RIO BRANCO

Geral

Pai volta atrás e não permite aborto de filha grávida aos dez anos em Tarauacá

Publicados

Geral

Caso foi denunciado pela vereadora Janaína Furtado, da Rede — Foto: Reprodução

O pai de uma menina que engravidou aos dez anos e que foi levada a uma maternidade de Cruzeiro do Sul, para fazer um aborto não autorizou a interrupção da gestação.

O diretor do hospital Sul, Rafael Gomes, disse que a garota, que está grávida de cinco meses, deu entrada na unidade de saúde com o pai. Mas, depois de três dias de conversa com a equipe médica, o homem voltou atrás e não quis que a filha fizesse a cirurgia. Ainda não se sabe quem engravidou a menina.

O caso surpreendeu os médicos e está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar, pelo Tribunal de Justiça e pelo Ministério Público do Acre (MP-AC). A investigação é da Polícia Civil de Tarauacá, cidade onde a menina vive com o pai e uma irmã.

O Conselheiro Tutelar de Tarauacá, Antônio de Souza Castro, disse que o pai da menina assinou o documento autorizando o aborto, mas depois teria relatado que foi forçado a assinar. “Ele não foi forçado, ele foi orientado dos riscos e levou 24 horas para assinar esse documento, por isso que deu esse protocolo, essa demora, ele não queria assinar no primeiro dia.”

Leia Também:  Foto de menina de 4 anos tomando cerveja causa polemica na Internet.

A reportagem conseguiu contato com o pai da criança.

“Conversamos com ele [o pai da menina], que passou pela nossa equipe multidisciplinar, composta por assistente social, psicóloga, médico ginecologista e, então, ele desistiu de fazer o aborto legal. Foi dada assistência a essa criança, que tem realmente dez anos, e ao bebê que ela espera”, disse o diretor do hospital.

Rafael afirmou ainda que a menina passou por exames médicos que constataram que ela e o bebê também estão bem de saúde.

“Demos assistência específica para ela e encaminhamos novamente para Tarauacá, com a condição de que ela seja acompanhada, tanto na parte da atenção primária, quanto na atenção secundária até ela completar as 34 semanas”, disse Gomes.

O diretor da maternidade explicou que, como a menina é muito nova, a opção nesses casos é que o bebê seja retirado antes de a gravidez chegar a 41 semanas.

“Ela, com 34 semanas, deve retornar para Cruzeiro do Sul para que a gente possa fazer a cirurgia cesária, e tentar fazer com que aconteça tudo da melhor forma possível. Como ela tem uma idade bem inferior à de outras grávidas, até mesmo para a gente ter uma segurança maior para a criança e para o bebê que ela espera, o procedimento deve ser esse,” esclareceu.

Leia Também:  Motoboys buscam auxílio do governo para profissionalizar categoria

A história veio à tona depois de uma postagem da vereadora de Tarauacá Janaína Furtado (Rede). “Estarei acompanhando o desfecho desse caso que só nos entristece”, escreveu ela.

O delegado do município, Cleber Gnatta, disse que não vai comentar o assunto por se tratar de estupro de vulnerável. Do G1 Acre

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Todos por Manu: Mãe desesperada pede ajuda para custear exame para a filha que sofre de microcefalia

Publicados

em

A servidora da prefeitura de Epitaciolândia, Evanda Oliveira do Nascimento, vem a público pedir a contribuição de todos para juntos custear o exame Painel de Síndromes Clinicamente Reconhecíveis para a filha Emanuelly Vitória que sofre de microcefalia.

O Painel de Síndromes Clinicamente Reconhecíveis oferece ao geneticista clínico uma ferramenta para a rápida confirmação molecular de diagnósticos clínicos comuns que Manu precisa fazer com uma certa urgência.

Lamentavelmente, a família não dispõe de condições financeiras para pagar o exame, haja vista que, Evanda é mãe solo, tem outros filhos para sustentar e por esse motivo pede ajuda financeira para que Emanuelly possa fazer o exame que custa o valor de R$ 6.600,00 (seis mil e seiscentos reais).

Abaixo consta os dados bancários de Evanda

Pix: 765.617.122-34 (CPF em nome de Evanda Oliveira do Nascimento)

Conta: 19.546-4

Agência: 3952-7

Banco do Brasil

E Veja Também no 3 de Julho Acre 24 Horas

Veja o Vídeo Abaixo: A leseira dessa turma da potoca parece não ter limites e também falta a eles conhecimento da minha história no Amapá. No contra-ataque de hoje, vai uma aula sobre minha vida no Amapá. Do Santina Rioli, passando pelo CCA e pela UNIFAP até os dias como professor e parlamentar. Criei raízes no antigo bairro da Favela, hoje Santa Rita, onde moro até hoje. Mas essas e tantas outras coisas são ignoradas pelos que vivem da mentira. Já a gente, compartilha a verdade.

Leia Também:  Governo debate estratégias à prevenção e combate ao crime

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA