RIO BRANCO

Mundo

Vídeo: O dia em que a URSS usou uma bomba nuclear para apagar um incêndio

Publicados

Mundo

Tradicionalmente, os incêndios em poços petrolíferos ou de gás podem ser extintos com explosões que geram uma espécie de “sopro” que acaba com as chamas ao privá-las de oxigênio. Mas em setembro de 1966, a União Soviética utilizou um método pouco convencional e um tanto extremo para apagar o fogo de um poço de gás na região de Urta-Bulak: a detonação de uma bomba nuclear de 30 quilotons.

Incêndio apagado com bomba nuclear

O incêndio no poço de Urta-Bulak era um problema sério, pois as chamas já estavam ardendo há três anos, causando perdas de mais de 12 milhões de metros cúbicos de gás por dia. Durante esse tempo, técnicas convencionais foram usadas para tentar apagar o fogo, mas não obtiveram sucesso. Segundo os cientistas, as temperaturas próximas eram tão altas que no caso de se utilizar TNT para conter as chamas, seria necessário uma quantidade enorme de explosivos e um poço paralelo de grande diâmetro. 

Assim, para resolver a situação, os especialistas decidiram utilizar uma bomba nuclear que tinha o dobro de potência que a utilizada em Hiroshima. Os geólogos e físicos do programa nuclear soviético calcularam que se o artefato fosse detonado subterraneamente, a pressão gerada fecharia qualquer buraco em um raio de 25 a 50 metros da explosão, interrompendo o vazamento de gás e extinguindo as chamas.

Leia Também:  Freira que foi ao hospital com dores de barriga dá à luz um bebê

Dois buracos inclinados, com pouco mais de 30 centímetros de largura, foram perfurados simultaneamente, o mais próximo possível do poço de gás atingido pelo fogo. A bomba nuclear foi lançada em um dos buracos, a uma profundidade de 1.400 metros, a uma distância estimada de 35 metros do incêndio. O buraco foi preenchido com cimento para conter a explosão e prevenir sua erupção na superfície.

Menos de um minuto após sua detonação os cientistas encarregados da façanha confirmaram que a operação havia sido um sucesso. Pela primeira vez, uma bomba nuclear havia sido usada para apagar um incêndio em um poço de gás. Felizmente, nenhum aumento de radioatividade acima do normal foi detectado em medições na região. Nos anos seguintes, a técnica voltou a ser usada mais algumas vezes em casos semelhantes no território soviético. Fontes: Mirror, Daily Mail e Amusing Planet / Imagens: iStock.com e Domínio Público/Reprodução.

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo: Veja o Vídeo: O Horto Florestal foi fundado como Horto Municipal em 1974 e se caracteriza como um Parque Urbano de 17 hectares de área que se localiza a 5 km do centro da cidade de Rio Branco e às margens do Igarapé São Francisco.

Leia Também:  Monge mumificado há 200 anos ‘não está morto’, defendem budistas

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Mundo

Veja o vídeo: “Peixes-pênis” invadem praia da Califórnia após tempestade

Publicados

em

Metrópoles – Os moradores de Marin County, Califórnia, Estados Unidos, levaram um susto ao verem milhares de “peixes-pênis” na praia de Drake Beach. Após uma forte tempestade, essa espécie de verme marinho invertebrado invadiu as areias do local.

Segundo o site BayNature.org, esses vermes, que tem como nome científico Urechis caupo, vivem em locais de lama e arenosos no fundo do mar. Eles ganharam esse nome por se parecerem com pênis. Com a força da tempestade, eles foram retirados do fundo do mar e levados para o litoral.

Os “peixes-pênis” se alimentam de bactérias e plânctons e não representam risco aos seres humanos. Quando são arrastadas para a praia, acabam virando comida para lontras, tubarões e gaivotas. Segundo a página, humanos também podem comer esses vermes. O mesmo fenômeno já ocorreu em anos anteriores nos Estados Unidos.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A câmara de Brasiléia aprovou por 8 votos o Anteprojeto de Lei, de autoria da Vereadora Neiva Badotti, que dispõe acerca de procedimentos e limites de pagamentos das Requisições de Pequeno Valor (RPV) devidas pelo município de Brasiléia-Acre. Atualmente, portanto, qualquer débito judicial transitado em julgado em desfavor da Fazenda Pública no município de Brasiléia superior a R$ 6.600,00 (seis mil e seiscentos reais), estará sujeito ao regime de expedição de precatórios, ou seja, respeitando-se a ordem cronológica de suas apresentações.

Leia Também:  Igreja Católica na PB é condenada a pagar indenização de R$ 12 milhões por exploração sexual

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA