RIO BRANCO

Mundo

Dois homens atira contra caixão em um velório e coloca fogo na igreja

Quando chegaram ao velório, os dois homens pediram para a família se afastar. Em seguida, atiraram no caixão, picharam as paredes com ameaças e colocaram fogo no local.

Publicados

Mundo

Quando chegaram ao velório, os dois homens pediram para a família se afastar. Em seguida, atiraram no caixão, picharam as paredes com ameaças e colocaram fogo no local. 

Não se respeita mais um velório. Uma dupla armada invadiu um velório, atirou contra o caixão e ainda colocou fogo na igreja onde um jovem estava sendo velado. Foi na madrugada de domingo, no Bairro Bom Jardim, em Ipatinga (Minas Gerais). – See more at: 

De acordo com a PM, o corpo velado era de Tayron Viana de Souza, de 18 anos. Ele foi baleado com cinco tiros, na última quinta-feira. Chegou a ser internado, mas não resistiu. Naquele mesmo dia, a polícia prendeu um homem de 25 anos que confessou o crime. Ele disse que atirou contra o jovem por vingança. A vítima não tinha passagens pela polícia.

Quando chegaram ao velório, os dois homens pediram para a família se afastar. Em seguida, atiraram no caixão, picharam as paredes com ameaças e colocaram fogo no local. O caixão ficou danificado, e as chamas foram controladas pelos familiares do morto.

Leia Também:  Cristãos afegãos estão sendo mortos pelo Talibã se tiverem Bíblia online em seus celulares

“Já estávamos muito abatidos com a morte, e infelizmente a situação ficou ainda pior com tudo isso. Foram momentos de pânico e terror”, disse uma testemunha, sem se identificar, ao site G1.

A polícia procura os autores do atentado ao velório e investiga a ligação entre ele e o assassinato de Tayron. Os suspeitos podem responder por crime de destruição de cadáver, porte ilegal de armas, ameaça e pichação.

09-caixao

Fonte: meiahora.ig.com.br

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Mundo

Veja o vídeo: “Peixes-pênis” invadem praia da Califórnia após tempestade

Publicados

em

Metrópoles – Os moradores de Marin County, Califórnia, Estados Unidos, levaram um susto ao verem milhares de “peixes-pênis” na praia de Drake Beach. Após uma forte tempestade, essa espécie de verme marinho invertebrado invadiu as areias do local.

Segundo o site BayNature.org, esses vermes, que tem como nome científico Urechis caupo, vivem em locais de lama e arenosos no fundo do mar. Eles ganharam esse nome por se parecerem com pênis. Com a força da tempestade, eles foram retirados do fundo do mar e levados para o litoral.

Os “peixes-pênis” se alimentam de bactérias e plânctons e não representam risco aos seres humanos. Quando são arrastadas para a praia, acabam virando comida para lontras, tubarões e gaivotas. Segundo a página, humanos também podem comer esses vermes. O mesmo fenômeno já ocorreu em anos anteriores nos Estados Unidos.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A câmara de Brasiléia aprovou por 8 votos o Anteprojeto de Lei, de autoria da Vereadora Neiva Badotti, que dispõe acerca de procedimentos e limites de pagamentos das Requisições de Pequeno Valor (RPV) devidas pelo município de Brasiléia-Acre. Atualmente, portanto, qualquer débito judicial transitado em julgado em desfavor da Fazenda Pública no município de Brasiléia superior a R$ 6.600,00 (seis mil e seiscentos reais), estará sujeito ao regime de expedição de precatórios, ou seja, respeitando-se a ordem cronológica de suas apresentações.

Leia Também:  Corpo viscoso de criatura rosa é encontrado nos EUA

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA