RIO BRANCO

Geral

Envelhecimento na comunidade gay: Cresce o número de brasileiros com mais de 50 anos que saem do armário

Publicados

Geral

Lulu Santos (à esq.), 68, que teve um longo casamento hétero, e Clebson Teixeira, 29, trocam declarações de amor no Instagram – Reprodução/Instagram

Ainda alvo de preconceito e discriminação, a comunidade LGBT escancarou as portas do armário nos últimos anos, exigindo direitos, denunciando abusos e exibindo sem disfarces, com mãos dadas e beijos em público, a naturalidade das relações entre pessoas do mesmo sexo. Embora não existam dados abrangentes sobre a população gay do Brasil, é evidente que os jovens vêm sendo o motor dessa reviravolta, tirando vantagem dos traços de individualismo, indiferença às regras estabelecidas e maior tolerância presentes nas novas gerações. Não é só a garotada, porém, que anda assumindo sua homossexualidade — cada vez mais, senhores e senhoras de idade avançada, muitas vezes com casamento convencional e filhos no currículo, tomam coragem e apresentam parceiros de gênero inesperado.

VEJA consultou dez especialistas em envelhecimento na comunidade gay — sexólogos, antropólogos, sociólogos, psiquiatras e geriatras — e eles foram unânimes em confirmar a saída mais frequente do closet entre a turma que já passou dos 50.

“O tabu da sexualidade na terceira idade diminuiu e isso estimulou as pessoas dessa faixa etária a se assumir, o que era muito mais difícil há dez anos”, diz Carmita Abdo, coordenadora do Programa de Estudos em Sexualidade da Faculdade de Medicina da USP. Um empurrão definitivo partiu, como sempre, do mundo das celebridades, onde parcerias homossexuais consolidadas por trás de um muro de silêncio agora vêm a público — sendo, em geral, assimiladas sem grandes traumas.

Leia Também:  Temporal em Rio Branco derruba árvores e provoca alagamentos.

A revelação mais recente partiu do galã Carmo Dalla Vecchia, 50 anos, durante uma apresentação do Super Dança dos Famosos, do extinto Domingão. Em rede nacional, o ator falou sobre sua relação de dezesseis anos com o autor de novelas João Emanuel Carneiro, com quem tem o filho Pedro, de 2 anos.

“Nunca escondi o fato de ser gay para as pessoas próximas. Agora me dei conta de que tinha a chance de tocar o coração de mais gente e que isso era uma responsabilidade. Também quero ser um exemplo de coragem para meu filho”, disse a VEJA. Antes dele, o ator Marco Nanini, 73 anos, contou ser casado há mais de trinta anos com o produtor Fernando Libonati, com quem formalizou a união estável há dois anos. O cantor Lulu Santos, 68 anos, após um casamento de décadas com a jornalista Scarlet Moon, apresentou o baiano Clebson Teixeira como seu namorado em 2018 e os dois se casaram no ano seguinte. Outro ator, o humorista Luiz Fernando Guimarães, 71 anos, oficializou em 2019 a relação de mais de vinte anos com o empresário Adriano Medeiros, com quem acaba de adotar dois filhos, Dante, 10, e Olívia, 9. Veja mais na Veja Abril

Leia Também:  Banco Central aguarda 1,5 mil declarações da repatriação de bens

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Seringal urbano – Localizado no bairro Seis de Agosto, região central de Rio Branco, o Parque Capitão Ciríaco é o único seringal urbano do mundo. Pertenceu ao capitão Ciríaco Joaquim de Almeida, que esteve envolvido no movimento político conhecido como Revolução Acreana (1899 – 1903). Por seu valor histórico e ambiental, o espaço foi transformado em atração turística de Rio Branco em agosto de 1994.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Geral

Cuidados com iluminação natalina devem ser redobrados para evitar acidentes, alerta Defesa Civil de Rio Branco

Publicados

em

Luzes de natal (Foto: Reprodução | Pinterest | Bloglovin/)

Com a chegada das festas de fim de ano e o uso dos tradicionais enfeites natalinos nas decorações, acende bem mais do que o clássico pisca-pisca, mas também o alerta em alguns cuidados que devem ser adotados para evitar acidentes, segundo orientações da Defesa Civil de Rio Branco.

O coordenador da Defesa Civil, major Claudio Falcão, afirma que é preciso ficar atento aos materiais manipulados nesta época.

“Na instalação de pisca-pisca, por exemplo, às vezes são usados vários plugs na mesma tomada e isso faz aquecer. Também tem que ver a qualidade devido ao superaquecimento que acontece, porque têm alguns que não são certificados pelo Inmetro [Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia] e quando ficam por várias horas ligados, o superaquecimento leva ao risco de incêndio”, explicou.

Um curto-circuito causou um incêndio em um pet shop na noite de sábado (4), na Avenida Chico Mendes. Segundo o Corpo de Bombeiros, a suspeita é que, possivelmente, o foco tenha sido no ar-condicionado, um curto-circuito. “Não sabem precisar se foi do ar-condicionado ou se das luzes de Natal que estavam próximas ao aparelho”, disse o comandante do 2º Batalhão, tenente Alexandre Veras.

Leia Também:  Operação Óleo Viciado investiga venda de azeite adulterado em supermercados de Rio Branco

Falcão disse ainda que os materiais de enfeites natalinos, geralmente são inflamáveis, ou seja, de fácil combustão.

“Mas, a questão elétrica deve ser muito bem observada, se tem certificação, quantas horas o material pode ficar ligado para não correr riscos, com o cuidado de fazer as divisões da quantidade de lâmpadas por tomadas, para evitar carga elétrica, para evitar acidentes que podem ocorrer muito”, acrescentou.

Além disso, outro alerta é para que quando se trata de uma instalação maior, é necessário que o responsável seja alguém especializado. “Normalmente, em estabelecimentos comerciais, requer uma quantidade maior do que a residencial, então, que eles procurem alguém que tenha conhecimento para prestar auxílio.”

Mais dicas:

As ligações desses enfeites devem ficar longe do alcance de crianças e de ornamentações como cortinas, tapetes ou móveis de MDF.

Artigos decorativos não devem ser instalados próximos aos postes ou fios da rede elétrica.

Em ambientes externos deve-se atentar para cercas, grades ou qualquer parte metálica.

Na hora da reutilização dos enfeites é importante conferir a integridade do condutor de energia (fio).

Emendas e conexões malfeitas devem ser evitadas ao máximo, pois os fios não devem ter seu isolamento (capa protetora) rompido ou conexões e emendas com folga.

Leia Também:  Grupo Contax se prepara para iniciar contratações no Acre

Não deixe os fios no chão, onde há circulação de pessoas, veículos e animais. Por G1 ACre.

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O Gefron apreendeu dentro de Van do município de Brasileia aproximadamente 150 kg de entorpecente, seria esta a maior apreensão daquela regional. De acordo com informações preliminares, o veículo da prefeitura iria realizar mais um transporte de pacientes que estão fazendo tratamento em Rio Branco quando foi surpreendido pelo policiais, após revistarem os pacientes e o veículo encontraram em uma sacola preta com todo o entorpecente.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA