RIO BRANCO

Geral

“Porta Está Aberta”, Diz Papa Sobre Fim Do Celibato De Padres

Revelação foi feita a jornalistas durante voo de volta ao Vaticano. Francisco disse, contudo, que discutir a questão não é a prioridade de seu papado

Publicados

Geral

Revelação foi feita a jornalistas durante voo de volta ao Vaticano. Francisco disse, contudo, que discutir a questão não é a prioridade de seu papado

REDAÇÃO ÉPOCA, COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS
Papa Francisco

Papa Francisco

 
No voo de volta para casa, após viagem de três dias à Terra Santa, papa Francisco surpreendeu jornalistas a bordão do avião ao falar sobre o polêmico celibato obrigatório para padres católicos. “Por não ser um dogma da fé, a porta sempre está aberta” para discutir a questão, disse ele.  

“A Igreja católica tem padres casados. Católicos gregos, católicos coptas, existem no rito oriental. Não é um debate sobre um dogma, mas sobre uma regra de vida, que eu aprecio muito e que é um presente para a Igreja”, afirmou Francisco. Ele disse que apesar de estar aberto a discutir o assunto, o tema não é prioridade de seu papado. ”Neste momento há outros temas sobre a mesa”.

A pergunta do jornalista sobre o fim do celibato para sacerdotes foi motivada por uma carta pública endereçada a Francisco,escrita por 26 amantes de padres.

Leia Também:  Morre pai de Homem que se acorrentou em frente de Hospital para cobrar cateterismo para o Pai

Na carta, elas pedem ao papa que coloque fim ao celibato sacerdotal obrigatório para que possam se casar com eles. ”Sabe-se muito pouco do sofrimento devastador a que uma mulher que se apaixona fortemente por um padre está submetida. Queremos, com humildade, por a seus pés nosso sofrimento para que algo possa ser mudado (…) para o bem de toda a Igreja”, diz um trecho da carta. Para as autoras da mensagem, se o celibato sacerdotal fosse opcional, os padres passariam a servir à Igreja Católica com uma paixão ainda maior e deixariam a vida de clandestinidade, “com a frustração de um amor incompleto”.

No início do cristianismo, o celibato clericalnão era obrigatório. Foi institucionalizado durante a Idade Média, justificado principalmente por uma questão econômica – não interessava à Igreja ver suas riquezas repartidas como herança aos filhos dos padres; e também social, a fim de que os sacerdotes se dedicassem total e exclusivamente à Igreja. Atualmente, o diaconado permanente é o único grau do sacramento do clero no qual é permitido casar.

Leia Também:  Игровые автоматы

Tolerância zero à pedofilia

Durante o voo, Francisco também falou sobre casos de pedofilia dentro da Igreja. Ele diz que abusos a menores por parte de religiosos não serão tolerados. “Deve haver tolerância zero.” Segundo Francisco, um sacerdote que comete esse tipo de ato contra menores “trai o corpo do Senhor”.  

“Não há privilégios neste assunto dos menores”, afirmou o papa, que no último mês de abrilpediu perdão pela primeira vez em nome da Igreja Católica pelos casos de religiosos envolvidos em abusos contra crianças. O pontífice anunciou ainda que celebrará uma missa na semana que vem no Vaticano com a presença de oito vítimas de pedofilia.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Geral

Policial militar feminina do 8° Batalhão de Sena Madureira concluí curso de negociador policial no Estado do Espírito Santo

Publicados

em

A 1° Tenente da Polícia Militar Ivanise Pontes, atualmente lotada no 8° Batalhão PM, situado em Sena Madureira, concluiu no Estado do Espírito Santo, o curso de Negociador Policial. As atividades ocorreram entre os meses de setembro e outubro.

O VI Curso de Negociação Policial foi realizado pelo Batalhão de Missões Especiais da Polícia Militar do Espírito Santo (BME), tendo início no dia 20 de setembro e conclusão em 20 de outubro. Participaram do curso polícias de vários Estados da federação.

O processo seletivo para o curso ocorreu em três etapas distintas: teste de fluência, teste de elevação do estresse e entrevista pessoal, processo esse que buscou avaliar as condições necessárias para se buscar elementos da tropa com o perfil desejado para se formar um negociador policial. A Tenente Ivanise Pontes é a segunda operadora de segurança do Estado a formar-se em um Curso de Negociação Policial, sendo a primeira mulher.

A Tenente Ivanise falou sobre a experiência e o curso. “O VI Curso de Negociação Policial buscou despertar em cada aluno a necessidade de sermos treinados para lidar com os mais diversos ambientes estressantes e com vidas em jogo. Propiciou experiências únicas de confronto dos conhecimentos teóricos com as simulações da vida real. Sem dúvida, estaremos muito mais capacitados para atender ocorrências de crises policiais e assim, prestar um atendimento de excelência à sociedade acreana”.

Leia Também:  Polícia Militar e Detran realizam blitz na fronteira e retém mais de 100 veículos

O Comandante Geral da PMAC, Cel Paulo, destacou a importância desta capacitação para a Polícia Militar e para o Estado. “Com a capacitação realizada pela Tenente Ivanise, ela será a única Negociadora Policial do Estado. Estávamos sem um policial na ativa com esta formação, que é de suma importância, especialmente em ocorrências complexas que envolvam reféns, artefatos explosivos e suicídios. Parabenizo a Tenente por se tornar a primeira Negociadora Policial Feminina no Estado, e enfatizo que a Capacitação profissional de nossos policiais tem sido um dos principais investimentos que o Governo do Estado tem feito para melhorar a oferta de segurança pública a sociedade acreana.”

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Leia Também:  Com 40 bairros atingidos por águas de igarapés após enxurrada, Rio Branco declara emergência

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA