Geral

Polícia apreende mais 11 jabutis-tingas vivos e 25 kg de carne de caça em Cruzeiro do Sul

Apreensão desta terça (16) ocorreu no bairro da Lagoa, em Cruzeiro do Sul. No domingo, PM tinha apreendidos 720 quilos de carne de calça e 83 jabutis vivos.

Publicados

Geral

Apreensão desta terça (16) ocorreu no bairro da Lagoa, em Cruzeiro do Sul. No domingo, PM tinha apreendidos 720 quilos de carne de calça e 83 jabutis vivos.

Mais carne de caça e jabutis vivos foram a apreendidos em Cruzeiro do Sul. Nesta terça-feira, a Polícia Federal do Acre (PF-AC), apreendeu cerca de 25 quilos de carne de animais silvestres e 11 jabutis-tingas vivos.

Essa é a segunda apreensão na região em dois dias. No domingo (14), a Polícia Militar conseguiu interceptar um carro que vinha de Guajará (AM) com 720 quilos carne de animais silvestres, 83 jabutis e um filhote de anta.

Dois homens foram presos e afirmaram que venderiam a carne e os animais na cidade.

Apreensão desta terça

Uma denúncia anônima também ajudou a PF-AC a apreender a carne e os animais nesta terça. Os policiais foram até uma casa do bairro Lagoa e encontraram o lugar onde eram comercializados os animais.

A polícia diz que encontrou ainda duas balanças de precisão, usadas para pesar a carne e o animal, caixas de isopor, além de outros objetos usados no preparo e transporte da carne.

Leia Também:  Araújo deve pagar cerca de R$ 4 mil a cliente por constrangimento

Após o flagrante, dois homens foram levados para a Delegacia da Polícia Federal. A carne e os animais vivos foram levados para o Instituto do Meio Ambiente do Acre (Imac).

Do G1 Acre

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Procon do Acre prestará serviços de fiscalização e educação durante a Expoacre

Publicados

em

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AC) irá oferecer os serviços de atendimento, educação e fiscalização durante toda a Expoacre 2022, que será realizada entre sábado, 30, e domingo, 7, no Parque de Exposições de Rio Branco.

Para a tarefa, foram definidos os seguintes formatos de atendimento: o presencial, no Box 06 do Galpão Institucional, onde serão realizadas aberturas de reclamações, agendamento para atendimentos na OCA e orientações.

Já o atendimento em educação para o consumo será realizado de forma presencial, em uma tenda localizada na área externa do galpão, onde serão fornecidas orientações em diversos temas e distribuídas publicações de Códigos de Defesa do Consumidor e cartilhas.

A equipe de fiscalização irá atuar em todos os estabelecimentos da feira, e, excepcionalmente nos dias de show e nos horários do evento, fazendo o acompanhamento dos serviços ofertados aos consumidores, como a venda de ingressos, produtos e serviços em geral.

Segundo a diretora-presidente do Procon-AC, Alana Albuquerque, um evento de grande porte como a Expoacre, que movimenta o comércio e oferece um vasto leque em prestação de serviços, demanda atenção e atuação do órgão de defesa do consumidor, tanto em caráter informativo quanto fiscalizador.

Leia Também:  Sobe para quatro o número de policiais penais diagnosticados com Covid-19 no Acre, diz Iapen

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA