RIO BRANCO

Geral

Artista acreano expõe obras em Brasília

Artista se prepara para uma exposição em Madri, na Espanha, em 2014.
Telas são inspiradas na fauna e flora amazônica.

Publicados

Geral

Artista se prepara para uma exposição em Madri, na Espanha, em 2014. Telas são inspiradas na fauna e flora amazônica.

Exposição ocorre de 21 a 31 deste mês (Foto: Francisco Rocha/G1)

Exposição ocorre de 21 a 31 deste mês (Foto: Francisco Rocha/G1)

Francisco Rocha-Do G1 AC

Há 15 anos, o artista plástico Valder Barros, natural de Cruzeiro do Sul (AC), transforma a paisagem da Amazônia em verdadeiras obras de arte. O jovem de 32 anos, trabalha com 116 técnicas de artes que vão desde pinturas em telas, design de móveis, marchetaria, esculturas em madeira, em areias, ferro, gesso e fantasias alegóricas para o carnaval.

Com obras espalhadas na Argentina e Peru, o artista acreano expõe suas telas em Brasília dos dias 21 a 31 deste mês, no Palácio da Justiça, de 9 às 16h. Inspirado nas paisagens da floresta, Valder diz que procura dar vida à arte para atrair os olhares das pessoas.

“A Amazônia é muito rica, tem uma biodiversidade gigantesca para ser explorada, mas isso depende muito do artista. À medida que o artista vai convivendo com ela, as inspirações vão surgindo”, explicou Barros.

Valder Barros busca inspiração da Floresta Amazônica para criar telas (Foto: Francisco Rocha/G1)

Valder Barros busca inspiração da Floresta Amazônica para criar telas (Foto: Francisco Rocha/G1)

Barros diz que já participou de várias exposições pelo Brasil e que está se preparando para um intercâmbio que ocorre em março de 2014 em Madri, na Espanha. Segundo ele, a exposição está sendo preparada por outro artista plástico brasileiro que tem galeria na cidade espanhola.

Leia Também:  Contribuinte pode doar parte do IR para fundo que beneficia crianças e jovens

Por conta da grande demanda de encomendas, o artista diz que não tem lugar fixo e viaja por todo o Brasil para atender os clientes. Segundo ele, em cada cidade que apresenta seu trabalho permanece por dois ou três meses para atender os pedidos.

Barros explica que as obras mais procuradas pelos amantes da arte plástica são as paisagens que retrataram a fauna e a flora amazônica.

“Procuro transmitir às pessoas uma imagem real da Amazônia e o que ela oferece de bom para o homem, com riquezas naturais. Para isso, o artista precisa ter um olhar diferenciado”, destacou.

Além dos trabalhos com pintura em tela e escultura, Barros também trabalha com revitalização de imagens e monumentos com gesso e cimento armado. Após o retorno no fim do ano, pretende construir uma estátua de Marechal Taumaturgo, fundador da cidade de Cruzeiro do Sul.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Geral

Poder Judiciário do Acre retoma plantão extraordinário com 30% da força de trabalho

Publicados

em

Portaria Conjunta Nº 5/2022 institui novas medidas administrativas para afastar a propagação do vírus neste momento – Foto Reprodução

Nesta segunda-feira, 17, a presidência do Tribunal de Justiça juntamente com a Corregedoria-Geral da Justiça tornou pública a Portaria Conjunta n° 5/2022, determinando a redução do quantitativo de servidores e colaboradores em regime presencial da instituição até o dia 24 de janeiro.

Deste modo, está autorizada a retomada do trabalho remoto e atuação, por meio de escala de revezamento, do trabalho presencial com no máximo 30% dos integrantes de cada setor, excetuando os casos em que se observe prejuízos aos serviços prestados pela unidade.

A medida considerou o aumento progressivo no número de casos de Covid-19 em todo o estado, principalmente nas últimas semanas, assim como o teor da Portaria GDG Nº 4, de 08 de janeiro de 2022, em que o Supremo Tribunal Federal autoriza a adoção do regime de teletrabalho excepcional ou, na impossibilidade, que se promova escala de revezamento para os servidores e colaboradores.

Leia Também:  Detran/AC moderniza vistoria de veículos

Assim, a gestão decidiu manter a política instaurada desde o início da pandemia para o resguardo e segurança à saúde dos magistrados e magistradas, servidores e servidoras, estagiários e estagiárias, todas e todos terceirizados e público externo.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA