RIO BRANCO

Geral

Controladoria Geral do Estado elabora nova etapa na auditoria do Programa Ruas do Povo

Publicados

Geral

Grupo de trabalho alinha novas ações na auditoria do programa Ruas do Povo no âmbito do Depasa – Foto: Cedida

O governo do Acre, por meio da Controladoria Geral do Estado (CGE), segue com os trabalhos interinstitucionais destinados à auditoria técnica sobre o programa Ruas do Povo, no âmbito do Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa), da gestão governamental passada.

Nesta quarta-feira, 30, foi realizada mais uma reunião da equipe multidisciplinar que está elaborando os relatórios sobre o programa, solicitados pelo Ministério Público do Acre, após denúncias de utilização de materiais indevidos e contratos assinados e não executados.

O encontro contou a presença do controlador geral do Estado, Luiz Almir Soares; da diretora executiva da CGE, Ana Paula Lacerda; do secretário adjunto de Infraestrutura (Seinfra), Jamerson Lima; do engenheiro civil do Depasa, Herinque Sales; e demais técnicos das instituições, referentes às áreas de auditoria contábil, jurídica e de engenharia.

“Conforme a solicitação do governador Gladson Cameli e da promotora de Justiça Mirna Mendonza, estamos no alinhamento para a execução da segunda etapa da auditoria, que trata do levantamento do cadastro técnico do sistema de esgotamento sanitário, ou seja, uma auditoria externa, indo a campo para conferir se houve ou não desvios de recursos públicos”, informa Luiz Almir Soares.

Leia Também:  Filho terá de prestar serviço à comunidade por dois anos por se apropriar de aposentadoria da mãe idosa

O gestor relata que esse levantamento externo será realizado nos próximos 20 dias. Após a conclusão das análises técnicas, o grupo de trabalho atua numa estimativa de 30 ou 45 dias para que a CGE tenha a primeira parcial da auditoria no programa.

“Teremos o reforço dos auditores que estavam nas ações investigatórias da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes do Acre, além de dois engenheiros e demais agentes técnicos da Seinfra, para efetuar os testes nas redes de água e esgoto, conferir as amostragens do asfalto, verificar tubulações e demais estruturas implantadas”, pontua o controlador geral.

E veja também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O vereador Leomar Barbosa também deu seus esclarecimentos a respeito da situação do veículo da Amoprebe que cedeu uma caminhonete nova para a prefeitura de Brasileia juntamente com um tratar que era para auxiliar os produtores da reserva extrativista.

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo: 

Acompanhe nossas Redes Sociais

Veja o Vídeo Abaixo: O assunto mais pertinente foi a caminhonete cabine dupla da Amoprebe que está cedida para a prefeitura, assunto este que deu o que falar. Na oportunidade, o vereador Jurandir Queiroz, que foi o autor do ofício que solicitou a presença do presidente da Amoprebe, questionou a cerca dos motivos que teria levado a Associação ceder o veículo em questão para o executivo.

Leia Também:  No AC, 18% da população vive com até 1/4 de salário mínimo, diz IBGE

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Bebê indígena recém-nascido é resgatado com infecção generalizada em aldeia isolada no Acre

Publicados

em

Bebê indígena recém-nascido é resgatado com infecção generalizada em aldeia isolada no AC — Foto: Arquivo/Ciopaer

Um bebê indígena foi resgatado de helicóptero nesse sábado (4) na aldeia Xinane, considerada isolada no Alto Envira, na fronteira do estado do Acre com o Peru. A operação foi realizada pelo Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Uma médica e uma enfermeira do Samu foram levadas para prestar atendimento de urgência à criança, nascida somente há três dias. O bebê estava com dificuldades para se alimentar e, por isso, sofria com a baixa dos sinais vitais.

Conforme o coordenador do Samu, Pedro Pascoal, o recém-nascido estava com uma infecção generalizada e, se não tivesse recebido o devido atendimento, não teria resistido.

Foram quase duas horas e meia de voo para a equipe chegar até o local onde o bebê mora com a família.

Ele recebeu os primeiros atendimentos ainda na aldeia e depois foi transferido para o Hospital da Criança na capital acreana, Rio Branco, para seguir com o tratamento. Ainda segundo o coordenador do Samu, a criança não corre mais risco de morte. Por G1 Acre.

Leia Também:  Prostitutas de Minas Gerais aceitam pagamentos em cartões

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: O Gefron apreendeu dentro de Van do município de Brasileia aproximadamente 150 kg de entorpecente, seria esta a maior apreensão daquela regional. De acordo com informações preliminares, o veículo da prefeitura iria realizar mais um transporte de pacientes que estão fazendo tratamento em Rio Branco quando foi surpreendido pelo policiais, após revistarem os pacientes e o veículo encontraram em uma sacola preta com todo o entorpecente.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA