RIO BRANCO

Geral

Operação “Polícia no Coletivo” é realizada na região da Baixada, em Rio Branco

Segundo o Comandante Geral da PMAC, coronel Júlio César, a operação será estendida a outras regionais da capital.

Publicados

Geral

Segundo o Comandante Geral da PMAC, coronel Júlio César, a operação será estendida a outras regionais da capital.

 Saimon Coelho – PMAC 

segundo-o-comandante-geral-da-pmac

O 3° Batalhão de Polícia Militar intensificou as atividades de repressão ao crime na área da baixada com diversas operações, dentre elas a "Polícia no Coletivo."

"Temos notado um aumento de delitos no interior dos coletivos e iremos combater esta prática criminosa." Finalizou o comandante.

A operação tem o objetivo de reduzir a incidência de delitos no interior dos ônibus e coibir possíveis ações de criminosos, além de transmitir a sensação de segurança aos passageiros.

Durante a ação militar, as guarnições embarcam nos ônibus das linhas de maior ocorrências de furtos, roubos e outros delitos. Além do policiamento ostensivo, os policiais buscam identificar e retirar de circulação foragidos do sistema prisional.

segundo-o-comandante-geral-da-pmac-1

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Corpo de Bombeiros forma primeira turma do Curso de Pilotagem Operacional de Embarcações

Propaganda

Geral

Poder Judiciário do Acre retoma plantão extraordinário com 30% da força de trabalho

Publicados

em

Portaria Conjunta Nº 5/2022 institui novas medidas administrativas para afastar a propagação do vírus neste momento – Foto Reprodução

Nesta segunda-feira, 17, a presidência do Tribunal de Justiça juntamente com a Corregedoria-Geral da Justiça tornou pública a Portaria Conjunta n° 5/2022, determinando a redução do quantitativo de servidores e colaboradores em regime presencial da instituição até o dia 24 de janeiro.

Deste modo, está autorizada a retomada do trabalho remoto e atuação, por meio de escala de revezamento, do trabalho presencial com no máximo 30% dos integrantes de cada setor, excetuando os casos em que se observe prejuízos aos serviços prestados pela unidade.

A medida considerou o aumento progressivo no número de casos de Covid-19 em todo o estado, principalmente nas últimas semanas, assim como o teor da Portaria GDG Nº 4, de 08 de janeiro de 2022, em que o Supremo Tribunal Federal autoriza a adoção do regime de teletrabalho excepcional ou, na impossibilidade, que se promova escala de revezamento para os servidores e colaboradores.

Leia Também:  Esporte tem 3 nomes eleitos: veja as vitórias nas urnas.

Assim, a gestão decidiu manter a política instaurada desde o início da pandemia para o resguardo e segurança à saúde dos magistrados e magistradas, servidores e servidoras, estagiários e estagiárias, todas e todos terceirizados e público externo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA