RIO BRANCO

Geral

Brasiléia está em estado de alerta, o nível atingem 12, 10 metros

Publicados

Geral

As água começa a invadir casas dos moradores e ruas de Brasiléia e Epitaciolândia que ficam em estado de alerta.

Por Paula Alcântara 3 De Julho Noticias

Brasiléia chei do rio acre

Ruas e casas que ficam as margens do Rio Acre em Brasiléia estão sendo invadidas pelas águas, é possível ver pessoas de plantão observando as águas do rio e outras já estão se mudando para os abrigos ou casas de parentes já que as águas toma conta de várias ruas do município já está acima da Cota de Transbordamento que é de 11 metros e 66 centímetros neste momento .

A população da cidade de Brasiléia e Epitaciolândia estão em alerta por causa das chuvadas e do tempo fechada que está nesse período. Além das áreas de risco e as residências mais próximas que ficam localizada do Centro estão sendo todas desocupadas devido tanta água.  Em 2012 a cidade já passou por essa mesma situação, moradores temem que isso passa acontecer novamente.

É possível notar que a água está subindo muito de pressa, não se sabe ao certo quantos metros de água está por vir com isso os moradores que querem desocupar suas residências liguem para 193 e peça ajuda ao corpo de bombeiros que tomará providências sem que seja preciso vocês moradores pagarem.

Leia Também:  Aos 17 anos, acreano tem a chance de trabalhar ao lado do pai na arbitragem acreana

No ponto de vista do Corpo de Bombeiros o nível das águas  já marca 12, 10 metros, a situação está piorando cada vez mais, as águas estão subindo muito de pressa e o chuva não para de cair o tempo não está favorecendo a situação.   

De acordo com a Defesa Civil do Estado Coronel Batista já há pelo menos 100 famílias desalojadas ou desabrigada entre Brasiléia e Epitaciolândia e que estão em lugares públicos ou casa de familiares e amigos, ainda não se tem um média de quantas famílias estão realmente desabrigada pois na zona rural na parte do lado de Epitaciolândia o nível das águas também está tomando conta.

De acordo com o Comandante do Corpo de Bombeiros Coronel Gondim está tudo na normalidade e que o mesmo não ver motivo para pânico pois está fora de cogitação que aconteça outra enchente igual a de 2012. E que toda a Estrutura do Estado está a disposição do município para auxiliar o no que for necessário nessa enchente.

Veja as Fotos Abaixo

1528562_1164321533584828_4323910438146366897_n 10384463_1164322126918102_2942820966051934448_n 10404178_1164319786918336_8239109942677731800_n 10405550_1164321266918188_6353296531412662187_n 10437655_1164320623584919_5701106021912559983_n 10997716_1164321616918153_5977248923455754759_n 10998040_1164320276918287_2305437076898272913_n 10998309_1164322293584752_6879859643065498979_n 11001757_1164322236918091_1582794757487127729_n 11006431_1164321760251472_234612752012463340_n 11018772_1164322416918073_3340032444237791807_n

1466227_836642259730731_7582874961835337536_n 1466311_836642526397371_703243043751982535_n 10377075_836642359730721_1403813735542045872_n 10384360_836641849730772_7933185996458741870_n 10409258_836642056397418_2723742169907069252_n 10422113_836641809730776_175552612473217591_n 10653834_836642013064089_8549628540890474873_n 10929127_836642199730737_5034154970327730245_n 10933914_836642133064077_4978197678190415136_n 10989159_836642103064080_6899219501663545200_n 10998878_836642449730712_6262702012030368860_n 11014677_836641949730762_1728488798325553100_n

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Defensoria Pública do Acre ajuíza Ação Civil Pública e consegue liminar que proíbe ENERGISA de realizar corte abusivo

Publicados

em

Documentos comprovaram que a concessionária realizava cortes sem respeitar os prazos legais e condicionava a religação ao pagamento integral da recuperação de consumo, sem prévia comunicação ao consumidor, o que constitui prática abusiva.

A Ação Civil Pública é de autoria dos defensores Rodrigo Almeida Chaves e Célia da Cruz Barros Cabral Ferreira. Eles pediram a antecipação da tutela para que a Energisa se abstenha de efetuar cobrança de débitos sob pena de corte no fornecimento de energia elétrica quanto à período superior a 90 dias e deixem de condicionar a religação ao pagamento integral do débito atribuído pela concessionária.

A antecipação da tutela foi concedida, em caráter liminar, e caso a concessionária insista na prática abusiva será multada em R$ 5.000,00.

Na ação, os defensores destacaram que o estabelecido no Recurso Especial nº 1412443/RS vinha sendo contrariado. O julgado prevê que, nos casos de recuperação de consumo efetivo, o corte administrativo do fornecimento de energia somente é possível mediante aviso prévio ao consumidor.

Nestes casos, a cobrança do débito sob pena de corte só pode ser realizada quanto aos últimos 90 dias, sem prejuízo do direito de a concessionária utilizar os meios judiciais para a cobrança do restante da dívida, assegurado o contraditório e a ampla defesa.

Leia Também:  Departamento Estadual de Trânsito do Acre inicia atendimento presencial nos municípios

Entretanto, o que se verificou em várias ações individuais, nos documentos requisitados por meio de ofício a concessionária, e ainda, em outros encaminhados pelo Procon, foi que a concessionária realizava de forma reiterada a cobrança de recuperação de consumo quanto a período superior a 90 dias chegando a realizar cobranças relativas a 36 meses, sob ameaça de suspensão do serviço e sem comunicar previamente ao consumidor a atribuição de recuperação de consumo à unidade consumidora.

O Judiciário reconheceu o interesse coletivo do caso, demonstrado no processo pela comprovação da existência de inúmeras ações individuais tratando de situações similares. Destacou ainda a situação social vivida com a pandemia, razões suficientes para deferir a tutela antecipada, na forma pedida pela Defensoria, sob pena de multa de R$5.000,00 (cinco mil reais).

O Defensor Público Rodrigo Almeida Chaves ressaltou a importância da antecipação da tutela. “Com essa decisão evita-se que os consumidores sejam penalizados e coagidos ao pagamento a fim de manter um serviço essencial” – finalizou.

A Defensora Pública Célia Barros destacou que “a atuação da Defensoria, através dos instrumentos legais que possui, em especial, a Ação Civil Pública, com possibilidade de requisitar documentos, presta um serviço primordial ao cidadão/consumidor, necessitado, que sem isso ficaria indefeso, à mercê de grandes empresas e instituições, públicas ou privadas”.

Leia Também:  Acre terá semana de enfrentamento ao tráfico de pessoas

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA