RIO BRANCO

Mundo

Poderes de cunho sobrenatural: Mulher tida como Bruxa dá aulas de bruxaria para mulheres em Curitiba, veja o vídeo

Publicados

Mundo

A bruxa é professora e bióloga / Imagem: RIC Record TV

O mundo da bruxaria é constantemente lembrado nas telas do cinema, e muitos se questionam se essas magias só estão na cinematografia, ou se existem na vida real. Com informações da RIC Record TV

Uma mulher que é adepta de bruxaria em Curitiba aceitou falar sobre o assunto. Na entrevista concedida a um programa, ela conta que as bruxas dos filmes são bem diferentes das da vida real.

“O bem e o mal existem em todo o lugar. O estigma que foi criado com a mulher velha, feia, nariguda, morando sozinha numa floresta. A gente está aqui pra desmitificar, eu sou professora e bióloga”, explica Adelita.

Adelita Jurema, ensina a bruxaria para outras mulheres, ela conta como a ideia de ensinar surgiu

“A escola de bruxas surgiu de uma necessidade minha. Eu encontrei a bruxaria num momento muito difícil da minha vida, eu tive uma depressão severa e foi quando eu encontrei a bruxaria”, contou a bruxa. Segundo Adelita, a escola tem como objetivo ajudar outras mulheres a se encontrarem.

Leia Também:  Presidente da Uganda quer proibir sexo oral: “boca é para comer”

Segundo Adelita, o desconhecimento sobre a prática faz com que muitas pessoas tenham preconceito. Para a bruxa, a prática é apenas uma forma de praticar o autoconhecimento e o amor próprio.

Adelita divulga o trabalho de bruxaria por meio das redes sociais.

Confira:

https://www.instagram.com/reel/CRFLc5unahb/?utm_source=ig_embed&ig_rid=cba5d698-4b52-41b3-aa24-bb5cce833864

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Mundo

Veja o vídeo: “Peixes-pênis” invadem praia da Califórnia após tempestade

Publicados

em

Metrópoles – Os moradores de Marin County, Califórnia, Estados Unidos, levaram um susto ao verem milhares de “peixes-pênis” na praia de Drake Beach. Após uma forte tempestade, essa espécie de verme marinho invertebrado invadiu as areias do local.

Segundo o site BayNature.org, esses vermes, que tem como nome científico Urechis caupo, vivem em locais de lama e arenosos no fundo do mar. Eles ganharam esse nome por se parecerem com pênis. Com a força da tempestade, eles foram retirados do fundo do mar e levados para o litoral.

Os “peixes-pênis” se alimentam de bactérias e plânctons e não representam risco aos seres humanos. Quando são arrastadas para a praia, acabam virando comida para lontras, tubarões e gaivotas. Segundo a página, humanos também podem comer esses vermes. O mesmo fenômeno já ocorreu em anos anteriores nos Estados Unidos.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A câmara de Brasiléia aprovou por 8 votos o Anteprojeto de Lei, de autoria da Vereadora Neiva Badotti, que dispõe acerca de procedimentos e limites de pagamentos das Requisições de Pequeno Valor (RPV) devidas pelo município de Brasiléia-Acre. Atualmente, portanto, qualquer débito judicial transitado em julgado em desfavor da Fazenda Pública no município de Brasiléia superior a R$ 6.600,00 (seis mil e seiscentos reais), estará sujeito ao regime de expedição de precatórios, ou seja, respeitando-se a ordem cronológica de suas apresentações.

Leia Também:  Presidente da Uganda quer proibir sexo oral: “boca é para comer”

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA