Geral

Ciosp registra mais de 9 mil trotes telefônicos em 2014 na capital

Coordenador afirma que trote prejudica atendimento de ocorrências reais. ‘Trote é crime passível de multa ou prisão’, diz Charles Santos.

Publicados

Geral

Coordenador afirma que trote prejudica atendimento de ocorrências reais. ‘Trote é crime passível de multa ou prisão’, diz Charles Santos.

Em 2014, Ciosp registrou mais de 9 mil trotes em Rio Branco (Foto: Genival Moura/G1)

Em 2014, Ciosp registrou mais de 9 mil trotes em Rio Branco (Foto: Genival Moura/G1)

O Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) registrou, somente em 2014, mais de 9 mil ligações telefônicas de tentativas de trotes. Segundo o coordenador técnico do centro, major Charles Santos, um trabalho de conscientização é feito há quatro anos com o objetivo de diminuir o número.

“Ao longo de quatro anos, foi feito um trabalho de divulgação tentando conscientizar a população de que, a partir do momento que se utiliza o serviço 190 de forma desnecessária, estamos deixando de atender uma pessoa que realmente tem necessidade”, explica.

Santos exemplifica que, com um trote telefônico, no caso de um incêndio, por exemplo, uma viatura levaria praticamente o dobro do tempo para atender uma ocorrência real. “Se um cidadão diz que está tendo um incêndio em determinado local, uma viatura é deslocada e outro lugar pode ocorrer um fato real. Vamos demorar o dobro do tempo para o atendimento. Então, acaba agravando a situação real de outra pessoa que está falando a verdade”, diz.

Leia Também:  Bandeira do Acre é 'atacada' e derrubada de mastro em Rio Branco

O coordenador técnico do Ciosp acrescenta ainda que passar esse tipo de trote é crime, passível de multa e até detenção de 6 meses. “Além disso, a partir do momento que você está ocupando a linha dos serviços 190 ou 193, por exemplo, está prejudicando uma pessoa que realmente precisa do serviço. Nos últimos quatro anos, conseguimos diminuir bastante, mas mesmo assim chegamos a mais de 9 mil casos em 2014”, finaliza.

Caio Fulgêncio Do G1 AC

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Procon do Acre prestará serviços de fiscalização e educação durante a Expoacre

Publicados

em

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AC) irá oferecer os serviços de atendimento, educação e fiscalização durante toda a Expoacre 2022, que será realizada entre sábado, 30, e domingo, 7, no Parque de Exposições de Rio Branco.

Para a tarefa, foram definidos os seguintes formatos de atendimento: o presencial, no Box 06 do Galpão Institucional, onde serão realizadas aberturas de reclamações, agendamento para atendimentos na OCA e orientações.

Já o atendimento em educação para o consumo será realizado de forma presencial, em uma tenda localizada na área externa do galpão, onde serão fornecidas orientações em diversos temas e distribuídas publicações de Códigos de Defesa do Consumidor e cartilhas.

A equipe de fiscalização irá atuar em todos os estabelecimentos da feira, e, excepcionalmente nos dias de show e nos horários do evento, fazendo o acompanhamento dos serviços ofertados aos consumidores, como a venda de ingressos, produtos e serviços em geral.

Segundo a diretora-presidente do Procon-AC, Alana Albuquerque, um evento de grande porte como a Expoacre, que movimenta o comércio e oferece um vasto leque em prestação de serviços, demanda atenção e atuação do órgão de defesa do consumidor, tanto em caráter informativo quanto fiscalizador.

Leia Também:  Homens são presos com notas de real falsas em casa noturna

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA