Geral

Acreana é destaque dos servidores da Polícia Federal

Acreana é destaque em defesa dos servidores da Polícia Federal no Brasil

Publicados

Geral

Acreana é destaque em defesa dos servidores da Polícia Federal no Brasil

A sindicalista atuou em assuntos polêmicos, criticando a terceirização irregular de atividades na PF

A sindicalista atuou em assuntos polêmicos, criticando a terceirização irregular de atividades na PF

A acreana Leilane Ribeiro, natural do município de Cruzeiro do Sul, tem se destacado nas lutas sindicais da Polícia Federal em Brasília. Como presidente do Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos da Polícia Federal (Sinpecpf) e conselheira da filial brasileira da Associação Internacional de Polícia (IPA), ela não se intimida à frente dos policiais e políticos experientes, mostrando sempre um discurso contundente, seja diante de negociações com governantes ou em manifestações Brasil afora.

“Assumi o sindicato para lutar por uma Polícia Federal mais forte e eficiente, que valorize seus servidores”, explicou.

Com este objetivo, a sindicalista levantou bandeiras ao longo dos últimos quatro anos. Durante sua gestão o setor administrativos da PF conquistou diversos avanços, entre eles, dois reajustes salariais e a extensão de direitos, que até então eram exclusivos dos policiais federais.

A sindicalista atuou em assuntos polêmicos, criticando a terceirização irregular de atividades na PF, prática que tem diminuído a eficiência do órgão e aumentado a ocorrência de crimes. Visando qualidade no trabalho, denunciou ainda os desvios de função de policiais federais para postos administrativos, prática especialmente nociva para estados como o Acre, porque tira policiais de operações policiais nas fronteiras para colocá-los em atividades burocráticas.

Neste espaço de tempo Leilane adquiriu habilidades e alguns convites foram surgindo, como exemplo as audiências públicas na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. Ela contribuiu na concretização do projeto que institui indenização para profissionais federais que atuam nas fronteiras.

“Acredito que o povo acreano clama por mudanças na política. Novos rostos e novas ideias, com muita força de vontade. Além disso, meu nome está a disposição, pois não tenho medo de desafios”, pontua a pré-candidata a deputada federal .

Atletismo – No segmento esportivo, Leilane foi a primeira acreana a competir nos Jogos Mundiais de Polícias e Bombeiros (World Police & Fire Games), terceira maior competição multiesportiva do mundo, este ano realizada em Belfast, Irlanda do Norte. Apesar de ser uma estreante, Leilane fez bonito nas terras europeias, conquistando a medalha de ouro na prova dos 400m em sua categoria.

FONTE-ECOS DA NOTICIAS

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  A guerra dos “ Bestializados” e a falta de atenção “Bilontras”

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Geral

Defensoria Pública se reúne com Diretoria da Unimed em busca de melhorias no atendimento infantil

Publicados

em

Na tarde desta quarta-feira, 18, a Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC) se reuniu com a Diretoria da Unimed Rio Branco, para expor as reclamações recebidas dos usuários do atendimento prestado no único hospital de urgência e emergência infantil do estado do Acre, a Urgil, credenciada pela Unimed.

De acordo com o ofício enviado a DPE/AC pela Urgil, 95% do total de atendimentos do hospital são provenientes de usuários de planos de saúde, dos quais 70% são usuários da Unimed.

Na oportunidade, a Diretoria da Unimed, composta pelo presidente, Antônio Herbert Leite Militão, pelo vice-presidente, Marcus Vinicius Shoiti Yomura e pelo superintendente, Renato Correia da Silva, além do assessor jurídico Maurício Spada, mostrou-se sensível à problemática e se comprometeu a encontrar alternativas que não deixem as crianças que necessitem de atendimento de urgência e emergência em situação de total dependência da Urgil.

O encontro ainda possibilitou esclarecimentos sobre o modo de atuação da operadora de saúde e culminou com o agendamento de nova reunião para o dia 28 de junho, quando então a Unimed apresentará a DPE/AC medidas mais concretas para a melhoria dos serviços.

Leia Também:  Traumatizados com constantes assaltos, seis motoristas de ônibus estão afastados da função

Os defensores públicos Celso Araújo Rodrigues, do Núcleo da Cidadania, Rodrigo Chaves, do Subnúcleo de Superendividamento e Ações do Consumidor, a defensora pública Juliana Caobianco, do Subnúcleo de Direitos Humanos 1 (SDH1), a assistente do SDH1, Larissa Damasceno e as representantes dos usuários do plano de saúde, arquiteta Talita Gomes e a advogada Vanessa Facundes, demonstraram satisfação com os encaminhamentos da reunião, reiterando a necessidade de a Unimed adotar medidas céleres e efetivas que resguardem os direitos desses consumidores.

“Foi muito importante esse diálogo para reafirmamos a nossa preocupação e compromisso com nossos usuários, além de esclarecer que estamos procurando um caminho, uma solução”, disse o presidente da Unimed Rio Branco, Herbert Militão.

O defensor público Rodrigo Chaves, destacou que a instituição está à disposição para contribuir, ouvir e atuar de forma conjunta para dar mais celeridade ao caso.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA