RIO BRANCO

Mundo

Portugal prende três pastores evangélicos brasileiros por tráfico humano

Publicados

Mundo

Foram encontrado cerca de 30 imigrantes brasileiros em um alojamento em Amadora, próximo a Lisboa – Foto: Street View

Em uma grande operação, as autoridades migratórias de Portugal prenderam três pastores evangélicos brasileiros por suspeita de tráfico humano e de auxílio à imigração ilegal.

O trio, dois homens e uma mulher, usaria a estrutura da igreja para convencer brasileiros a se mudarem para Portugal com promessas de trabalho e de auxílio à regularização, o que acabava não acontecendo.

Uma vez em território português, os imigrantes passavam a morar – mediante pagamento de aluguel que podia chegar a 300 euros (cerca de R$ 1.360) – em um alojamento anexo ao templo. As famílias viviam em divisões improvisadas, em condições precárias.

Além de pagarem para viver no espaço, os brasileiros também seriam obrigados a contribuir com o dízimo. Quem vivia no alojamento precisava contribuir com 10% dos rendimentos para a igreja.

Muitas destas pessoas tinham trabalho sem contrato formal, em ocupações intermediadas pela própria igreja.

Leia Também:  Embarcação com 70 passageiros afunda na Baia em Belém

Os agentes do SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) encontraram cerca de 30 imigrantes brasileiros, incluindo crianças, vivendo no alojamento, localizado na região da Amadora (grande Lisboa). A maioria estava em situação irregular em Portugal.

“Estas pessoas foram notificadas para comparecerem ao SEF para verificarmos se elas reúnem as condições para a regularização em Portugal. Se essas pessoas estão a trabalhar, a lei portuguesa permite esta saída”, disse à Folha Gonçalo Rodrigues, diretor central de investigação do SEF.

Segundo ele, a operação foi motivada por uma denúncia ao SEF feita há cerca de três meses.

Por conta do sigilo das investigações, o inspetor preferiu não dar mais detalhes sobre o possível funcionamento do esquema. A imprensa portuguesa afirma que as autoridades investigam possíveis ramificações da operação para outros templos.

De acordo com o Observatório de Tráfico de Seres Humanos, Portugal teve sinalizadas 168 vítimas deste crime em 2018, incluindo 29 menores.

Nos últimos dois anos, a imigração brasileira explodiu. Em 2018, a alta foi de 23,4% em relação ao ano anterior.

Leia Também:  Esposa descobre segundo casamento de marido

Embora a quantidade de cidadãos brasileiros em Portugal seja de 105.423 pelas últimas estatísticas do SEF, o número real é bem maior.

A “contagem oficial” não considera como brasileiros aqueles que têm dupla cidadania portuguesa ou de outro país da União Europeia. Também não são incluídos os que residem no país de maneira irregular.

Atraídos pela melhora econômica do país e pela facilitação dos processos de regularização, muitos brasileiros têm optado pela mudança sem o visto adequado, o que já gerou alertas nas autoridades.

Com isso, em 2018, a quantidade de brasileiros impedidos de entrar em Portugal também explodiu, passando de 1.336 em 2017 para 2.866 no ano passado: um aumento de 114,5%.  Por Folha Press

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Mundo

Veja o vídeo: “Peixes-pênis” invadem praia da Califórnia após tempestade

Publicados

em

Metrópoles – Os moradores de Marin County, Califórnia, Estados Unidos, levaram um susto ao verem milhares de “peixes-pênis” na praia de Drake Beach. Após uma forte tempestade, essa espécie de verme marinho invertebrado invadiu as areias do local.

Segundo o site BayNature.org, esses vermes, que tem como nome científico Urechis caupo, vivem em locais de lama e arenosos no fundo do mar. Eles ganharam esse nome por se parecerem com pênis. Com a força da tempestade, eles foram retirados do fundo do mar e levados para o litoral.

Os “peixes-pênis” se alimentam de bactérias e plânctons e não representam risco aos seres humanos. Quando são arrastadas para a praia, acabam virando comida para lontras, tubarões e gaivotas. Segundo a página, humanos também podem comer esses vermes. O mesmo fenômeno já ocorreu em anos anteriores nos Estados Unidos.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A câmara de Brasiléia aprovou por 8 votos o Anteprojeto de Lei, de autoria da Vereadora Neiva Badotti, que dispõe acerca de procedimentos e limites de pagamentos das Requisições de Pequeno Valor (RPV) devidas pelo município de Brasiléia-Acre. Atualmente, portanto, qualquer débito judicial transitado em julgado em desfavor da Fazenda Pública no município de Brasiléia superior a R$ 6.600,00 (seis mil e seiscentos reais), estará sujeito ao regime de expedição de precatórios, ou seja, respeitando-se a ordem cronológica de suas apresentações.

Leia Também:  Esposa descobre segundo casamento de marido

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA