RIO BRANCO

Geral

Mulher deixa carro no Lava Jato, lavador vai dar uma voltinha e capota veículo

A proprietária não quis se identificar e estava bastante desesperada com a situação.

Publicados

Geral

A proprietária não quis se identificar e estava bastante desesperada com a situação.

A polícia foi acionada, e o lavador será conduzido à delegacia para esclarecimentos

A polícia foi acionada, e o lavador será conduzido à delegacia para esclarecimentos

No final da manhã desta quarta-feira (13), na BR-364, próximo ao Hospital das Clínicas de Rio Branco, um lavador de carro ainda não identificado saiu para da uma voltinha no carro da cliente e capotou o veículo.

Segundo informações de colegas, ele disse que iria resolver uma negócio particular rapidinho. Porém, ninguém sabia que ele sairia em algum dos carros deixado para lavagem. Minutos ficaram sabendo que ele teria capotado o carro da cliente, o veículo modelo Fiat Uno, de cor branca.

A cliente foi informada no momento do capotamento. A proprietária não quis se identificar e estava bastante desesperada com a situação. Ela informou seu carro está quitado, mas não tem seguro.

A polícia foi acionada, e o lavador será conduzido à delegacia para esclarecimentos.

A polícia foi acionada, e o lavador será conduzido à delegacia 1

Fonte: Contilnet

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Comissão convoca Sindicatos para fundação da FESPAC – Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos do Estado do Acre

Propaganda

Geral

Poder Judiciário do Acre retoma plantão extraordinário com 30% da força de trabalho

Publicados

em

Portaria Conjunta Nº 5/2022 institui novas medidas administrativas para afastar a propagação do vírus neste momento – Foto Reprodução

Nesta segunda-feira, 17, a presidência do Tribunal de Justiça juntamente com a Corregedoria-Geral da Justiça tornou pública a Portaria Conjunta n° 5/2022, determinando a redução do quantitativo de servidores e colaboradores em regime presencial da instituição até o dia 24 de janeiro.

Deste modo, está autorizada a retomada do trabalho remoto e atuação, por meio de escala de revezamento, do trabalho presencial com no máximo 30% dos integrantes de cada setor, excetuando os casos em que se observe prejuízos aos serviços prestados pela unidade.

A medida considerou o aumento progressivo no número de casos de Covid-19 em todo o estado, principalmente nas últimas semanas, assim como o teor da Portaria GDG Nº 4, de 08 de janeiro de 2022, em que o Supremo Tribunal Federal autoriza a adoção do regime de teletrabalho excepcional ou, na impossibilidade, que se promova escala de revezamento para os servidores e colaboradores.

Leia Também:  Procon orienta consumidores a efetivar denúncias durante os próximos três dias

Assim, a gestão decidiu manter a política instaurada desde o início da pandemia para o resguardo e segurança à saúde dos magistrados e magistradas, servidores e servidoras, estagiários e estagiárias, todas e todos terceirizados e público externo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA