RIO BRANCO

Geral

Falta 50 centímetros para as águas do rio Madeira invadam a BR-364

Medo: faltam apenas 50 centímetros para que as águas do rio Madeira avança para invadam a BR-364

Publicados

Geral

Medo: faltam apenas 50 centímetros para que as águas do rio Madeira avança para invadam a BR-364 

Ai0qCxkjNnjZaJg_gUq2Gvfnzn7OcOvjMnyWKqauBNe4

O nível do Rio Madeira vem subindo gradativamente nos últimos dias e nas primeiras horas desta quarta-feira de cinzas, 18, o manancial marca os 15, 64 metros. Ontem, 17, registrou 15, 66m. De acordo com a Defesa Civil de Porto Velho falta 1,04 metro para atingir a cota de alerta que é 16,68m.

A reportagem do ac24horas obteve imagens atualizadas das margens da BR 364, em especial do KM 862, primeiro trecho que foi invadindo pelas águas. De acordo com a equipe de monitoramento da Defesa Civil do Acre e Rondônia e do Corpo de Bombeiros, em alguns trechos falta um 1,5 metro para as águas invadirem a pista, mas em outros considerados alagadiços essa medição varia registrando pouco mais de 0,50 centímetros para que as águas invadam a estrada.

A informação foi averiguada in loco nesta terça-feira, 17, e as fotos foram divulgadas para comprovar que a Estrada não encontra-se inundada. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil explica que além da parceira no monitoramento dos rios pela Defesa Civil do Acre e Rondônia, dois homens do Corpo de Bombeiros do Acre realizam vistorias diariamente para acompanhar a evolução do Madeira ao longo da BR 364, em especial na entrada do distrito de Jaci Paraná, distante cerca de 100 quilômetros de Porto Velho, trecho considerado inundável por estar situado próximo a Hidrelétrica Santo Antônio e também ao longo do KM 862, primeiro ponto que foi invadido pelas águas no ano passado.

Leia Também:  Melzinho do amor: Substância que ganhou popularidade em Curitiba pode ser fatal, entenda

Na divisa entre o Rio Madeira e Abunã o nível das águas continuam subindo e registra nas primeiras horas de hoje 21,42 metros. No inicio da semana o manancial marcou 21,32m, segundo boletim da Agência Nacional de Águas e das Coordenadorias Estaduais de Defesa Civil do Acre e Rondônia.

AjuRYo9WaRcyfT7GmNm9ax_56hjENtChXsBRKwvedWg5

Ângela Rodrigues, ac24horas

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Ação itinerante da DPE/AC, Prefeitura e Carreta Ambiental realiza quase mil atendimentos em Senador Guiomard

Publicados

em

A 11ª edição do projeto Defensoria ao seu Lado, Cidadania mais perto de você realizada neste sábado, 27, em conjunto com a Prefeitura de Senador Guiomard e Carreta Ambiental, promoveu quase mil atendimentos à população do município residente tanto na cidade como na zona rural. A Escola Estadual Veiga Cabral e o Salão Paroquial Pe. Luís Maria Tanguy abrigaram as equipes das instituições parceiras que fizeram parte da ação itinerante.

Foram oferecidos atendimento jurídico cível e criminal (Defensoria Pública), atendimento jurídico (Ministério Público do Acre), emissão e agendamento de 1ª via de RG (Instituto de Identificação), emissão de Título de Eleitor (TRE), atendimento médico e de saúde, exames laboratoriais, testes rápidos, vacinas (Saúde Itinerante da Sesacre e do município de Senador Guiomard), oficinas de acidentes domésticos e primeiros socorros (Corpo de Bombeiros), orientação e prevenção de violência contra a mulher (Patrulha Maria da Penha), orientação e resoluções ambientais (Carreta Ambiental), orientação e negociação de débitos (Energisa), apoio e logística (4º BIS).

A produtora Maria Antônia Santos, moradora da zona rural, levou os filhos de 12, 8, 6 anos para tirar a primeira via da carteira de identidade. O serviço foi um dos mais procurados pela população e o número de atendimento chegou a ser ampliado com agendamento futuro para atender a demanda de quem esteve no local. “Essa procura é normal, mas nos planejamos para atender os moradores da cidade e veio muita gente da zona rural”, explicou a diretora do Instituto de Identificação, Roselayne Sobreiro.

Leia Também:  Complexo Industrial Florestal de Xapuri inicia contratação de funcionários

A defensora-geral, Simone Santiago, agradeceu pessoalmente cada uma das equipes que atenderam a população representando os parceiros do projeto e destacou a importância das parcerias para alcançar um número maior de pessoas para oferecer cidadania e inclusão social. “Queremos sair, estar mais perto das pessoas, ouvindo suas necessidades para diminuir a distância entre o cidadão e seus direitos. Sozinhos não conseguimos fazer muita coisa, por isso agradeço a cada um que se dedicou para que esta ação fosse realizada”.

Serviços itinerantes nos municípios – Este foi o primeiro grande atendimento itinerante oferecido pela Defensoria Pública após a pandemia. A coordenação do Núcleo de Cidadania levará atendimento jurídico na sexta-feira, 3 de dezembro, em parceria com o programa MP na Comunidade para Plácido de Castro e com o programa Saúde Itinerante para Capixaba. “Cada vez mais, defensores públicos, assessores e servidores saem dos gabinetes e se aproximam da comunidade. O papel da Defensoria é ser um agente de transformação social”, disse o coordenador do Núcleo de Cidadania, Celso Araújo.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Com o intuito de ajudar na manutenção do espaço do Educandário Santa Margarida, que atende crianças de zero a 12 anos de idade, o deputado Leo de Brito está destinando R$ 350 mil, por meio de emenda, à instituição. A emenda será viabilizada por meio de convênio com o Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC).

Leia Também:  Agente penitenciário sofre atentado em Rio Branco

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA