Famosos

Alto Acre debate sobre Áreas de Livre Comércio e Free Shop

O 1º Fórum idealizado pelos prefeitos do Alto Acre que debateu a regulamentação da Lei dos Free Shop e as Áreas de Livre Comércio ganhou o apoio dos deputados Perpetua Almeida, Gladson Cameli e Senador Sergio Petecão

Publicados

Famosos

O 1º Fórum idealizado pelos prefeitos do Alto Acre que debateu a regulamentação da Lei dos Free Shop e as Áreas de Livre Comércio ganhou o apoio dos deputados Perpetua Almeida, Gladson Cameli e Senador Sergio Petecão

O 1º Fórum idealizado pelos prefeitos do Alto Acre

O 1º Fórum idealizado pelos prefeitos do Alto Acre

WILIANDRO DERZE, assessoria da PMB

Os municípios de Epitaciolândia, Brasiléia e Assis Brasil, juntamente com a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados, representada pela deputada Perpétua Almeida, realizou nessa sexta-feira, 20, em Brasiléia o 1º Fórum sobre Áreas de Livre Comércio e Free Shop. O prefeito Everaldo Gomes que ajudou viabilizar o evento firmou compromisso de lutar pela efetivação das áreas de livre comércio e chamou todos para unir forças e fazer valer as leis que beneficiam a região.

O objetivo do Fórum é debater as questões que inviabilizam as atividades nas áreas de livre comércio, assim como debater a regulamentação da Lei dos Free Shop para a região de fronteira entre cidades gêmeas.

Estiveram presentes no evento o Líder da bancada federal no Congresso Nacional, senador Sergio Petecão, deputado federal Gladson Cameli, além de comerciantes, autoridades locais e representantes da sociedade civil organizada.

Para o prefeito de Brasiléia, Everaldo Gomes o debate sobre a regulamentação da lei dos Free Shop é de estrema importância, mas a efetivação de fazer valer as áreas de livre comércio deve se sobre sair. “Na verdade as Áreas de Livre Comércio, depois de tantos anos que a lei foi aprovada deve funcionar finalmente.. Nossa região espera há muitos anos essas condições para que tenhamos um desenvolvimento significativo”, destacou Everaldo.

A deputada federal Perpétua Almeida disse que os estados ricos não queriam que a Lei dos free shop fosse aprovada. “Conseguimos a aprovação e agora queremos resolver esse problema de competir comercialmente com país que possuem um sistema tributário diferenciado. Saber como fazer para o dinheiro circular no lado brasileiro, garantindo assim a geração de empregos no Acre”, disse a deputada.

O prefeito de Epitaciolândia André Hassem disse que a Suframa não compareceu ao evento por que não tem interesse em fazer valer a área de livre comércio na região. “Precisamos de informações, saber como devemos agir. O Governo do Estado, a Receita Federal, assim como os demais órgãos deve fazer valer a lei. Não podemos e ver carretas e mais carretas passarem pelos nossos municípios e só destruir nossas ruas e avenidas e nada de ficar recursos em nossa região. A região tem a área de livre comércio, mas continuamos a pagar os mesmo impostos, ou seja, qual o beneficio que temos essa é a questão”, discursou Hassem.

A lei das áreas de Livre Comércio foi aprovada de oito de março de 1994 estipulando os municípios de Brasiléia e Cruzeiro do Sul como regiões autorizadas a realizar as atividades com a isenção dos devidos impostos.

A lei que autoriza a criação dos Free Shop em cidades gêmeas de fronteira foi publicada no Diário Oficial da União ano passado, e aguarda a regulamentação para entrar em vigor. Foram 28 municípios de nove estados contemplados pela legislação. A finalidade é estimular o consumo de produtos nacionais pelos turistas estrangeiros, em razão do preço menor cobrado nessas lojas francas por causa da isenção dos tributos e importados. As mercadorias importadas também serão suspensas de tributos.

Todo o relatório do Fórum será apresentado na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio. No objetivo de mostrar a realidade da região e como a lei deve ser regulamentada para atender os municípios de Brasiléia, Epitaciolândia e Assis Brasil.

No caso da área de livre comércio será requerida a presença dos representantes da Suframa para explicar os motivos da não efetivação da Lei nos municípios do Acre. Assim, como debater com o Governo do Estado e Receita Federal a isenção dos tributos que até os dias atuais são recolhidos, esquecendo que a região tratasse de uma área priorizada pela legislação brasileira como de Livre Comércio.

O 1º Fórum idealizado pelos prefeitos do Alto Acre

O 1º Fórum idealizado pelos prefeitos do Alto Acre

O 1º Fórum idealizado pelos prefeitos do Alto Acre

O 1º Fórum idealizado pelos prefeitos do Alto Acre

O 1º Fórum idealizado pelos prefeitos do Alto Acre

O 1º Fórum idealizado pelos prefeitos do Alto Acre

O 1º Fórum idealizado pelos prefeitos do Alto Acre

O 1º Fórum idealizado pelos prefeitos do Alto Acre

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Pastor engravida 20 mulheres e afirma que foi Deus quem mandou

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Famosos

Influenciadora digital, empresária e acreana. Rogéria Rocha conta tudo sobre seu estilo de vida

Publicados

em

Rogéria Rocha -Foto: Reprodução / Divulgação

Revista Lorena – A acreana de belas curvas e personalidade singular, Rogeria Rocha é destaque do mês de maio na Revista Lorena.

A ex-miss Acre e empresária deu entrevista falando um pouco de seu cotidiano e posicionamentos em relação a ser mulher em um mundo machista.

Dona de um corpo escultural, Rogeria Rocha é natural e residente do Acreana, influenciadora digital, empresária, apaixonada por novas culturas e viagens. Rogéria é inspiração para suas seguidoras, ela aborda o tema de amor próprio, independência financeira, dicas e conselhos sobre relacionamentos. Tudo começou com uma caixinha de perguntas, que hoje se tornou um quadro em seu Instagram, “o Rô Guru do Amor”, que é um verdadeiro sucesso. “Tudo começou começou por uma brincadeira que uma vez coloquei uma caixinha de perguntas sobre relacionamentos, e eu comecei a ver a necessidade das mulheres a falar sobre o que acontecia com elas, era tipo um pedido de ajuda de mulheres que não tem amor próprio, não tem autoestima, que estão em relacionamentos frustrados por medo de ficar só, então resolvi criar o Rô guru do amor, um quadro no meu instagram do qual a minha intenção é ajudar as mulheres a saberem do seu valor e a não aceitar pouco, afinal ninguém merece pouco né?”

Rogéria Rocha – Foto: Reprodução / Divulgação

Ter sucesso com empreendimentos é o sonho de toda empreendedora, muitos olham a realidade atual das respectivas, mas pouco sabem da árdua trajetória que a grande maioria tiveram, muitas tiveram que anular sonhos para conseguir se estabilizar no ramo empresarial.

Não é segredo para ninguém que vivemos em uma sociedade com pensamento extremamente machista, onde mulheres não podem ter mais sucesso que um homem que logo de cara já inventam várias atribuições desconstrutivas para si mesmas.

Como é ser mulher e ser empreendedora? Enfrenta algum preconceito ou machismo? Já escutou alguma piadinha sobre seu trabalho? “Ah com certeza, infelizmente as pessoas não estão acostumadas (é bom se acostumarem logo) a ver mulheres chegando em lugares altos, e eu sonho muito alto, não estou nem perto ainda de onde quero chegar, então sempre tentam diminuir as nossas conquistas, colocar outras pessoas como responsáveis por elas, em vez de entender que nós mulheres somos capazes sim de chegar onde nós quisermos!”

Leia Também:  Com câncer de mama, Ana Furtado faz exames 6 meses após cirurgia

Rogéria Rocha – Foto: Reprodução / Divulgação

Mesmo diante de tanto machismo e preconceito, estamos na era de mulheres Girl Power, que lutam e acreditam fortemente em seus objetivos e propósitos e lutam firmemente para que todas as mulheres sejam reconhecidas como merecem.

Qual dica você daria para quem quer começar empreender? “Não tenha medo, procure algo que você goste, que seja seu nicho, estude o mercado e vai, faça, trace metas e objetivos e não pare até conseguir!”

Se fosse para começar a empreender hoje, você empreenderia em um ramo diferente do seu? Se sim, porquê? Se não porquê? “Hoje meu forte é no ramo moda praia e mídia, são áreas que sou apaixonada, mas se fosse começar hoje eu empreenderia no que desse, sou do tipo de que me apaixono pelo que me gera renda, então qualquer ramo eu tenho certeza que eu daria meu melhor e iria fazer dar certo.”

Rogéria é do “tipo” de mulher que vive cada dia da melhor maneira possível e que busca sempre estar cada vez melhor no que se propõe fazer/viver.

Rogéria Rocha – Foto: Reprodução / Divulgação

Se pudesse se autodefinir em uma frase, qual seria? “Só se vive uma vez! Sou uma mulher bem intensa.”

Como é o dia a dia da Rogéria? “Como boa taurina que sou (risos), gosto de dormir o máximo que posso, assim que acordo agradeço a Deus pela vida, tomo um bom banho e depois pego o celular e o ipad para começar a trabalhar, graças a Deus consigo resolver tudo pelo telefone e isso me dá liberdade geográfica, e aos finais de semana eu não abro mão de turistar e conhecer mais daqui dos EUA.”

Leia Também:  Sabrina Sato se exercita com Duda Nagle na orla do Rio

A empresária está passando uma longa estadia nos EUA, especificamente em Nova York, para se aprofundar em pesquisas e estudar um pouco mais sobre seu nicho e conhecer cada vez mais culturas e locais distintos do que ela já conhece. A influencer reside no Acre, mas nos últimos meses está viajando constantemente e sua estadia fixa no momento é NY.

Observamos em suas redes que você viaja bastante, como são essas suas viagens? Como faz para conseguir se adequar em culturas diferentes? “Eu sou extremamente apaixonada por viagens, por conhecer novas culturas, novos lugares, novas pessoas. Sou adaptável, sempre fui uma pessoa muito fácil de lidar e de me acostumar com tudo, então eu tiro de letra essa parte de adequar com novas culturas, fora a experiência de vida imensa e o aperfeiçoamento do meu inglês que era o que eu estava procurando.”

Rogéria Rocha – Foto: Reprodução / Divulgação

Atualmente Rogeria compartilha todos seus momentos em seu instagram, com muita simplicidade, verdade e originalidade, a musa já tem mais de 60 mil seguidores extremamente engajados e fiéis.

Uma última pergunta, mas não menos importante. Você tem alguém da mídia como inspiração? “Virgínia é minha maior inspiração do mundo virtual, e não é atoa que é uma das maiores do Brasil, acho ela autêntica, inteligente, empreendedora, é que mostra a vida real mesmo, isso faz criar uma ligação grande com a gente que assiste! ” finaliza.

É com muito carinho que terminamos essa entrevista incrível, Rogéria muito obrigado por ter se aberto conosco. As portas do Lorena Magazine estarão sempre abertas para você, muito sucesso em seus negócios.

Viagens, estudos entre outros pontos são abordados na entrevista e que pode ser acompanhada na integra clicando no link Revista Lorena

Foto destaque: Rogéria Rocha. Reprodução / Divulgação 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

EDUCAÇÃO

CONCURSO

ESPORTE

MAIS LIDAS DA SEMANA