Geral

Professor diz que teve casa invadida por policiais civis em Rio Branco

Caso ocorreu na manhã desta sexta-feira (12), no bairro Novo Calafate. Corregedoria da Polícia Civil diz que já tem conhecimento do caso.

Publicados

Geral

Caso ocorreu na manhã desta sexta-feira (12), no bairro Novo Calafate. Corregedoria da Polícia Civil diz que já tem conhecimento do caso.

O professor da rede pública de ensino do Acre, Edilaudo Rocha, disse que teve a casa invadida por policiais civis na manhã desta sexta-feira (12), no bairro Novo Calafate, em Rio Branco. Segundo ele, os policiais estavam sem mandado de busca e apreensão e disseram que procuravam por produtos de roubo. “Nada foi encontrado”, afirma.

A Corregedoria da Polícia Civil informou que já está acompanhando o caso e que o corregedor deve ir até à residência do professor ainda nesta sexta (12). O servidor público alega que vai entrar com uma ação por danos morais contra o Estado.

“O sentimento é de impotência diante de uma situação dessa. Estou indo fazer um boletim de ocorrência e já acionei o advogado para tomar as providências. É difícil lutar contra uma turma dessa sozinho, mas eles invadiram uma casa de um cidadão de bem, sem nenhum mandado, apenas com um alicate para cortar o cadeado”, desabafa.

Leia Também:  Justiça Volante atendeu mais de 120 acidentes de trânsito em setembro

Ele conta que no momento da abordagem policial só estava sua ex-mulher na residência e o portão estava fechado. Rocha diz que os policiais arrombaram o portão e a ex-mulher foi obrigada a abrir a porta de casa.

“Eles estavam em dois carros. Uma média de oito policiais. Estavam todos armados, adentraram na casa e vasculharam tudo. Ela ficou assustada na hora, não sabia o que fazer. Não tem produto de roubo na minha casa, tudo que tem aqui é simples e tem nota fiscal”, diz.

Professor diz que policiais civis invadiram sua casa sem mandado de busca na manhã desta sexta (12) (Foto: Arquivo pessoal)

Professor diz que policiais civis invadiram sua casa sem mandado de busca na manhã desta sexta (12) (Foto: Arquivo pessoal)

Iryá Rodrigues Do G1 AC

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Procon do Acre prestará serviços de fiscalização e educação durante a Expoacre

Publicados

em

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AC) irá oferecer os serviços de atendimento, educação e fiscalização durante toda a Expoacre 2022, que será realizada entre sábado, 30, e domingo, 7, no Parque de Exposições de Rio Branco.

Para a tarefa, foram definidos os seguintes formatos de atendimento: o presencial, no Box 06 do Galpão Institucional, onde serão realizadas aberturas de reclamações, agendamento para atendimentos na OCA e orientações.

Já o atendimento em educação para o consumo será realizado de forma presencial, em uma tenda localizada na área externa do galpão, onde serão fornecidas orientações em diversos temas e distribuídas publicações de Códigos de Defesa do Consumidor e cartilhas.

A equipe de fiscalização irá atuar em todos os estabelecimentos da feira, e, excepcionalmente nos dias de show e nos horários do evento, fazendo o acompanhamento dos serviços ofertados aos consumidores, como a venda de ingressos, produtos e serviços em geral.

Segundo a diretora-presidente do Procon-AC, Alana Albuquerque, um evento de grande porte como a Expoacre, que movimenta o comércio e oferece um vasto leque em prestação de serviços, demanda atenção e atuação do órgão de defesa do consumidor, tanto em caráter informativo quanto fiscalizador.

Leia Também:  Justiça garante que servidora comissionada seja reintegrada ao cargo até o quinto mês pós parto

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA