Geral

Na Alemanha, idoso é condenado por guardar tanque nazista e armas da II Guerra no porão

Publicados

Geral

Muita gente guarda coisas estranhas no porão, mas um idoso na Alemanha passou dos limites. O homem de 84 anos armazenava em casa nada menos do que um tanque Panther usado pelo exército nazista durante a Segunda Guerra Mundial. Como a posse de armas de guerra é ilegal no país, ele acabou sentenciado a uma pena de 14 meses de prisão (que deve ser cumprida em liberdade), além de receber uma multa de € 250 mil (cerca de R$ 1,5 milhão).

Arsenal e parafernália nazista

Além do tanque, o idoso guardava uma arma antiaérea de calibre 88mm, um torpedo, um morteiro, metralhadoras, rifles de assalto e mais de mil cartuchos de munição. Esse verdadeiro arsenal foi encontrado durante uma busca realizada na propriedade dele em 2015. Uma denúncia anônima de que ele guardava obras de arte roubadas durante a Segunda Guerra levou as autoridades até o local.

Em sua defesa, o homem alegou que havia comprado o tanque de 40 toneladas na Inglaterra como “sucata”. Os advogados do idoso ainda usaram o argumento de que o equipamento não tinha condições de uso, pois não tinha mais esteiras. Mas o júri não se convenceu e agora ele acaba de ser considerado culpado de violação da lei de controle de armas de guerra.

Leia Também:  PM apreende menor vendendo droga na Conquista, em Rio Branco

O idoso também mantinha em casa uma série de artefatos nazistas. Entre eles, estava um busto de Hitler, manequins usando uniformes do Terceiro Reich, pingentes de suástica, lâmpadas em forma de SS e a estátua de um guerreiro nu segurando uma espada. O monumento, que chegou a decorar a chancelaria de Hitler em Berlim, é de autoria de Arno Breker, escultor favorito do führer. Com informações de Business Insider e Gizmodo / Imagem: Jean-Pol Grandmont, via Wikimedia Commons.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O município de Bujari se Limita ao norte com o Amazonas, ao sul com o município de Rio Branco, a leste com o município de Porto Acre e a oeste com o município de Sena Madureira. Sua área é de 3.467,681 km², com uma densidade demográfica (hab/km²) de 3,00 , sendo que em 2010 possuía um IDHM de 0,589.

Leia Também:  mulher com seios GGG ganha muito dinheiro

O município de Bujari originou-se no início de 1968/1969, por remanescentes indígenas que se integraram a sociedade ali instalada, com a construção da BR 364, trecho Rio Branco/Sena Madureira. Povoado elevado à categoria de Vila, em 1986. Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Bujari, pela Lei Estadual nº 1031, de 28 de abril de 1992, alterado pela Lei Estadual nº 1066, de 9 de dezembro de 1992, que o desmembrou de Rio Branco, assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Procon do Acre prestará serviços de fiscalização e educação durante a Expoacre

Publicados

em

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AC) irá oferecer os serviços de atendimento, educação e fiscalização durante toda a Expoacre 2022, que será realizada entre sábado, 30, e domingo, 7, no Parque de Exposições de Rio Branco.

Para a tarefa, foram definidos os seguintes formatos de atendimento: o presencial, no Box 06 do Galpão Institucional, onde serão realizadas aberturas de reclamações, agendamento para atendimentos na OCA e orientações.

Já o atendimento em educação para o consumo será realizado de forma presencial, em uma tenda localizada na área externa do galpão, onde serão fornecidas orientações em diversos temas e distribuídas publicações de Códigos de Defesa do Consumidor e cartilhas.

A equipe de fiscalização irá atuar em todos os estabelecimentos da feira, e, excepcionalmente nos dias de show e nos horários do evento, fazendo o acompanhamento dos serviços ofertados aos consumidores, como a venda de ingressos, produtos e serviços em geral.

Segundo a diretora-presidente do Procon-AC, Alana Albuquerque, um evento de grande porte como a Expoacre, que movimenta o comércio e oferece um vasto leque em prestação de serviços, demanda atenção e atuação do órgão de defesa do consumidor, tanto em caráter informativo quanto fiscalizador.

Leia Também:  Apostador de Rio Branco ganha quase R$ 6 milhões na Mega da Virada

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA