RIO BRANCO

Geral

Buscas por jovem que fugiu de centro socioeducativo após ferir agente são suspensas

Rapaz fugiu com mais dois internos na sexta (28) após ferirem um agente com estoque. Centro Socioeducativo aguarda mandado de prisão do Judiciário.

Publicados

Geral

Rapaz fugiu com mais dois internos na sexta (28) após ferirem um agente com estoque. Centro Socioeducativo aguarda mandado de prisão do Judiciário.

O Instituto Socioeducativo do Acre (ISE-AC) suspendeu as buscas pelo jovem de 18 anos que fugiu do Centro Socioeducativo Santa Juliana, em Rio Branco, na sexta-feira (28).

A direção aguarda a expedição de um mandado de prisão para continuar as buscas.

Três rapazes fugiram da unidade após ferirem um agente socioeducativo com um estoque. Dois deles, um adolescente de 13 anos e o rapaz de 18, foram recapturados horas depois na Avenida Getúlio Vargas, próximo ao Teatrão.

O presidente do ISE, Rogério Silva, explicou que as buscas devem seguir com a Polícia Militar ou Civil através do mandado de prisão. Ele acrescentou que o rapaz deve ser levado para o Complexo Prisional Francisco d’Oliveira Conde (FOC) quando for pego.

“Buscas foram suspensas e agora tem que esperar a juíza expedir o mandado de prisão, não mais de internação. Nossa intenção é que os dois maiores sigam para o FOC, já que são maiores e não cometeram ato infracional e sim crime”, acrescentou. As buscas pelo foragido foram suspensas na noite desta sexta.

Leia Também:  Sozinho, Bombeiro salva família de naufrágio no Rio Tarauacá

Do g1 ac

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Poder Judiciário do Acre retoma plantão extraordinário com 30% da força de trabalho

Publicados

em

Portaria Conjunta Nº 5/2022 institui novas medidas administrativas para afastar a propagação do vírus neste momento – Foto Reprodução

Nesta segunda-feira, 17, a presidência do Tribunal de Justiça juntamente com a Corregedoria-Geral da Justiça tornou pública a Portaria Conjunta n° 5/2022, determinando a redução do quantitativo de servidores e colaboradores em regime presencial da instituição até o dia 24 de janeiro.

Deste modo, está autorizada a retomada do trabalho remoto e atuação, por meio de escala de revezamento, do trabalho presencial com no máximo 30% dos integrantes de cada setor, excetuando os casos em que se observe prejuízos aos serviços prestados pela unidade.

A medida considerou o aumento progressivo no número de casos de Covid-19 em todo o estado, principalmente nas últimas semanas, assim como o teor da Portaria GDG Nº 4, de 08 de janeiro de 2022, em que o Supremo Tribunal Federal autoriza a adoção do regime de teletrabalho excepcional ou, na impossibilidade, que se promova escala de revezamento para os servidores e colaboradores.

Leia Também:  Polícia incinera 50 quilos de droga e 46 pacotes de cigarros em Cruzeiro do Sul

Assim, a gestão decidiu manter a política instaurada desde o início da pandemia para o resguardo e segurança à saúde dos magistrados e magistradas, servidores e servidoras, estagiários e estagiárias, todas e todos terceirizados e público externo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA