RIO BRANCO

Geral

Justiça dos EUA libera mulher de proprietário da Telexfree, diz jornal

Presa no início do mês, Katia Wanzeler foi considerada testemunha material do processo contra a Telexfree nos EUA.

Publicados

Geral

Presa no início do mês, Katia Wanzeler foi considerada testemunha material do processo contra a Telexfree nos EUA.

Katia Wanzeler, mulher de Carlos Nataniel Wanzeler, dono da Telexfree/Foto: Reprodução/Facebook

Katia Wanzeler, mulher de Carlos Nataniel Wanzeler, dono da Telexfree/Foto: Reprodução/Facebook

mulher-telexfreeUm juiz federal em Worcester, Massachusetts, nos EUA, liberou na sexta-feira (24) a brasileira Katia Wanzeler, mulher do proprietário da Telexfree Inc., segundo fontes do jornal the Boston Globe.

A audiência teria sido encerrada e seu registro fechado de acordo com pessoas que falaram ao periódico sob condição de anonimato uma vez que o processo está em curso e é secreto.

Katia, mulher de Carlos Wanzeler, foi obrigada a ficar em Massachusetts e teve seus passaportes tomados. Katia Wanzeler foi presa no início deste mês no Aeroporto Internacional JFK, em Nova York, enquanto tentava embarcar em um voo para o Brasil. Um mandado de testemunha material havia sido expedido em seu nome, mas Wanzeler não foi acusada de qualquer delito. Carlos Wanzeler fugiu do país em abril e, acredita-se, está em sua terra natal, Brasil.

Leia Também:  Mulher dorme ao lado do cadáver na cama há 1 ano

A Telexfree, com sede em Marlborough, e seus diretores, foram acusados ​​de fraude por supostamente arrecadar mais de US$ 1 bilhão a partir de um esquema de pirâmide global. O co-proprietário da empresa, James Merrill, aguarda julgamento.

O The Boston Globe lembra que, sob a constituição do Brasil, o País não é obrigado a enviar cidadãos acusados ​​de delitos para os Estados Unidos.

Em comunicado, a US Marshals, agência federal dos EUA, ligada ao departamento de Justiça, confirmou “que Katia Wanzeler estava sob custódia da US Marshals de 15 a 23 de maio. O Serviço Marshals não divulga informações relacionadas a presos individuais, incluindo detalhes sobre o transporte de prisioneiros, para fins de segurança “.

Paul Kelly, um advogado que representa os Wanzelers, disse em um comunicado que não poderia discutir o caso. “Eu sou incapaz de comentar algo porque se trata de uma questão de júri fechado e não posso dizer mais do que já foi dito publicamente: a Sra. Wanzeler está envolvida neste processo como testemunha e não ré.”

Leia Também:  Empresa teria retirado madeira ilegal para fazer curral no Bujari

Fonte IG

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Geral

Com aumento de casos de Covid-19, visitas em presídios de Rio Branco são suspensas por 10 dias

Publicados

em

Unidades prisionais de Rio Branco estão com as visitas suspensas por 10 dias — Foto: Ana Paula Xavier/Rede Amazônica

Com o Acre enfrentando uma terceira onda de casos de Covid-19, o Instituto de Administração Penitenciária do Estado (Iapen-AC) suspendeu as visitas nos presídios de Rio Branco por dez dias ou até que até que haja uma queda no número de infectados.

O número de pessoas com Covid-19 aumentou expressivamente no estado no início deste ano. Na quinta (19), o Acre registrou 1.172 novos casos, o maior número em 24 horas desde o início da pandemia. Além da Covid, as unidades de saúde estão lotadas também de pessoas com sintomas de gripe e outras síndromes gripais.

A prefeitura da capital montou um drive-thru de testagem rápida para Covid que tem longas filas no primeiro, nesta quinta. A busca por testes em farmácias também aumentou.

Os médicos que atendem na rede básica de saúde de Rio Branco suspenderam de forma temporária a greve da categoria que já durava mais de um mês. A decisão ocorre devido à terceira onda de Covid que atinge o estado acreano com elevação de casos da doença.

Durante uma coletiva de apresentação do cenário epidemiológico do Acre, o governador Gladson Cameli disse que vai decretar situação de emergência devido ao aumento dos casos de Covid-19, no início do mês de janeiro.

Leia Também:  Escolha da realeza 2017 marca abertura do Carnaval em Rio Branco

Além disso, o governador junto com a secretária de Saúde, Paula Mariano, alertaram para a importância da vacinação como medida de proteção contra a doença e mantiveram todo estado na bandeira amarela. O Acre está na faixa de atenção desde o dia 24 de dezembro do ano passado, conforme nota divulgada pelo Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19.

Decreto

Diante desse cenário, o Iapen-AC decidiu manter apenas algumas atividades internas nas unidades prisionais de Rio Branco, como: escoltas e saídas externas já agendadas, requisições do Poder Judiciário, requisições das funções essenciais à Justiça e também requisições emergenciais.

O decreto com a suspensão foi publicado nesta quinta (20) no Diário Oficial do Acre (DOE).

“Ficam mantidos ainda os atendimentos de advogados junto aos seus clientes presos, e desde que autorizados pelos diretores das unidades prisionais, a entrega de materiais destinados às pessoas privadas de liberdade, resumindo-se estritamente e nos casos excepcionais aos materiais de higiene pessoal e comum”, diz o artigo 3º do decreto.

Cruzeiro do Sul

Em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, as visitas estão suspensas desde o dia 30 de dezembro do ano passado.

Leia Também:  Empresa teria retirado madeira ilegal para fazer curral no Bujari

Segundo o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC), ao menos 121 presos foram atendidos com sintomas gripais, quando anunciou a suspensão. Cruzeiro do Sul, assim como Rio Branco, sofre com surto de gripe. Por G1 Ac.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Em meio a maior crise do sistema de transporte coletivo dos últimos tempos, a população de Rio Branco vive um dilema e acorda todo dia sem saber se terá ônibus passando em sua região. O prefeito Tião Bocalom tentou amenizar o problema repassando R$ 2 milhões e quatrocentos mil para as empresas quitar os débitos com empregados, acordo não cumprido e que foi um dos motivos para a intervenção no setor.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA