RIO BRANCO

Mundo

Conheça a tribo que se alimenta de carne de cadáveres humanos e urina

Tribo Aghori, que vive em Varanasi, uma cidade da Índia, pratica estranhos rituais como os de se alimentar de carne humana e urina.

Publicados

Mundo

Tribo Aghori, que vive em Varanasi, uma cidade da Índia, pratica estranhos rituais como os de se alimentar de carne humana e urina.

humanos mortos

mort..

Temidos pelos indianos, a tribo Aghori, que vive em Varanasi, uma cidade do estado de Uttar Pradesh, na Índia, conhecida localmente como Kashi, se alimenta de carne humana e cultiva rituais estranhos a nós. 

As imagens que você verá agora foram feitas pelo fotógrafo Cristiano Ostinelli, que passou algum tempo entre eles para tentar conhecer mais do modo de vida dos Aghori. 

Ostinelli capturou estas imagens de tirar o fôlego, que mostram os tribais com rostos pintados de brancos e usando colares, entre outras curiosidades. 

Os membros da tribo misteriosa vivem em cemitérios e locais de cremação da Índia, por acreditam que o deus Shiva e a deusa Kali Ma ali habitam. Ele também comem a carne humana dos cadáveres jogados no rio e bebem urina, como parte de seus rituais. 

Além disso, mastigam as cabeças de animais vivos e meditam sobre os cadáveres, a fim de alcançarem iluminação espiritual. 

Leia Também:  Novinhas rebolam o “rabo” durante culto e pastor diz que é normal: “é para Deus”

De acordo com Ostinelli, os indianos os temem e dizem que os Aghori podem prever o futuro e andar sobre as águas. 

Os monges da tribo usam uma combinação de maconha e álcool para meditarem, a fim de se aproximarem do venerado deus hindu, Shiva. 

Os Aghori também evitam bens materiais e andam completamente nus nas ruas.

humanos mortos 1

Fonte: Daily Mail /techmestre.com

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Mundo

Veja o vídeo: “Peixes-pênis” invadem praia da Califórnia após tempestade

Publicados

em

Metrópoles – Os moradores de Marin County, Califórnia, Estados Unidos, levaram um susto ao verem milhares de “peixes-pênis” na praia de Drake Beach. Após uma forte tempestade, essa espécie de verme marinho invertebrado invadiu as areias do local.

Segundo o site BayNature.org, esses vermes, que tem como nome científico Urechis caupo, vivem em locais de lama e arenosos no fundo do mar. Eles ganharam esse nome por se parecerem com pênis. Com a força da tempestade, eles foram retirados do fundo do mar e levados para o litoral.

Os “peixes-pênis” se alimentam de bactérias e plânctons e não representam risco aos seres humanos. Quando são arrastadas para a praia, acabam virando comida para lontras, tubarões e gaivotas. Segundo a página, humanos também podem comer esses vermes. O mesmo fenômeno já ocorreu em anos anteriores nos Estados Unidos.

Veja o Vídeo:

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: A câmara de Brasiléia aprovou por 8 votos o Anteprojeto de Lei, de autoria da Vereadora Neiva Badotti, que dispõe acerca de procedimentos e limites de pagamentos das Requisições de Pequeno Valor (RPV) devidas pelo município de Brasiléia-Acre. Atualmente, portanto, qualquer débito judicial transitado em julgado em desfavor da Fazenda Pública no município de Brasiléia superior a R$ 6.600,00 (seis mil e seiscentos reais), estará sujeito ao regime de expedição de precatórios, ou seja, respeitando-se a ordem cronológica de suas apresentações.

Leia Também:  Veja o Vídeo: Queda de ônibus em abismo deixa 17 mortos e 30 feridos em estrada na região Cusco, no Peru

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA