RIO BRANCO

Geral

Receita Federal do Acre realiza 4º leilão eletrônico até dia 27

São 35 lotes disponíveis para serem leiloados. As propostas podem ser feitas no site da Receita.

Publicados

Geral

São 35 lotes disponíveis para serem leiloados.
As propostas podem ser feitas no site da Receita.

Mercadorias podem ser vistas pelos interessados na Receita Federal (Foto: Divulgação/Receita Federal)

Mercadorias podem ser vistas pelos interessados na Receita Federal (Foto: Divulgação/Receita Federal)

Fonte-G1 AC

O leilão eletrônico da Receita Federal no Acre para mercadorias apreendidas fica aberto até o dia 27 de novembro. Pessoas jurídicas e físicas podem participar.

Serão oferecidos, ao todo, 35 lotes contendo diversos tipos de mercadorias, como artigos de informática, pneus e veículos.

As propostas podem ser feitas através dosite da Receita, na opção ‘Sistema de Leilão Eletrônico’ até às 18h do dia 27, no horário oficial de Brasília. Os lotes podem ser visitados na Delegacia da Receita Federal em Rio Branco, na rua Marechal Deodoro, 340, centro.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Todas as Rolinhas estão convidadas a sair do trevo em Brasiléia

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Geral

Pelo segundo ano, procissão de São Sebastião é substituída por carreata em Xapuri devido à pandemia

Publicados

em

Fiéis celebram o dia de São Sebastião, padroeiro de Xapuri no AC com carreata — Foto: Maria Eduarda/Arquivo pessoal

Devido o aumento dos casos de Covid-19 no Acre, a Paróquia de Xapuri, no interior do Acre, substituiu a tradicional procissão que celebra a festa do padroeiro do município, São Sebastião, por uma carreata.

“Vamos optar por fazer uma grande carreata, porque vêm muitas pessoas e não queremos ser responsáveis pela disseminação do vírus, então, optamos por fazer a carreata”, disse o pároco da cidade, padre Antônio Menezes.

Conforme o boletim diário da Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre), no mês de janeiro foram registrados mais de 3 mil casos de Covid-19, sendo que nessa quarta-feira (19), foi o recorde desde o início da pandemia, com 1.172 casos positivos.

As celebrações do padroeiro começaram ainda no dia 12 deste mês e encerram nesta quinta-feira (20), com a carreata. Ao longo dos últimos dias foram feitas missas e quermesse.

Em 2021, a festa também ocorreu apenas com a carreata. Este é o segundo ano em que a procissão é substituída. O padre ressalta que é importante que a celebração aconteça porque é uma forma de os fieis cultivarem a fé, que também é um refúgio no momento de pandemia.

Leia Também:  Haitiana morre com tuberculose em Rio Branco, segundo governo

“O ser humano é perpassado pela esperança, nada pode nos limitar e o Espírito Santo vai agir, hoje, através dessa carreata. Não vamos andando, mas vamos de carro e estamos felizes porque, graças a Deus, tudo está acontecendo dentro dos conformes, todo mundo se precavendo e participando. Mesmo em tempo de pandemia, estamos fazendo uma linda festa, não podemos fazer a procissão, mas não deixamos de celebrar”, acrescentou.

Durante os dias de novenário, o padre informou que o movimento com presença dos fieis chegou a dobrar, e passou de 200 para até 400 pessoas durante os encontros que ocorreram diariamente em vários horários.

Além disso, o padre pontuou que foram respeitados os protocolos de segurança e prevenção contra a Covid-19.

“Estamos usando máscaras, álcool em gel, a quermesse fora e não dentro do salão paroquial para ser em espaço aberto. Estamos nos precavendo e, claro, se for preciso a gente suspender [a presença de público] e ser uma festa on-line vamos cumprir. Queremos cumprir todos os decretos possíveis e estamos rezando que São Sebastião, que é o patrono e grande defensor das festas, nos proteja. Cremos que ele vai fazer o melhor por nós”, explicou quando a festa foi lançada. Por G1 Acre.

Leia Também:  Mulher compartilha fotos de casal fazendo sexo e é condenada pela Justiça

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Em meio a maior crise do sistema de transporte coletivo dos últimos tempos, a população de Rio Branco vive um dilema e acorda todo dia sem saber se terá ônibus passando em sua região. O prefeito Tião Bocalom tentou amenizar o problema repassando R$ 2 milhões e quatrocentos mil para as empresas quitar os débitos com empregados, acordo não cumprido e que foi um dos motivos para a intervenção no setor.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA