RIO BRANCO

Mundo

Viciado em drogas abusa do próprio filho e posta imagens na internet

Viciado em drogas Zhong Weixiong abusou do filho e postou imagens e mensagens na internet como forma de ameaçar mãe da criança e familiares.

Publicados

Mundo

Viciado em drogas Zhong Weixiong abusou do filho e postou imagens e mensagens na internet como forma de ameaçar mãe da criança e familiares.

VICIADO 20

A polícia está investigando o caso de um homem da província de Shantou, que postou várias fotos mostrando o abuso que cometeu em uma criança. Ele publicou as imagens no Weibo, uma rede social.

As fotos publicadas parecem mostrar o rosto machucado da criança, além das pernas, nádegas e outras áreas, sem contar os olhos inchados e cheios de lágrimas.

Depois que as imagens foram postadas na rede social, diversos usuários expressaram grande preocupação, chamando atenção das autoridades, que alegaram estar investigando o caso.

No dia 6 de março o homem postou as fotos com a legenda, “A alma jovem está sofrendo”.

Já no dia 27 de março ele postou outras fotos com o texto: “Tarde da noite, de mau humor, meu filho acordou para levar um surra.”

33

Por fim, no dia 29 de março, ele escreveu outra mensagem: “Meu filho morreu finalmente, eu quebrei seu pescoço o chutando, fantástico, hahaha.”

Leia Também:  Provável colapso da civilização: Nasa alerta para asteroide que pode acabar com a humanidade

A mãe da criança, de sobrenome Cai, vive na cidade de Jieyang, China. Ela disse que conheceu o pai agressor, Zhong Weixiong, no trabalho, em Shenzhen, e passaram a morar juntos.

Cai, de 21 anos, e Zhong, de 36, nunca foram oficialmente casados. O filho deles, chamado Xiao Long, nasceu em 2012.

Depois que a criança nasceu ela ficou aos cuidados de sua avó materna na maioria do tempo. Devido, em parte, ao seu mau temperamento e uso de drogas, Zhong foi incapaz de manter um emprego.

Cai disse que ele ameaçava continuamente sua família por dinheiro, e que abusou fisicamente dela, do próprio pai e do irmão.

No início deste ano, Cai fugiu de casa após apanhar do homem, que ficou por conta de cuidar da criança. Quando perguntada por que ela não levou a criança, a mulher disse que não era capaz de sustentar o filho com o salário mensal que recebia, e por isso decidiu deixá-lo sob os cuidados de seu pai.

Leia Também:  Brasil ultrapassa a marca de 487 mil mortes por Covid-19

Cai também afirmou que a única razão pela qual o ex companheiro postou as imagens da criança abusada, era para ameaçar ela e sua família em troca de dinheiro, a fim de obter drogas.

A mulher recentemente relatou o caso à polícia e expressou sua vontade de levar o filho de volta. Quando os oficiais chegaram à casa de Zhong para buscar a criança, não conseguiram encontrar o acusado. Xiao Long foi levado para a delegacia para um exame de saúde, juntamente com o avô.

361

Fonte: Shanghaiist

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Mundo

Veja o vídeo: “Peixes-pênis” invadem praia da Califórnia após tempestade

Publicados

em

Metrópoles – Os moradores de Marin County, Califórnia, Estados Unidos, levaram um susto ao verem milhares de “peixes-pênis” na praia de Drake Beach. Após uma forte tempestade, essa espécie de verme marinho invertebrado invadiu as areias do local.

Segundo o site BayNature.org, esses vermes, que tem como nome científico Urechis caupo, vivem em locais de lama e arenosos no fundo do mar. Eles ganharam esse nome por se parecerem com pênis. Com a força da tempestade, eles foram retirados do fundo do mar e levados para o litoral.

Os “peixes-pênis” se alimentam de bactérias e plânctons e não representam risco aos seres humanos. Quando são arrastadas para a praia, acabam virando comida para lontras, tubarões e gaivotas. Segundo a página, humanos também podem comer esses vermes. O mesmo fenômeno já ocorreu em anos anteriores nos Estados Unidos.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A câmara de Brasiléia aprovou por 8 votos o Anteprojeto de Lei, de autoria da Vereadora Neiva Badotti, que dispõe acerca de procedimentos e limites de pagamentos das Requisições de Pequeno Valor (RPV) devidas pelo município de Brasiléia-Acre. Atualmente, portanto, qualquer débito judicial transitado em julgado em desfavor da Fazenda Pública no município de Brasiléia superior a R$ 6.600,00 (seis mil e seiscentos reais), estará sujeito ao regime de expedição de precatórios, ou seja, respeitando-se a ordem cronológica de suas apresentações.

Leia Também:  Provável colapso da civilização: Nasa alerta para asteroide que pode acabar com a humanidade

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA