RIO BRANCO

Geral

Homem é flagrado com sete jabutis e mais de 11 kg de carne de caça na BR-364, próximo de Sena Madureira

Flagrante ocorreu durante abordagem do Batalhão Ambiental na BR-364, em Sena Madureira. Homem foi levado para delegacia e assinou um TCO.

Publicados

Geral

Flagrante ocorreu durante abordagem do Batalhão Ambiental na BR-364, em Sena Madureira. Homem foi levado para delegacia e assinou um TCO.

Um homem foi levado para delegacia após ser flagrado com mais de 11 quilos de carne de caça e sete jabutis vivos durante uma fiscalização na BR-364, próximo de Sena Madureira. A ação ocorreu na tarde de domingo (7) pelo Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA).

O suspeito assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado. Ao todo, a polícia apreendeu 11,8 quilos de carne de veado e de porco do mato. Os animais estavam escondidos embaixo de sacos de farinha.

A polícia informou que o suspeito tinha saído da Reserva Extrativista Cazumbá Iracema e a abordagem ocorreu na ponte do Rio Caeté. Segundo o BPA, o homem falou que os animais eram encomendas de moradores de Sena Madureira.

A polícia faz uma ação dentro da reserva junto com o Instituto Chico Mendes (ICMBio) após uma série de denúncias anônimas sobre crimes ambientais praticados na região.

Leia Também:  Eletroacre será vendida em pacote com outras três concessionárias

Do G1 Acre

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Poder Judiciário do Acre retoma plantão extraordinário com 30% da força de trabalho

Publicados

em

Portaria Conjunta Nº 5/2022 institui novas medidas administrativas para afastar a propagação do vírus neste momento – Foto Reprodução

Nesta segunda-feira, 17, a presidência do Tribunal de Justiça juntamente com a Corregedoria-Geral da Justiça tornou pública a Portaria Conjunta n° 5/2022, determinando a redução do quantitativo de servidores e colaboradores em regime presencial da instituição até o dia 24 de janeiro.

Deste modo, está autorizada a retomada do trabalho remoto e atuação, por meio de escala de revezamento, do trabalho presencial com no máximo 30% dos integrantes de cada setor, excetuando os casos em que se observe prejuízos aos serviços prestados pela unidade.

A medida considerou o aumento progressivo no número de casos de Covid-19 em todo o estado, principalmente nas últimas semanas, assim como o teor da Portaria GDG Nº 4, de 08 de janeiro de 2022, em que o Supremo Tribunal Federal autoriza a adoção do regime de teletrabalho excepcional ou, na impossibilidade, que se promova escala de revezamento para os servidores e colaboradores.

Leia Também:  Perigo para o ecossistema: Quinto peixe invasor venenoso é capturado em Fernando de Noronha em um mês

Assim, a gestão decidiu manter a política instaurada desde o início da pandemia para o resguardo e segurança à saúde dos magistrados e magistradas, servidores e servidoras, estagiários e estagiárias, todas e todos terceirizados e público externo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA