RIO BRANCO

Geral

Tião Viana e Marcus Alexandre decretam ponto facultativo nesta 2ª e 3ª

Governador Tião Viana e o prefeito de Rio Branco Marcus Alexandre decretam ponto facultativo nesta Terça-feira e quarta

Publicados

Geral

Governador Tião Viana e o prefeito de Rio Branco Marcus Alexandre decretam ponto facultativo nesta Terça e quarta-feira

Por Paula alcântara 3 De Julho Noticias 

marcos anlexandreNota Oficial

O governador Tião Viana e o prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, em face do momento difícil vivido na capital do Estado, provocado pela cheia do Rio Acre, decretam ponto facultativo nas repartições públicas estaduais e municipais nos próximos dois dias, 2ª e 3ª. O decreto poderá ser prorrogado, dependendo de como a situação se apresentar nos dias subsequentes. 

Nesta oportunidade, pedimos que as pessoas que não estejam no trabalho voluntário evitem sair de suas casas para as áreas centrais da cidade, haja vista, que a mobilidade urbana está extremamente prejudicada na capital.

O momento é de mais sensibilização, solidariedade, união e trabalho para que, juntos, possamos superar os obstáculos que teremos pela frente.

Tião Viana Governador do Estado do Acre

Marcus Alexandre Prefeito de Rio Branco

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Justiça determina dupla a prestar serviço à comunidade por caça ilegal

Propaganda

Geral

Poder Judiciário do Acre retoma plantão extraordinário com 30% da força de trabalho

Publicados

em

Portaria Conjunta Nº 5/2022 institui novas medidas administrativas para afastar a propagação do vírus neste momento – Foto Reprodução

Nesta segunda-feira, 17, a presidência do Tribunal de Justiça juntamente com a Corregedoria-Geral da Justiça tornou pública a Portaria Conjunta n° 5/2022, determinando a redução do quantitativo de servidores e colaboradores em regime presencial da instituição até o dia 24 de janeiro.

Deste modo, está autorizada a retomada do trabalho remoto e atuação, por meio de escala de revezamento, do trabalho presencial com no máximo 30% dos integrantes de cada setor, excetuando os casos em que se observe prejuízos aos serviços prestados pela unidade.

A medida considerou o aumento progressivo no número de casos de Covid-19 em todo o estado, principalmente nas últimas semanas, assim como o teor da Portaria GDG Nº 4, de 08 de janeiro de 2022, em que o Supremo Tribunal Federal autoriza a adoção do regime de teletrabalho excepcional ou, na impossibilidade, que se promova escala de revezamento para os servidores e colaboradores.

Leia Também:  Comandante da PM recebe honraria em Formatura alusiva ao Dia do Soldado

Assim, a gestão decidiu manter a política instaurada desde o início da pandemia para o resguardo e segurança à saúde dos magistrados e magistradas, servidores e servidoras, estagiários e estagiárias, todas e todos terceirizados e público externo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA