Geral

Irmão do ex-deputado do Acre é sequestrado na Bolívia

“Rosheco” foi sequestrado na cidade de Cobija e os sequestradores estariam pedindo US$ 100 mil pelo resgate do Brasileiro.

Publicados

Geral

"Rosheco" foi sequestrado na cidade de Cobija e os sequestradores estariam pedindo US$ 100 mil pelo resgate do Brasileiro.

José “Rosheco” Polanco Ribeiro de 49 anos foi sequestrado nesta terça-feira (6) na cidade de Cobija, na fronteira com Brasiléia. 

Os sequestradores estariam estão pedindo US$ 100 mil. Rosheco é irmão do ex-deputado e atualmente conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE) Ronald Polanco.

Tão logo Ronald Polanco soube da notícia do sequestro do irmão, ele teria partido e já estaria na região para apoiar a família. Em sendo verdadeira a informação do valor do resgate, os sequestradores já teriam entrado em contato com a família.

Rosheco seria empresário do ramo rural e seria o proprietário de várias fazendas na cidade de Cobija e também teria residência na cidade de Brasiléia.

Segundo informações obtidas junto às polícias brasileiras, são várias equipes de empenhadas no apoio na fronteira. As polícias se encontram em atividade tanto no lado boliviano como no lado brasileiro.

Leia Também:  Trecho da BR-364 que liga capital a Sena Madureira será revitalizado

Para a autoridade policial ouvida, os sequestros são um indicativo de aumento da pressão sobre outras formas de criminalidade, descapitalizando as quadrilhas com ação na região.

O assunto ainda está em apuração e mais informações nas próximas horas.

O deputado boliviano José “Rosheco” Polanco

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Procon do Acre prestará serviços de fiscalização e educação durante a Expoacre

Publicados

em

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AC) irá oferecer os serviços de atendimento, educação e fiscalização durante toda a Expoacre 2022, que será realizada entre sábado, 30, e domingo, 7, no Parque de Exposições de Rio Branco.

Para a tarefa, foram definidos os seguintes formatos de atendimento: o presencial, no Box 06 do Galpão Institucional, onde serão realizadas aberturas de reclamações, agendamento para atendimentos na OCA e orientações.

Já o atendimento em educação para o consumo será realizado de forma presencial, em uma tenda localizada na área externa do galpão, onde serão fornecidas orientações em diversos temas e distribuídas publicações de Códigos de Defesa do Consumidor e cartilhas.

A equipe de fiscalização irá atuar em todos os estabelecimentos da feira, e, excepcionalmente nos dias de show e nos horários do evento, fazendo o acompanhamento dos serviços ofertados aos consumidores, como a venda de ingressos, produtos e serviços em geral.

Segundo a diretora-presidente do Procon-AC, Alana Albuquerque, um evento de grande porte como a Expoacre, que movimenta o comércio e oferece um vasto leque em prestação de serviços, demanda atenção e atuação do órgão de defesa do consumidor, tanto em caráter informativo quanto fiscalizador.

Leia Também:  Procon deve fiscalizar até 30 lojas em Rio Branco durante 'Operação Volta às Aulas'

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA