RIO BRANCO

Geral

Bombeiros mantêm guarnição em Porto Acre após incêndios e ataques

A cidade não possui um quartel próprio, sendo atendida por homens enviados de Rio Branco. A medida foi adotada desde a última terça-feira (8).

Publicados

Geral

A cidade não possui um quartel próprio, sendo atendida por homens enviados de Rio Branco. A medida foi adotada desde a última terça-feira (8).

Corpo de Bombeiros destacou uma guarnição permanente à cidade de Porto Acre, distante 78 km de Rio Branco. A cidade não possui quartel e o efetivo que atende às ocorrências na cidade era enviado da capital acreana. O trabalho é feito desde a última terça-feira (8).

O motivo de manter uma guarnição – com cinco militares – no local é dar uma resposta mais rápida às queimadas, mais comuns no período de estiagem, e também a possíveis ataques no município. O estado vivencia uma onda de violência desde o dia 5 de agosto.

“É apenas uma base, não é um quartel. É tanto para os ataques que estavam acontecendo quanto à questão de crimes ambientais que ocorrem diariamente”, reitera o major Cláudio Falcão. Os bombeiros permanecem em Porto Acre das 13h às 6h do dia seguinte. O serviço é prestado diariamente.

Na semana passada, três ônibus escolares foram incendiados em Porto Acre. Os veículos eram usados para transporte de crianças principalmente da zona rural. Ao todo, cinco ônibus estavam na garagem da Secretaria Municipal de Educação, mas somente os três foram atingidos.

Leia Também:  Homem tenta entrar no presídio com maconha na cueca e é pego em Sena Madureira

Ataques

O Acre enfrenta ataques desde o dia 5 de agosto. Nesse período, criminosos já incendiaram ônibus públicos e escolares na capital e no interior do estado, além de prédios públicos e residências. Os casos seriam uma resposta dos bandidos à instalação de bloqueadores de sinal de celular no Complexo Penitenciário Francisco d’Oliveira Conde e Presídio Antônio Amaro.

Até a última quarta (9), ao menos 48 pessoas já foram presas sob a suspeita de envolvimento com os ataques criminosos no estado acreano. A informação foi divulgada pelo secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, durante entrevista ao jornal Acre TV, da Rede Amazônica.

Focos de incêndios

Entre 1° e 11 de agosto, o estado acreano acumulou 791 focos de queimada, conforme o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Mesmo com o quantitativo, o estudo mostra que houve uma redução de 29% no número de ocorrências em 2017 se comparado ao mesmo período de 2016, que teve 1.120 focos.

Os meses com o maior número de registros foram os de julho e agosto. Os dados apontaram ainda que as cidades de Feijó, Tarauacá e Cruzeiro do Sul são as que mais possuem ocorrências. No entanto, de acordo com o Inpe, Rodrigues Alves é o local mais preocupante, com maior número de focos por km².

Leia Também:  Família pede ajuda para rapaz acidentado em Epitaciolândia

Porto AcreDo G1 Acre

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Menino de 4 anos fica com a cabeça presa dentro de panela de pressão em Epitaciolândia

Publicados

em

O pequeno M. E. de 4 anos, ficou com a cabeça presa dentro de uma panela de pressão na noite desse domingo (23) na cidade de Epitaciolândia, interior do Acre. A criança foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros.

O menino brincava em casa quando o incidente aconteceu. O pai ainda tentou retirar a panela, mas não conseguiu e resolveu acionar a equipe do 5° Batalhão Corpo de Bombeiros. Apesar do susto, a criança não se feriu.

“Ainda levamos os materiais para fazer o corte da panela, mas não foi necessário. Fizemos alguns movimentos no objeto, girando pela lateral, e foi possível retirar sem cortar a panela e sem machucar a criança, que estava bastante nervosa. Quando conseguirmos retirar, ele saiu correndo para abraçar o pai”, disse o sargento Adacir Vivan.

O pai do menino, Kardec Junior, disse que ele nunca tinha brincado com panelas e que foi questão de segundos que tudo aconteceu. O menino ficou com a cabeça presa por cerca de 20 minutos.

“A gente tinha acabado de chegar do mercado e ele pediu para eu ligar a televisão para assistir desenho e que ia beber água na cozinha. Quando eu vi, ele já estava com a panela na cabeça. Tentei tirar ainda, mas não consegui e ele começou a chorar. Foi quando tive que ligar para os Bombeiros. Graças a Deus não se machucou, foi só o susto. Eu falei pra ele que não podia brincar assim com panelas e ele disse que agora aprendeu, que vai pegar panela só para guardar”, contou o pai. Por G1 Acre.

Leia Também:  Governo e MP realizam reunião de acompanhamento das ações de fiscalização ambiental no estado

]E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Em meio a maior crise do sistema de transporte coletivo dos últimos tempos, a população de Rio Branco vive um dilema e acorda todo dia sem saber se terá ônibus passando em sua região. O prefeito Tião Bocalom tentou amenizar o problema repassando R$ 2 milhões e quatrocentos mil para as empresas quitar os débitos com empregados, acordo não cumprido e que foi um dos motivos para a intervenção no setor.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA