RIO BRANCO

Mundo

Homem morre após aplicar supercola no pênis para substituir camisinha

Publicados

Mundo

Um jovem indiano, de 25 anos, identificado como Salman Mirza, morreu momentos depois de aplicar uma supercola no pênis antes da relação sexual. A vítima pretendia utilizar a cola para substituir o preservativo. As informações são do The Times.

Mirza e sua noiva haviam ingerido bebida alcoólica e outras entorpecentes, quando resolveram ir até um hotel para ter relações sexuais. Ao notar que estava sem preservativo, Salman improvisou com o adesivo epóxi, uma supercola utilizada em construções civis.

“Como não tinham preservativo, resolveram aplicar o adesivo para que ela não engravidasse. Eles carregavam o produto para usar como entorpecente”, contou a polícia.

A supercola resultou em uma falência múltipla dos órgãos do indiano. No dia seguinte ao episódio, Mirza foi encontrado inconsciente próximo a um arbusto. Ele chegou a ser socorrido, mas acabou morrendo momentos depois.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Durante a comemoração do Dia do Soldado, a deputada federal Mara Rocha foi condecorada com a “Medalha Exército Brasileiro”, em evento ocorrido no Quartel General do Exército, no Setor Militar Urbano, em Brasília. A comenda destina-se a distinguir cidadãos e instituições civis, que tenham praticado ação destacada em prol do interesse e do bom nome do Exército Brasileiro.

Leia Também:  Com medo, jovem revela ser gay e mãe responde: ‘Tive uma namorada’

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Mundo

Vídeo mostra imagens forte de cão da raça “Pitt Bull” arrancando pênis de estuprador acusado de violar criança de 3 anos

Publicados

em

Brasil – Circula em grupos de aplicativos de mensagem, o vídeo de um cão da raça “Pitt Bull” arrancando o pênis de um homem acusado de ter estuprado uma criança de apenas 3 anos dentro da casa onde morava.

Ao tomarem conhecimento do ocorrido, os pais da criança espancaram brutalmente o estuprador e encheram seu órgão sexual com molho de carne, para que o “Pitt bull” pudesse devorar tudo. Sem mais informações.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti – “Não me manda recado, mais! Este tipo de recado é de quem deve, é de quem está com medo, eu vou continuar fiscalizando, denunciando doa a quem doer. Eu tenho certeza que essas denuncias não vão passar despercebidas, eu confio plenamente no Poder Judiciário na Policia Federal que não vão usar dois pesos e duas medidas para ninguém. Ninguém está acima da Lei, nem a senhora prefeita, nem o Governo do Estado e nem o presidente da República interfere na PF, não me mande mais recado!!”, concluiu a parlamentar.

Leia Também:  Cientista da Fiocruz confirma 2ª onda da covid-19 em Manaus e propõe lockdown

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA