no chão e depois recebe mais dois tiros na cabeça e morre, em seguida os acusados fugiram do local em uma motocicleta.

A área foi isolada pela Polícia Militar até a chegada da equipe do Instituto de Criminalística da Polícia Civil. Três suspeitos de participação no crime já foram presos.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavérico.

O caso segue sob investigação da Polícia Civil do município.

Segundo informações de pessoas próxima da vítima, Vanessa não tinha envolvimento com organizações criminosas, estava grávida e deixou uma filha.

Por Davi Sahid / ac24horas

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Mais um é preso escondido em uma casa, suspeito de torturar jovem em cemitério, em Cruzeiro do Sul

Publicados

em

Valdenis Marinho morreu em um hospital da cidade no dia seguinte ao crime. No dia 28 de abril, Polícia Civil prendeu dois suspeitos de participação no homicídio – Foto: Polícia Civil

Um terceiro suspeito de sequestrar, torturar e matar Valdenis do Nascimento Marinho, de 18 anos, foi preso nesta sexta-feira (13) em Cruzeiro do Sul. Marinho morreu no início do mês de abril em um hospital da cidade após ser encontrado ferido dentro do Cemitério São João Batista.

No dia 28 do mesmo mês, a Polícia Civil prendeu os primeiros suspeitos de praticar o crime. O motivo das agressões seria porque Marinho, que era usuário de drogas, teria furtado entorpecentes de membros de uma facção criminosa.

As investigações continuaram após a prisão da dupla e, nesta sexta, a Polícia Civil prendeu um rapaz, de 27 anos, escondido em uma casa no bairro Várzea.

Logo após o crime, a Polícia Civil chegou a divulgar que Marinho não era de facção, mas era usuário de drogas. Os pais dele que procuraram a polícia para denunciar o caso após a morte. As informações é do portal G1 Acre

Leia Também:  Idosa com câncer enfia tesoura na própria cabeça na China.

Suspeito foi preso nesta sexta-feira (13) no bairro Várzea, em Cruzeiro do Sul – Foto: Polícia Civil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA