Geral

Bombeiros resgatam homem que subiu em árvore para pegar buriti e não conseguiu descer

Populares viram a situação e acionaram bombeiros para resgatar homem da árvore que tinha mais de 13 metros. Caso ocorreu nesta terça (21) em Feijó.

Publicados

Geral

Populares viram a situação e acionaram bombeiros para resgatar homem da árvore que tinha mais de 13 metros. Caso ocorreu nesta terça (21) em Feijó.

Um homem de 51 anos precisou ser resgatado pelo Corpo de Bombeiros após subir em um buritizeiro de mais de 13 metros de altura e não conseguir descer. O caso ocorreu nesta terça-feira (21), no bairro Cohab, no município de Feijó, interior do Acre. Ele não ficou ferido.

Conforme os bombeiros, o homem escalou a árvore para pegar buriti mas, algumas palhas acabaram quebrando no momento em que tentava alcançar os cachos e ele ficou sem condições de descer.

“Ele subiu em uma escada e depois usou as palhas para a escalada, mas acabaram quebrando e ele foi parar em um local onde não tinha mais acesso para descer. Como era na cidade, logo os populares viram a situação e acionaram nossa equipe”, disse o major Cláudio Falcão, dos bombeiros.

O trabalho de salvamento durou cerca de 45 minutos. O major explicou que a equipe usou a técnica de ascensão e rapel para fazer o resgate do homem.

Leia Também:  Pescadores brasileiros fecham acesso a Vila Evo Morales no Abunã

“A gente sempre orienta duas coisas: primeiro que as pessoas tenham maior cuidado para que não ocorra esse tipo de acidente, porque no caso de uma queda, praticamente termina com óbito, porque é muito alto. E, segundo que, se fizerem esse tipo de escalada, que estejam acompanhadas, porque se ficam presos na altura, precisam que alguém chame o socorro”, afirmou. Com informações do G1 Acre

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Procon do Acre prestará serviços de fiscalização e educação durante a Expoacre

Publicados

em

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AC) irá oferecer os serviços de atendimento, educação e fiscalização durante toda a Expoacre 2022, que será realizada entre sábado, 30, e domingo, 7, no Parque de Exposições de Rio Branco.

Para a tarefa, foram definidos os seguintes formatos de atendimento: o presencial, no Box 06 do Galpão Institucional, onde serão realizadas aberturas de reclamações, agendamento para atendimentos na OCA e orientações.

Já o atendimento em educação para o consumo será realizado de forma presencial, em uma tenda localizada na área externa do galpão, onde serão fornecidas orientações em diversos temas e distribuídas publicações de Códigos de Defesa do Consumidor e cartilhas.

A equipe de fiscalização irá atuar em todos os estabelecimentos da feira, e, excepcionalmente nos dias de show e nos horários do evento, fazendo o acompanhamento dos serviços ofertados aos consumidores, como a venda de ingressos, produtos e serviços em geral.

Segundo a diretora-presidente do Procon-AC, Alana Albuquerque, um evento de grande porte como a Expoacre, que movimenta o comércio e oferece um vasto leque em prestação de serviços, demanda atenção e atuação do órgão de defesa do consumidor, tanto em caráter informativo quanto fiscalizador.

Leia Também:  Instituto de Administração Penitenciária do Acre promove ação de fiscalização de monitorados em ambientes religiosos

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA