RIO BRANCO

Geral

Peste Suína Clássica e Peste Suína Africana: Seminário realizado em Brasileia e Epitaciolândia aborda doenças em suínos

Publicados

Geral

Seminário realizado em Brasileia e Epitaciolândia aborda doenças em suínos – Foto: Assessoria/Idaf

Assessoria – A suinocultura é uma atividade de grande importância econômica, assim como para a subsistência de produtores rurais. Casos recentes de Peste Suína Africana na República Dominicana e Haiti ligaram o alerta das autoridades brasileiras, fazendo com que Ministério da Agricultura publicasse um Plano Integrado de Vigilância de Doenças de Suínos para a prevenção da entrada desta enfermidade no Brasil.

O governo do Acre, por meio do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf), também atento a essa necessidade, realizou a segunda edição do Seminário de Doenças em Suínos.

O seminário aconteceu entre os dias 20 e 24 de setembro, nos municípios de Brasileia e Epitaciolândia e teve a finalidade de instruir, treinar e atualizar os médicos veterinários responsáveis pela Unidades Veterinárias Locais – UVL de municípios onde a suinocultura é expressiva e/ou necessitem de uma atenção maior em relação a Peste Suína Clássica e Peste Suína Africana.

A realização do evento contou também com a colaboração do Ministério da Agricultura Mapa – Foto: Assessoria Idaf

Leia Também:  Operação integrada coíbe crimes ambientais na Transacreana

A realização do evento contou também com a colaboração do Ministério da Agricultura – Mapa/SFA-AC, Ministério Público Estadual – MPAC, Universidade Federal do Acre, do frigorífico de Suínos Don Porquito e teve também a participação de técnicos do Senasag – Órgão de Defesa Agropecuária da Bolívia.

O Idaf vem realizando medidas de vigilância para prevenir que não haja a incidência da Peste Suína Africana no estado. A comunicação em saúde é uma forma de propagar informação sobre as formas de prevenção dessa infecção, informando viajantes que ingressam no Acre pelos aeroportos e postos de fronteiras.

O Estado do Acre é reconhecido internacionalmente pela Organização Mundial de Saúde Animal – OIE, como Área Livre de Peste Suína Clássica (PSC) e também não apresenta casos de Peste Suína Africana (PSA), o que reforça ainda mais a necessidade do preparo do quadro técnico do Instituto para o constante monitoramento e prevenção.

A comunicação em saúde é uma forma de propagar informação sobre as formas de prevenção dessa infecção – Foto: Assessoria Idaf

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Major Rocha, participou, representando o Governo do Acre, da abertura do Seminário Regional Etnodesenvolvimento e Sustentabilidade, promovido pela Secretaria de Governo da Presidência da República e Fundação Nacional do Índio (Funai). ‌Ofertar aos povos indígenas a oportunidade de decidir o próprio futuro parece simples? Pelo contrário, graças ao massivo discurso de desenvolvimento sustentável que no Acre ganhou novas tonalidades com a “Florestania” dava-se a entender que tudo que era feito pelos governos era decidido pelas comunidades, mas nada passava, segundo eles, de opções diante dos caminhos expostos.

Leia Também:  Jovens contra a redução da maioridade penal fazem encontro

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Policial militar feminina do 8° Batalhão de Sena Madureira concluí curso de negociador policial no Estado do Espírito Santo

Publicados

em

A 1° Tenente da Polícia Militar Ivanise Pontes, atualmente lotada no 8° Batalhão PM, situado em Sena Madureira, concluiu no Estado do Espírito Santo, o curso de Negociador Policial. As atividades ocorreram entre os meses de setembro e outubro.

O VI Curso de Negociação Policial foi realizado pelo Batalhão de Missões Especiais da Polícia Militar do Espírito Santo (BME), tendo início no dia 20 de setembro e conclusão em 20 de outubro. Participaram do curso polícias de vários Estados da federação.

O processo seletivo para o curso ocorreu em três etapas distintas: teste de fluência, teste de elevação do estresse e entrevista pessoal, processo esse que buscou avaliar as condições necessárias para se buscar elementos da tropa com o perfil desejado para se formar um negociador policial. A Tenente Ivanise Pontes é a segunda operadora de segurança do Estado a formar-se em um Curso de Negociação Policial, sendo a primeira mulher.

A Tenente Ivanise falou sobre a experiência e o curso. “O VI Curso de Negociação Policial buscou despertar em cada aluno a necessidade de sermos treinados para lidar com os mais diversos ambientes estressantes e com vidas em jogo. Propiciou experiências únicas de confronto dos conhecimentos teóricos com as simulações da vida real. Sem dúvida, estaremos muito mais capacitados para atender ocorrências de crises policiais e assim, prestar um atendimento de excelência à sociedade acreana”.

Leia Também:  Casa de Chico Mendes volta a ser um dos locais mais visitados em Xapuri

O Comandante Geral da PMAC, Cel Paulo, destacou a importância desta capacitação para a Polícia Militar e para o Estado. “Com a capacitação realizada pela Tenente Ivanise, ela será a única Negociadora Policial do Estado. Estávamos sem um policial na ativa com esta formação, que é de suma importância, especialmente em ocorrências complexas que envolvam reféns, artefatos explosivos e suicídios. Parabenizo a Tenente por se tornar a primeira Negociadora Policial Feminina no Estado, e enfatizo que a Capacitação profissional de nossos policiais tem sido um dos principais investimentos que o Governo do Estado tem feito para melhorar a oferta de segurança pública a sociedade acreana.”

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Leia Também:  Criminosos incendeiam ônibus no Segundo Distrito de Rio Branco

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA