RIO BRANCO

Geral

Mulher faz noivo passar por detector de mentiras toda vez que sai de casa

Homem é proibido de assistir programas de televisão com mulheres ou ver revistas

Publicados

Geral

Homem é proibido de assistir programas de televisão com mulheres ou ver revistas

Não se sabe se ela é mais gorda ou mais ciumenta

Não se sabe se ela é mais gorda ou mais ciumenta

Uma mulher completamente paranoica foi diagnosticada com uma doença rara por conta de sua síndrome de ciúmes. Ela proíbe o namorado de realizar quaisquer atividades comuns, mesmo não sendo nenhuma ameaça contra sua fidelidade.

Debbi Wood, de 42 anos, verifica diariamente as ligações no celular de Steve Wood, de 30 anos. Ela também confere seu email, contas e extratos bancários várias vezes no mesmo dia. Os dois começaram a namorar em 2011, ao se conhecerem por meio de um amigo em comum. O rapaz ainda é proibido de ver mulheres na televisão ou em fotos de revistas.

Os médicos descobriram que a mulher sofre de síndrome de Otelo, um transtorno psiquiátrico que faz com que pessoas acreditem que seus parceiros são infiéis mesmo sem nenhuma evidência. Debbi ficou aliviada por saber o que tinha de errado com ela. Segundo ela, se o namorado sai por 15 minutos para comprar leite, ela o faz passar por um teste num detector de mentiras assim que ele retorna a casa.

Leia Também:  Tribunal de Justiça negou o pedido de candidato ao cargo de agente policial, condenado por violência doméstica

A mulher viveu por dez anos nos EUA, mas retornou à Grã-Bretanha após a relação com o antigo marido terminar. Ela ficou arrasada com o fato, e jurou nunca mais entrar em outro relacionamento. Ela vive atualmente na Escócia, e encontrou o noivo por meio de um amigo pelo Facebook um ano depois. Eles trocaram mensagens por várias semanas, quando ela resolveu viajar até Londres para conhecê-lo.

“Eu sabia que estava destinada a entrar em um novo relacionamento quando trocamos nosso primeiro beijo em Londres. Eu não queria me apaixonar novamente depois do meu último relacionamento, mas Steve roubou meu coração”, contou Debbi.

Eles começaram a fazer planos para morarem juntos, mas ela descobriu que o namorado estava vendo outra garota durante o tempo que se conheceram. “Ele disse que não sabia que estávamos em um relacionamento sério por conta da distância, e eu o perdoei, mas comecei a duvidar se ele poderia ou não ser fiel”, afirmou.

Não se sabe se ela é mais gorda ou mais ciumenta

A mulher também sofre de transtorno bipolar, e afirmou que seus ciúmes pioraram depois que o casal começou a morar junto. Ela colocou filtros à prova de criança em seu notebook e celular, a fim de conferir se ele estaria olhando fotos explícitas de mulheres. Também o proibiu de assistir programas de TV que tivessem mulheres.

Leia Também:  Xapuri: Juíz mantém condenação de réus presos com cocaína em ramal

“Coloquei Steve em várias situações, mas ele ficou ao meu lado mesmo assim. Sei que ele é o homem certo para mim.”

Steve comenta que fica nervoso com os resultados do teste do detector de mentiras, mas reza para que ela acredite nele. “Estou disposto a fazer o teste, porque sei que somos almas gêmeas. Ela é tão especial para mim, um pouco de ciúme aqui e ali não vai mudar isso”, concluiu.

Fonte: TechMestre

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Geral

Poder Judiciário do Acre retoma plantão extraordinário com 30% da força de trabalho

Publicados

em

Portaria Conjunta Nº 5/2022 institui novas medidas administrativas para afastar a propagação do vírus neste momento – Foto Reprodução

Nesta segunda-feira, 17, a presidência do Tribunal de Justiça juntamente com a Corregedoria-Geral da Justiça tornou pública a Portaria Conjunta n° 5/2022, determinando a redução do quantitativo de servidores e colaboradores em regime presencial da instituição até o dia 24 de janeiro.

Deste modo, está autorizada a retomada do trabalho remoto e atuação, por meio de escala de revezamento, do trabalho presencial com no máximo 30% dos integrantes de cada setor, excetuando os casos em que se observe prejuízos aos serviços prestados pela unidade.

A medida considerou o aumento progressivo no número de casos de Covid-19 em todo o estado, principalmente nas últimas semanas, assim como o teor da Portaria GDG Nº 4, de 08 de janeiro de 2022, em que o Supremo Tribunal Federal autoriza a adoção do regime de teletrabalho excepcional ou, na impossibilidade, que se promova escala de revezamento para os servidores e colaboradores.

Leia Também:  Mulher coloca fogo em casa para não ter que dividir com marido na Estrada dos Periquitos

Assim, a gestão decidiu manter a política instaurada desde o início da pandemia para o resguardo e segurança à saúde dos magistrados e magistradas, servidores e servidoras, estagiários e estagiárias, todas e todos terceirizados e público externo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA