RIO BRANCO

Polícia

Acusado de matar a namorada de 20 anos com tiro após “roleta-russa” tem prazo de 10 dias para responder acusação à Justiça

Publicados

Polícia

Alessandro Silva Magalhães tem 10 dias para responder acusação sobre morte de namorada – Foto: Reprodução

Após passar por audiência na última segunda-feira (13), Alessandro Silva Magalhães, acusado de matar a namorada Cristina Raquel dos Santos Barros, de 20 anos, tem um prazo de 10 dias para apresentar defesa à Justiça. A jovem foi morta com um tiro na cabeça no dia 10 de maio do ano passado no bairro Jorge Lavocat, em Rio Branco.

Magalhães foi preso no último dia 9 no bairro Conquista, mais de um ano após o crime. No dia 21 de julho, o juiz Alesson Braz aceitou a denúncia contra Magalhães e decretou a prisão dele, que foi efetuada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A justiça deu o prazo para que Magalhães possa responder à acusação, por escrito, por meio de advogado. Ele deve indicar se tem advogado particular ou se vai precisar de um defensor público.

Denúncia

Conforme denúncia do Ministério Público Estadual (MP-AC), na tarde de 9 de maio de 2020, Magalhães passou a manusear um revólver, direcionando várias vezes contra a cabeça de sua namorada, simulando uma brincadeira, confirmando a informação inicial da brincadeira de roleta-russa. Porém, o crime não aconteceu no momento da suposta brincadeira.

Leia Também:  Polícia desarticula quadrilha do trafico em Sena Madureira

“Durante a noite, o casal se dirigiu a um bar, onde tiveram um desentendimento, que era costumeiro. Depois de retornarem para casa, já na madrugada do dia 10 de maio. A vítima estava sentada sobre a cama quando Magalhães entrou no quarto apontando um revólver para ela e dizendo: ‘Eu não disse que tu ia morrer sua vagabunda?'”, diz a denúncia do MP.

Ainda conforme o órgão, por pensar que seria mais uma brincadeira, a vítima não esboçou reação, e o acusado efetuou o disparo que levou a morte de Cristina.

Por isso, ele foi denunciado por homicídio com a qualificadora de feminicídio, além de recurso que dificultou a defesa da vítima, pois ao simular uma brincadeira de roleta-russa desde a tarde anterior, acabou ocultando sua verdadeira intenção de matar a própria namorada, fazendo com que ela deixasse de tomar qualquer precaução que pudessem evitar a própria morte. Por Iryá Rodrigues, G1 Acre

Cristina Raquel dos Santos Barros, de 20 anos, morreu na madrugada de domingo (10) no bairro Jorge Lavocat, em Rio Branco – Foto: Rede Amazônica Acre

Leia Também:  Homem é preso por apropriar-se de indenização de ex-soldado da borracha

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Neném Almeida subiu o tom com o que chamou de negligência e falta de gestão do governo Gladson. “O mais difícil foi comprar o aparelho de Raio X e ele está parado a três meses em Tarauacá por falta de instalação”, disparou. O parlamentar fez questão de lembrar da manifestação ocorrida em Cruzeiro do Sul, que teve aniversário de 7 da não instalação do Tomógrafo para o hospital Regional do Juruá. O governo é incompetente meus amigos, o governo que tanto falou em gestão mostra que não tem gestão.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias , seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos , seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci , seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Polícia

Corpo de Bombeiros faz buscas por homem que desapareceu ao cair no Rio Juruá

Publicados

em

Bombeiros fazem buscas por homem que desapareceu ao cair em rio no interior do Acre — Foto: Arquivo/Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros faz buscas por um homem identificado como Edivanio Menezes da Silva que desapareceu na madrugada de quinta-feira (25) ao cair no Rio Juruá, em Marechal Thaumaturgo, interior do Acre.

Conforme o comandante dos bombeiros na região, Josadac Cavalcante uma equipe com quatro mergulhadores de Cruzeiro do Sul chegou ao local por volta das 11h dessa sexta-feira (26) para iniciar as buscas pela vítima.

A informação repassada aos bombeiros pelas pessoas que estavam com Silva é que ele caiu ao andar pela lateral da embarcação, que é de médio porte, e que desde então não foi mais visto.

Acontece que familiares de Silva estão suspeitando que, na verdade, ele teria sido vítima de um homicídio. E, segundo o comandante, as pessoas que estavam com ele no momento do sumiço começaram a repassar informações desencontradas sobre o local exato do suposto acidente.

Leia Também:  Polícia Militar, Polícia Civil e Conselho Tutelar deflagram Operação Desinterdição em Sena Madureira

“Inclusive eles [bombeiros] estão até na delegacia para tentar chegar a um consenso sobre o local exato da queda, porque o pessoal que estava com ele começou a distorcer as informações. Uma hora falaram que era em um local e depois que tinha sido em outro mais distante. Então, por enquanto, isso está dificultando as buscas, por não ter o local preciso. Nós acionamos a polícia porque, como quem estava com ele está com essas informações desencontradas, já começa a ter indícios de crime”, disse o comandante.

O delegado plantonista da cidade, Rômulo Carvalho, disse que foi aberto um procedimento investigatório para apurar se houve crime ou se foi um acidente.

“Estamos ouvindo as pessoas que estavam com ele, fazendo diligências para saber as circunstâncias dos fatos. Tudo está sendo levantado com calma e mais pra frente vamos ter tudo com mais clareza, mas há sim alguns indícios que apontam para existência de um crime, mas tudo ainda é muito preliminar”, afirmou o delegado. Com informações do G1 Acre.

Leia Também:  Pedreiro é executado em Rio Branco e mãe diz que ele estava sendo ameaçado

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Muitas são as dúvidas, e eu esclareço algumas. Quem tem direito a receber o abono pago com a sobra do recurso do Fundeb, anunciado pelo Governo do Acre? Uma grande manifestação foi realizada durante todo dia pela manhã em frente à casa civil e a tarde na sede da PGE – Procuradoria Geral do Estado.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA