RIO BRANCO

Mundo

Mulher é proibida de entrar em zoológico após “caso” com chipanzé

Publicados

Mundo

Um zoológico belga proibiu uma mulher de visitar a exibição de chimpanzés do parque devido a um “caso” com um dos primatas (é isso mesmo que você leu!). Um chimpanzé chamado Chita chegou ao zoológico de Antuérpia, na Bélgica, há 30 anos. Nos últimos quatro anos, uma mulher chamada Adie Timmermans visitou o primata todas as semanas, desenvolvendo um vínculo estreito com o animal. As informações são da revista People.

“Eu amo aquele animal e ele me ama. Não tenho mais nada. Por que eles querem tirar isso?”, questionou Timmermans em entrevista ao Newsweek. “Direi apenas que estamos tendo um caso”.

De acordo com o veículo, o “caso” mencionado por Adie envolveu o primata e a mulher acenando e mandando beijos um para o outro de lados opostos do vidro ao redor do recinto do macaco. O zoológico recentemente expressou preocupação com a amizade, alegando que está afetando negativamente o relacionamento de Chita com os outros chimpanzés do zoológico.

“Quando Chita está constantemente ocupada com visitantes, os outros macacos o ignoram e não o consideram parte do grupo, embora isso seja importante. Ele então fica sozinho fora do horário de visita”, disse o zoológico ao tabloide.

Leia Também:  Mulher salva vida de seu marido ao esfaqueá-lo antes de ir dormir

“Um animal que está muito focado nas pessoas é menos respeitado por seus pares. Queremos que Chita seja um chimpanzé o máximo possível”, acrescentou o porta-voz da instalação.

O Zoológico da Antuérpia observou que o fascínio de Chita pelos humanos está presente porque ele era um animal de estimação antes de entrar nas instalações. A instituição já proibiu a mulher de fazer contato com Chita para priorizar seu bem-estar.

E veja Também no 3 de Julho Notícias

Deputado estadual Edvaldo Magalhães trouxe a tona e fez questão de escancarar na tribuna da ALEAC mais uma imoralidade do governo de Gladson Cameli, que desde o início de sua gestão resolveu priorizar empresas de fora e sufocar as pequenas empresas da Construção Civil do Acre. Em posse de documentos, o parlamentar enfatizou que o Governador Gladson quer fazer um registro de preço no valor de R$ 120.000.000,00 (cento e vinte milhões de reais) para obras, sendo que o mais adequado visando fortalecer a economia local, seria fazer licitação para cada obra.

Leia Também:  Mãe dá à luz “bebê sereia” e médicos não determinar seu gênero

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Mundo

Veja o vídeo: “Peixes-pênis” invadem praia da Califórnia após tempestade

Publicados

em

Metrópoles – Os moradores de Marin County, Califórnia, Estados Unidos, levaram um susto ao verem milhares de “peixes-pênis” na praia de Drake Beach. Após uma forte tempestade, essa espécie de verme marinho invertebrado invadiu as areias do local.

Segundo o site BayNature.org, esses vermes, que tem como nome científico Urechis caupo, vivem em locais de lama e arenosos no fundo do mar. Eles ganharam esse nome por se parecerem com pênis. Com a força da tempestade, eles foram retirados do fundo do mar e levados para o litoral.

Os “peixes-pênis” se alimentam de bactérias e plânctons e não representam risco aos seres humanos. Quando são arrastadas para a praia, acabam virando comida para lontras, tubarões e gaivotas. Segundo a página, humanos também podem comer esses vermes. O mesmo fenômeno já ocorreu em anos anteriores nos Estados Unidos.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A câmara de Brasiléia aprovou por 8 votos o Anteprojeto de Lei, de autoria da Vereadora Neiva Badotti, que dispõe acerca de procedimentos e limites de pagamentos das Requisições de Pequeno Valor (RPV) devidas pelo município de Brasiléia-Acre. Atualmente, portanto, qualquer débito judicial transitado em julgado em desfavor da Fazenda Pública no município de Brasiléia superior a R$ 6.600,00 (seis mil e seiscentos reais), estará sujeito ao regime de expedição de precatórios, ou seja, respeitando-se a ordem cronológica de suas apresentações.

Leia Também:  Homem cria tatuagem em pele e criando desenho em carne viva

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA