RIO BRANCO

Geral

Alerta de frio intenso no Acre e regiões próximas. Friagem poderá ser a mais forte dos últimos anos!

Com muita antecedência, estamos alertando a população e as autoridades para a chegada ao Acre de uma poderosa onda de frio polar que poderá causar transtornos à população mais sensível.

Publicados

Geral

Com muita antecedência, estamos alertando a população e as autoridades para a chegada ao Acre de uma poderosa onda de frio polar que poderá causar transtornos à população mais sensível.

Otempoaqui.com – Ninguém será pego de surpresa! Será na próxima semana, a partir de quarta-feira (24/7/2019), quando a temperatura cairá brusca e acentuadamente no Acre, com a chegada de uma fortíssima frente fria e, na sequência, a incursão de uma onda polar de proporções gigantescas.

Serão atingidos também, porém, com intensidade menor, Rondônia e Amazonas, onde, até a cidade de Manaus poderá sentir os ventos dessa friagem.

A capital de Mato Grosso e a região do Pantanal, assim, como as planícies da Bolívia e a região de selva do Peru serão, da mesma forma, atingidos pela forte onda de frio.

Na análise desta quinta-feira, projetamos temperaturas mínimas para Rio Branco e Brasileia, abaixo de 12ºC, com possibilidade concreta de chegar a 8ºC, e máximas inferiores a 16ºC, nas horas mais quentes do dia, com ventos intensos e ininterruptos da direção sudeste, causando sensação térmica muito inferior.

Leia Também:  Veja as Fotos: Desfile Cívico em Brasiléia, uma tradição de 106 anos

Esta nova onda de frio polar a atingir a Amazônia Ocidental e parte do Centro-Oeste do Brasil, poderá ser a a mais intensa dos últimos seis anos, ou, até, dos últimos 25 anos, se for superada a marca daquela friagem ocorrida nos dias 23, 24 e 25 de julho de 2013, quando a capital do Acre registrou temperaturas inferiores a 9ºC.

Assim, acompanhe nossas atualizações, pois, diariamente, estaremos publicando informações mais precisas sobre mais essa friagem a atingir a região.

Campanha do agasalho 2019 é Urgente!

Alertamos as autoridades e a população para a necessidade urgente da Campanha do Agasalho 2019.

Não são poucas as pessoas carentes, principalmente os moradores de rua, que poderão sofrer nesses dias de temperaturas baixas.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda

Geral

Menino de 4 anos fica com a cabeça presa dentro de panela de pressão em Epitaciolândia

Publicados

em

O pequeno M. E. de 4 anos, ficou com a cabeça presa dentro de uma panela de pressão na noite desse domingo (23) na cidade de Epitaciolândia, interior do Acre. A criança foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros.

O menino brincava em casa quando o incidente aconteceu. O pai ainda tentou retirar a panela, mas não conseguiu e resolveu acionar a equipe do 5° Batalhão Corpo de Bombeiros. Apesar do susto, a criança não se feriu.

“Ainda levamos os materiais para fazer o corte da panela, mas não foi necessário. Fizemos alguns movimentos no objeto, girando pela lateral, e foi possível retirar sem cortar a panela e sem machucar a criança, que estava bastante nervosa. Quando conseguirmos retirar, ele saiu correndo para abraçar o pai”, disse o sargento Adacir Vivan.

O pai do menino, Kardec Junior, disse que ele nunca tinha brincado com panelas e que foi questão de segundos que tudo aconteceu. O menino ficou com a cabeça presa por cerca de 20 minutos.

“A gente tinha acabado de chegar do mercado e ele pediu para eu ligar a televisão para assistir desenho e que ia beber água na cozinha. Quando eu vi, ele já estava com a panela na cabeça. Tentei tirar ainda, mas não consegui e ele começou a chorar. Foi quando tive que ligar para os Bombeiros. Graças a Deus não se machucou, foi só o susto. Eu falei pra ele que não podia brincar assim com panelas e ele disse que agora aprendeu, que vai pegar panela só para guardar”, contou o pai. Por G1 Acre.

Leia Também:  Veja as Fotos: Desfile Cívico em Brasiléia, uma tradição de 106 anos

]E Veja Também no 3 de Julho Notícias

Veja o Vídeo Abaixo: Em meio a maior crise do sistema de transporte coletivo dos últimos tempos, a população de Rio Branco vive um dilema e acorda todo dia sem saber se terá ônibus passando em sua região. O prefeito Tião Bocalom tentou amenizar o problema repassando R$ 2 milhões e quatrocentos mil para as empresas quitar os débitos com empregados, acordo não cumprido e que foi um dos motivos para a intervenção no setor.

Acompanhe nossas Redes Sociais

Twitter: 3 de Julho Notícias

Youtube: 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook: 3 de Julho Notíci

Página do Instagram: 3 de Julho Noticias

Veja o Vídeo:

Veja o Vídeo:

Veja-se no  Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro e compartilhe

Veja-se no  Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro e compartilhe.

Veja-se na  Página do Instagram 3 de Julho Noticias, seja membro e compartilhe.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA