Geral

Jovem de 20 anos vive acamado há quase um ano no Bujari após ser atingido por árvore em Rondônia

Publicados

Geral

Dioney da Silva sofreu um acidente em julho do ano passado e, desde então, vive acamado na cidade do Bujari – Foto: Arquivo pessoal

O agricultor Dioney de Oliveira da Silva, de 20 anos, vive em estado vegetativo há quase um ano após sofrer um acidente de trabalho na cidade de Vista Alegre do Abunã, em Rondônia (RO). Silva foi atingido por uma árvore no dia 30 de julho de 2021 e ficou paralítico.

Após o acidente, o rapaz ainda passou por uma cirurgia na coluna em um hospital de Rio Branco. Silva mora atualmente na cidade do Bujari, interior do Acre, vive acamado sem conseguir falar e nem reconhecer os parentes.

“Estava em uma derrubada em uma fazenda, acharam ele embaixo das árvores. Trouxeram para o Acre, foi para o pronto socorro e para sala de cirurgia. Tiraram um lado da cabeça dele, quebrou as costelas e a coluna”, lamentou Ediana Oliveira da Silva, uma das irmãs do rapaz.

Leia Também:  Polícia Militar apreende quase 10 kg de drogas no trevo de Senador Guiomard

Dioney da Silva vive sob os cuidados da mãe e de uma das irmãs. De baixa renda, a família iniciou uma campanha para comprar o suplemento alimentar do rapaz, fraldas e remédios usados para dormir. Conforme Ediana, suplemento consumido pelo agricultor custa quase R$ 70 cada lata.

A família sobrevive com o sustento de uma pensão, adquirida com a aposentadoria do rapaz. Ediana diz que o aspirador que o irmão utiliza não serve mais e ele acaba ficando com bastante secreção correndo o risco de engasgar.

“Estamos sem condições de comprar porque tudo está caro. Precisamos também de um aspirador porque ele tem uma traqueostomia”, lamentou.

A mulher destaca que a família precisa de qualquer valor em doações para ajudar a comprar os alimentos e insumos para o rapaz. “Ele não fala, não se mexe, não reconhece ninguém. Minha mãe e minha irmã que cuidam dele. O que as pessoas puderem doar será muito bem-vindo porque o que minha mãe recebe é só uma aposentadoria que não dá para muita coisa”, concluiu. Aline Nascimento, G1 Acre

Leia Também:  Cavalgada marca início da programação da Expoacre 2018

Rapaz não fala, não se mexe, não reconhece os parantes e vive em estado vegetativo – Foto: Arquivo da família

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Geral

Procon do Acre prestará serviços de fiscalização e educação durante a Expoacre

Publicados

em

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AC) irá oferecer os serviços de atendimento, educação e fiscalização durante toda a Expoacre 2022, que será realizada entre sábado, 30, e domingo, 7, no Parque de Exposições de Rio Branco.

Para a tarefa, foram definidos os seguintes formatos de atendimento: o presencial, no Box 06 do Galpão Institucional, onde serão realizadas aberturas de reclamações, agendamento para atendimentos na OCA e orientações.

Já o atendimento em educação para o consumo será realizado de forma presencial, em uma tenda localizada na área externa do galpão, onde serão fornecidas orientações em diversos temas e distribuídas publicações de Códigos de Defesa do Consumidor e cartilhas.

A equipe de fiscalização irá atuar em todos os estabelecimentos da feira, e, excepcionalmente nos dias de show e nos horários do evento, fazendo o acompanhamento dos serviços ofertados aos consumidores, como a venda de ingressos, produtos e serviços em geral.

Segundo a diretora-presidente do Procon-AC, Alana Albuquerque, um evento de grande porte como a Expoacre, que movimenta o comércio e oferece um vasto leque em prestação de serviços, demanda atenção e atuação do órgão de defesa do consumidor, tanto em caráter informativo quanto fiscalizador.

Leia Também:  Quase concluindo seu terceiro ano de mandato, Cameli tem pouco ou nada a comemorar nesse natal que se aproxima

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA