RIO BRANCO

Geral

Apelo: Haitiana que mora no Brasil tenta trazer filho de 6 anos ao país após morte dos avós em terremoto no Haiti

Publicados

Geral

Haitiana tenta trazer filho ao Brasil após avós com quem criança morava morrerem em terremoto no Haiti — Foto: Arquivo Pessoal

Uma haitiana de 30 anos que mora em Sorocaba, interior de São Paulo, está tentando trazer o filho de 6 anos para o Brasil depois que os avós com quem a criança morava morrerem no terremoto de magnitude 7,2 que atingiu o país no dia 14 de agosto. Por G1 Sorocaba e Jundiaí

Segundo a assistente social da ONG Instituto Kayton em Ação, Carla Cristina, para tentar uma vida melhor, a haitiana Ismanuella Colas chegou no Brasil há dois meses com o marido e, enquanto se adaptava, o menino estava com os avós no Haiti.

Com a morte dos avós, o filho está sob cuidados de amigos e colegas. Com isso, a ONG está ajudando a arrecadar doações.

“Ismanuella mantém contato com o filho que está passando por dificuldades no país, podendo até estar passando fome. Ela está grávida de 6 meses e com problemas de saúde”, diz.

O preço para trazer o menino para o Brasil é em torno de R$ 6 mil, dependendo do valor do dólar. As arrecadações começaram no fim de agosto e até agora eles têm cerca de R$ 700. Além do valor da passagem, é necessário um visto.

“O primeiro passo é fazer uma declaração assinada pela mãe para que alguém que está no Haiti com o menino tenha a autonomia de abrir o processo de passaporte e visto”, diz.

Leia Também:  O prefeito André Hassem atiçou a ira dos educadores de Epitaciolândia

Ainda de acordo com Carla, o instituto está oferecendo aulas de português, cesta básica, roupas e sapatos. Também montou todo o enxoval para ajudá-la e está organizando bazares para a arrecadação de dinheiro.

“Queremos muito que ela consiga trazer o filho, ela está ficando doente”, explica.

Sobre o Instituto

Instituto Kayton em Ação em Sorocaba que atende famílias haitianas e em situação de vulnerabilidade social — Foto: Arquivo Pessoal

O Instituto Kayton em Ação surgiu em 2020 a partir de ações sociais para famílias haitianas e em situação de vulnerabilidade social em Sorocaba.

O objetivo é contribuir no atendimento integral a imigrantes e a refugiados, incluindo migrantes internos, atuando na defesa de seus direitos em favor de políticas públicas, articulação da rede institucional, assistência pastoral, sócio jurídica e humanitária, para promover o respeito à sua dignidade e favorecer integração social e cidadão.

Terremoto no Haiti

Um terremoto de magnitude 4,9 atingiu o Haiti na noite do dia 18, informou o UGSG, instituto dos Estados Unidos que monitora os tremores em todo mundo. Os edifícios tremeram na cidade de Les Cayes, no sul do país.

O Haiti ainda nem tinha se recuperado do potente terremoto de magnitude 7,2 de sábado (14) e da passagem do ciclone tropical Grace na segunda-feira (17). O governo informou que, com o novo fenômeno, o número de mortos subiu para 2.189. Doze mil pessoas se feriram e outras 32 são consideradas desaparecidas.

O forte terremoto de sábado destruiu 2.868 edificações e danificou 5.410, disseram as autoridades. A situação deixou no limite os hospitais e os danos bloquearam estradas por onde são transportados suprimentos vitais para as vítimas.

Leia Também:  Policiais do Acre suspeitos de pregar homem em assoalho têm mais um pedido de habeas corpus negado

No domingo (15), um terremoto de magnitude 5,9 foi notificado pelo o Centro Sismológico Europeu do Mediterrâneo (EMSC, na sigla em inglês). O tremor aconteceu a uma profundidade de 8 km (4,97 milhas), disse a EMSC.

O primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry, decretou estado de emergência por 30 dias. Henry lamentou as mortes e disse, em nota, que já mobilizou recursos do governo para dar apoio às vítimas.

Pessoas passam diante de uma casa destruída pelo terremoto em Les Cayes, no Haiti — Foto: Joseph Odelyn/AP

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: recentemente o vice-governador do Estado do Acre, Major Rocha e deputada deputada federal Mara Rocha se manifestaram contra o Projeto de Lei nº 122/2021 que determina uma quarentena de 5 anos para profissionais de segurança pública, juízes e promotores que pretendem concorrer como atualização de 2022, ou seja, para que esses profissionais possam concorrer como atualização, eles devem ter cinco anos de afastamento do serviço público.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias , seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos , seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci , seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Inscrições estão abertas: Jornalistas de todo o país podem concorrer ao Prêmio Paulo Freire de Jornalismo

Publicados

em

Por

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Paulo Freire de Jornalismo, promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação – Consed, com o apoio da Unesco no Brasil.

A iniciativa tem o objetivo de premiar produções jornalísticas com o tema “Educação Pública na Pandemia: inovação para manter a aprendizagem e o vínculo do aluno nas escolas das redes estaduais”.

Poderão concorrer trabalhos jornalísticos que abordem a temática estabelecida, por meio de reportagens ou série de reportagens publicadas no período de 1º de março de 2020 a 10 de janeiro de 2022, mesmo dia em que serão encerradas as inscrições.

São seis categorias: Jornalismo impresso, para reportagens em jornais ou revistas; Radiojornalismo, para reportagens em emissoras de rádio; Telejornalismo, para reportagens em emissoras de televisão; Webjornalismo, para reportagens em sites ou blogs de notícias; Fotojornalismo, para fotografias publicadas em matérias ou reportagens de jornal impresso, revista, sites ou blog de notícias; e Mídias digitais, para conteúdos jornalísticos e/ou informativos veiculados em plataformas digitais de áudio ou vídeo.

Leia Também:  Paróquia de Brasiléia realizará uma noite de Cura de Libertação

Os critérios Adequação ao Tema, Linguagem, Estética, Originalidade e Utilidade Social serão considerados na avaliação da Comissão Julgadora.

A cerimônia de premiação deve ocorrer no primeiro trimestre de 2022. O primeiro colocado de cada categoria receberá R$ 7.000,00 (sete mil), enquanto o segundo colocado ficará com R$ 5.000,00 (cinco mil). Já o terceiro colocado de cada categoria vai ganhar R$ 3.000,00 (três mil). O valor total em prêmios a serem distribuídos nas seis categorias é de R$ 90.000,00 (noventa mil).

O edital e o formulário de inscrição estão disponíveis, Clique aqui e se escreva no Consed

E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Vereadora Neiva Badotti solicita do secretário de Ação Social providências sobre as crianças Haitianos que fica na ponte todo os dias pedindo dinheiro, e que o Poder Público proporcione dignidade para essas crianças. Neiva solicita também que seja encaminhado um oficio para a gerente do hospital para saber se chegou algum saco funerário doado pela prefeitura, comprado com o dinheiro do covid, e que solicita que seja agendado novamente a reunião com a secretaria de segurança pública do estado, para se tratar sobre o IML, pois a mais de 20 anos o problema se arrasta e até o momento nada foi resolvido.

Leia Também:  Policiais do Acre suspeitos de pregar homem em assoalho têm mais um pedido de habeas corpus negado

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Página do Instagram 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA