RIO BRANCO

Geral

Grupo apresenta projeto humanitário para auxiliar e orientar acreanos

Durante encontro foi definido o planejamento das ações que serão realizadas neste mês

Publicados

Geral

Durante encontro foi definido o planejamento das ações que serão realizadas neste mês

Por Celis Fabrícia 

(Diego Gurgel/Secom)

(Diego Gurgel/Secom)

Representantes de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias apresentaram à primeira-dama do Acre e coordenadora do Acre Solidário, Marlúcia Cândida, dois projetos para ajudar a população. O planejamento já está definido e as atividades serão desenvolvidas em Rio Branco, em novembro.

No dia 7 serão entregues 127 cadeiras de rodas que foram compradas com doações dos fiéis. Os equipamentos foram feitos sob encomenda para os pacientes e serão repassados à Oficina Ortopédica do Estado. “Essas cadeiras já vêm com os nomes respectivos das pessoas que irão receber as doações”, explica Ivanilson Cavalcante, líder geral da igreja.   

No dia 8, será realizado o projeto “Mãos que Ajudam”. Profissionais de saúde do Estado devem auxiliar na ministração da oficina de bem-estar físico e mental. Haverá também oficinas de autossuficiência financeira, pesquisa da genealogia e distribuição de apostilas com técnicas de armazenamento de alimentos. “A população poderá utilizar essas técnicas de armazenamento doméstico ou comercial para conservar os alimentos por até um ano”, comenta Fátima Almeida, coordenadora do projeto. 

Leia Também:  Mulher que perdeu bebê após agressão do amante aguarda cirurgia na perna

As oficinas serão ministradas gratuitamente na sede da igreja, na Travessa Caramuru, 176, ao lado da Universidade COC, das 8 às 17 horas, no dia 8 de novembro.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Geral

Poder Judiciário do Acre retoma plantão extraordinário com 30% da força de trabalho

Publicados

em

Portaria Conjunta Nº 5/2022 institui novas medidas administrativas para afastar a propagação do vírus neste momento – Foto Reprodução

Nesta segunda-feira, 17, a presidência do Tribunal de Justiça juntamente com a Corregedoria-Geral da Justiça tornou pública a Portaria Conjunta n° 5/2022, determinando a redução do quantitativo de servidores e colaboradores em regime presencial da instituição até o dia 24 de janeiro.

Deste modo, está autorizada a retomada do trabalho remoto e atuação, por meio de escala de revezamento, do trabalho presencial com no máximo 30% dos integrantes de cada setor, excetuando os casos em que se observe prejuízos aos serviços prestados pela unidade.

A medida considerou o aumento progressivo no número de casos de Covid-19 em todo o estado, principalmente nas últimas semanas, assim como o teor da Portaria GDG Nº 4, de 08 de janeiro de 2022, em que o Supremo Tribunal Federal autoriza a adoção do regime de teletrabalho excepcional ou, na impossibilidade, que se promova escala de revezamento para os servidores e colaboradores.

Leia Também:  Ufac abre vagas para estágio em diversas áreas; Inscrições serão feitas online

Assim, a gestão decidiu manter a política instaurada desde o início da pandemia para o resguardo e segurança à saúde dos magistrados e magistradas, servidores e servidoras, estagiários e estagiárias, todas e todos terceirizados e público externo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA