Geral

Ele é conhecido como “Homem Demónio”

Apesar de sua aparência assustadora, o jovem é bem aceito pela população local de seu bairro

Publicados

Geral

Apesar de sua aparência assustadora, o jovem é bem aceito pela população local de seu bairro

Sain Mumtaz

Sain Mumtaz

Sain Mumtaz, o jovem paquistanês de 22 anos, sofre de uma anomalia rara que faz com que os ossos de sua cabeça cresçam de forma anormal. Sain, foi diagnosticado como portador da Síndrome de Proteus, doença que causa crescimento ósseo e de pele excessivos com incidência freqüente de tumores, o que deixou o jovem gravemente desfigurado.

Apesar de sua aparência assustadora, o jovem é bem aceito pela população local de seu bairro na periferia de Lahore, no Paquistão.
A doença o deixou com problemas de saúde e ele tem dificuldades para se locomover. Por causa de sua deformidade simétrica no rosto e crânio, acredita-se que Sain sofre de uma variação única da Síndrome de Proteus – que também afetou “Homem Elefante” Joseph Merrick.

No começo, o paquistanês acreditava que sua terrível condição era uma maldição concedida a ele por um deus vingativo, o que deixava-o apático e deprimido. Mas, os amigos e familiares deram apoio e mantiveram seus ânimos elevados e ele está agora determinado a abraçar a vida.“Eu tenho sido assim desde que nasci. Meu rosto, braços e pernas todos diferem em tamanho e as pessoas assumem que não sou como os outros seres humanos normais”. “Mas eu sou mentalmente apto e entender tudo, eu vivo minha vida como todos os outros, apesar de toda a minha família, incluindo minha mãe, pai, irmãos e irmãs, todos nascerem sem a condição”, diz Sain.

Gentilmente, habitantes locais se referem a ele como seu “amigo gigante” e ​​estão determinados a descobrir a cura para Sain, que por sua vez, espera conhecer a mulher dos seus sonhos.

“As pessoas costumavam fugir de mim. Mas, agora eles me tratam normalmente, se sentam e falam comigo quando saiu de casa. Eles me chamam de amigo. Um dia eu espero ser curado e encontrar uma mulher que vai me amar”, conta o jovem.

A Família Sain Mumtaz

A Família Sain Mumtaz

 tem esperança de que Sain está sofrendo de algum outro distúrbio crescimento excessivo e se isso for verdade, então pode haver algum tratamento para ajudá-lo.
Seu pai, Wazir Ali, disse: “Queremos descobrir o que está errado com ele, e se algo pode ser feito para melhorar a sua vida no dia-a-dia”. “Ele tem esperanças para o futuro, um dia ele gostaria de arrumar um emprego e encontrar uma esposa”.

Sain Mumtaz

Sain Mumtaz

Sain Mumtaz

Sain Mumtaz

Fonte: http://www.cristonews.com.br 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  CCJ da Câmara aprova proposta que reduz maioridade penal no Brasil

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Geral

Procon do Acre prestará serviços de fiscalização e educação durante a Expoacre

Publicados

em

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AC) irá oferecer os serviços de atendimento, educação e fiscalização durante toda a Expoacre 2022, que será realizada entre sábado, 30, e domingo, 7, no Parque de Exposições de Rio Branco.

Para a tarefa, foram definidos os seguintes formatos de atendimento: o presencial, no Box 06 do Galpão Institucional, onde serão realizadas aberturas de reclamações, agendamento para atendimentos na OCA e orientações.

Já o atendimento em educação para o consumo será realizado de forma presencial, em uma tenda localizada na área externa do galpão, onde serão fornecidas orientações em diversos temas e distribuídas publicações de Códigos de Defesa do Consumidor e cartilhas.

A equipe de fiscalização irá atuar em todos os estabelecimentos da feira, e, excepcionalmente nos dias de show e nos horários do evento, fazendo o acompanhamento dos serviços ofertados aos consumidores, como a venda de ingressos, produtos e serviços em geral.

Segundo a diretora-presidente do Procon-AC, Alana Albuquerque, um evento de grande porte como a Expoacre, que movimenta o comércio e oferece um vasto leque em prestação de serviços, demanda atenção e atuação do órgão de defesa do consumidor, tanto em caráter informativo quanto fiscalizador.

Leia Também:  Em dois meses, PM de Brasileia realizou quase cinco mil abordagens

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA